Minhas impressões (MI-08/16): Uma semana para se perder - @TessaDare @gutenberg_ed

Estou amando o fato da Editora Gutenberg estar lançado também Romances de Época e da melhor qualidade, com autoras consagradas internacionalmente.

Hoje vou falar sobre o segundo livro da Série Spindle Cove:


  1. A Night to Surrender (Spindle Cove, #1) - Uma noite para se entregar 
  2. A Week to Be Wicked (Spindle Cove, #2)  - Uma semana para se perder
  3. A Lady by Midnight (Spindle Cove, #3) - A dama da meia-noite
  4. Any Duchess Will Do (Spindle Cove, #4) - Ainda sem título Brasileiro


Sinopse


Minhas impressões

No primeiro livro já tinhamos conhecido Colin Sandhurst, Lorde Payne, o primo Visconde e desregrado, de Victor Bramwell, o herói do primeiro livro. E também conhecemos a Srta. Minerva Highwood, uma das solteiras de Spindle Cove, mas que nem tem esperança de se casar, pois é segundo palavras da própria mãe:
"Sem graça, estudiosa, absorta, desajeitada com os cavalheiros. Em poucas palavras: sem salvação." pag 05

Mas Minerva é muito inteligente e capaz de armar uma forma de conseguir 'matar dois coelhos com uma cajada'... ir apresentar seu estudo sobre rochas e descobertas em um simpósio na Escócia e ainda afastar Lorde Payne de uma possível casamento com sua irmã linda e capaz de casar bem. Minerva faz uma proposta a Colin de fugirem, simulando uma fuga de um casal apaixonado, livrando-o da cidade de Spindle Cove e dos cuidados excessivos do primo, que administra seus bens e dinheiro e a leve até o simpósio.

"Bem, fico feliz que você tenha pensado em tudo de acordo com suas conveniências. Você não tem medo de arruinar sua reputação, nem a de suas irmãs. Mas parou um instante para pensar na minha?"
"Na sua o quê? Reputação?" Ela riu. "Mas sua reputação é terrível."
As faces de Colin ganharam um pouco de cor.
"Não sei se é assim tão terrível." pag 16

Apesar de o início da proposta ter tido um final meio triste para Minerva, com o tempo Colin acaba cedendo,e se surpreendendo com a mulher escondida atrás dos livros, dos óculos, sua inteligência e seu espírito seguro e destemido e a relação deles vai ficando intensa.

"Nada mais aconteceria, é claro. Colin tinha suas próprias regras, e quanto a ela... Minerva nem mesmo gostava dele, nem fingia que gostava. Mas ela havia surgido no meio da noite com planos mirabolantes que se equilibravam entre a lógica acadêmica e a aventura impensada. Ela começou um beijo que não tinha ideia de como continuar. Somando tudo, ela era simplesmente... Uma surpresa. Uma brisa fresca, envolvente e inesperada, para o bem ou para o mal." pag 39

Eles realmente fogem, e vivem aventuras mirabolantes, vivendo mentiras para as pessoas que estão ao redor deles, mas quando estão apenas os dois só existe verdade e muita paixão... Minerva vai despertando o coração de Colin além é claro de outras partes mais visíveis. Mas o mais encantador é que ela desperta nele um homem encantador, romântico, capaz de atos e palavras incríveis. Não tem como não se apaixonar por este Visconde maravilhoso.

"Talvez 'linda' não seja uma palavra adequada", divagou ele. "É comum demais, e sua aparência é... rara. Você merece um elogio raro. Um que seja sincero e criado só para você. Para que não haja dúvida."
"Sério, você não precisa..."
"Silêncio. Vou fazer um elogio para você. Sincero. Nada dessa bobagem de asa de corvo. Você não precisa responder nada, mas eu insisto que você fique aí e o aceite." pag 233
Um Romance de Época com todos os elementos que tornam interessante qualquer romance de época, um homem que não deseja se casar, uma mulher que não se acha capaz de encontrar o amor, um romance improvável e dezenas de faíscas quando o casal se encontra.



A Edição da Gutenberg é caprichosa, bem traduzida e editada, tem nos diálogos a forma de aspas e não travessão como estamos acostumados no Brasil, mas eu já estou acostumada com este tipo de 'escrita' já que leio muito em inglês  e não acredito que isso influencie no entendimento.

A Gutenberg vai trazer para o Brasil a mais nova Série de Tessa Dare, em breve:

Esta resenha dá direito a mais pontuações na Promoção do Mês do Romance de Época, clique na imagem e participe:

Minhas impressões (MI-07/16): Um beijo inesquecível - Julia Quinn #OsBridgertons7

Para iniciar o Mês do Romance Histórico nenhum livro é melhor do que um de Julia Quinn e sua deliciosa e alegre família Bridgerton.

Um beijo inesquecível é o sétimo livro da série Os Bridgertons e conta a história de Hyacinth, a oitava filha de Violet Bridgerton...
Sobre a edição só preciso dizer sobre a capa... esta moça da capa não é Hyacinth, está mais para Penélope de Colin com seus cabelos avermelhados, do que Hy que tem a cabeleira castanha característica de todos os Bridgertons.


A série:
  1. O Duque e eu - Daphne Bridgerton e Simon Hastings
  2. O Visconde que me amava - Anthony Bridgerton e Katherine 
  3. Um perfeito Cavalheiro - Benedict Bridgerton e Sophie
  4. Os segredos de Mr. Bridgerton - Colin Bridgerton e Penelope
  5. Para Sir Phillip com amor - Eloise Bridgerton e Phillip Crave
  6. O conde enfeitiçado - Francesca Bridgerton e Michael Stirling
  7. Um beijo inesquecível - Hyacinth Bridgerton e Gareth St Clair
  8. A caminho do altar* - Gregory Bridgerton 
Julia Quinn criou esta família que cativa tanta gente ao redor do mundo, e cada um dos livros conta a história de um dos filhos de Violet e Edmund Bridgerton. Em um livro recentemente lançado em inglês, que eu espero a Editora Arqueiro lance assim que terminar a série, Julia Quinn escreveu um segundo epílogo para cada uma das histórias e ainda uma história para Violet e Edmund Bridgerton, se você quiser ler em inglês, abaixo as capas e links para compra:


Sinopse


Minhas impressões

Hyacinth é a caçula da família Bridgerton, sua mãe estava grávida dela quando o pai, Edmund, morreu após uma picada de abelha, esta história é bem contada no livro de Anthony, O Visconde que me amava. Hyacinthi é bonita, inteligente, engraçada e está em sua quarta temporada na Sociedade Londrina, tem 22 anos e já recusou 6 pedidos de casamento, ela sabe que metade delas foi por interesse financeiro, talvez até mais, porque os Bridgerton são uma família bastante poderosa e simpática na Inglaterra do Século XIX.

"Era melhor permanecer solteira do que se acorrentar a alguém que a entediaria a ponto de levá-la às lagrimas. A própria mãe, casamenteira inveterada, não tinha como refutar tal argumento." posição 6%

Lady Danbury está em todos os livros da Série Bridgertons e é uma senhora de quem as pessoas fogem, por sempre falar o que deseja e não gostar muito da maioria das pessoas, mas ela adora a família Bridgerton e eles a ela... Hyacinth inclusive vai semanalmente à casa dela para ler um livro, ou um capítulo, para a senhora. Lady Danbury tem um neto, aliás vários, mas ela tem um neto mais querido, o único filho vivo de sua única filha: Gareth St. Clair.

"O neto de Lady Danbury não era outro senão o notório Gareth St. Clair. Provavelmente ele não ficara com a reputação tão depravada só por sua culpa, refletiu Hyacinth. Havia muitos outros homens que se comportavam com igual falta de decoro, e um bom número que era estonteantes, mas Gareth St. Clair era o único capaz de combinar os dois elementos com tanto sucesso.
Mas a sua reputação era abominável." posição 7%

Gareth St. Clair tem uma relação horrorosa com o pai, eles se odeiam desde sempre, e quando Gareth tinha 18 anos e o pai jogou em sua cara que ele era bastardo, que apesar de ele o ter criado, ele não é seu filho, que ele não vive mais na Casa St. Clair. Foi a avó Lady Danbury quem pagou sua faculdade e que entregou a ele uma herança vinda da mãe, com a qual ele vive de forma simples, mas tem uma fama de mulherengo e não está nem um pouco interessado em participar da Sociedade e conviver com jovens casadoiras... mas convive muito com a avó e às vezes vai em alguns eventos para alegrá-la.

"Gareth tinha poucas recordações da mãe, que morrera em um acidente quando ele tinha 5 anos, mas se lembrava de ela desalinhar os seus cabelos e de rir por ele nunca levar nada a sério.
- Meu diabinho, é o que você é - costumava dizer. - Não abandone esse seu jeito. O que quer que você faça, não o perca." posição 2%

Apesar de Hyacinth e Gareth já se conhecerem e conviverem socialmente é agora na temporada de 1825 que eles começam a se encontrar mais... e por causa da ajuda que ela oferece para traduzir, do italiano para o inglês, o diário da avó paterna de Gareth, eles acabam se encontrando mais e socializando mais e se tornando amigos improváveis, mas que tem as bençãos e 'empurrões' de Violet Bridgerton e de Lady Danbury, se eles resolvessem se casar.

"St. Clair a encarou, provavelmente apenas porque isso lhe permitia desviar o olhar da avó. Hyacinth sorriu afavelmente para ele, satisfeita consigo mesma por não ter esboçado a menor reação.
Ele sempre a fizera pensar num leão feroz e predador, cheio de uma energia inquieta. Além disso, os cabelos eram de um castanho-dourado, curiosamente pairando entre o castanho-claro e o louro-escuro, e estavam sempre desalinhados. Gareth gostava de desafiar a convenção ao mantê-los longos apenas o bastante para amarrá-los num pequeno rabo, na nuca. Ele era alto, mas não tanto, com a elegância e a força de um atleta e um rosto que não chegava a ser perfeito, mas que era belo.
E os olhos eram azuis. Muito azuis. Desconfortavelmente azuis." posição 8%

Mas a amizade entre Hyacinth e Gareth cresce e eles acabam se apaixonando e vivendo aventuras em busca de segredos escondidos no diário da avó St. Clair e eles acabam nos braços um do outro. E o amor dos dois é forte e engraçado e juntos eles formam um casal muito encantador.

"- Gareth, o que é que você...
-Estou fazendo amor com você. Estou fazendo amor com você.
O coração dela saltou dentro do peito. Não era exatamente Eu te amo, mas chegava bem perto." posição 67%
Quero conhecer o novo 'final feliz' do livro 'HAPPILY EVER AFTER' - veja capas e links acima, para conhecer um pouco mais sobre este casal tão encantador.


Esta resenha dá direito a mais pontuações na Promoção do Mês do Romance de Época, clique na imagem e participe:


Compre os livros na Amazon BR:


Mês do Romance de Época no Fotos e Livros com Promoção

Olá queridos leitores do blog... é com muito prazer que venho neste mês de fevereiro/2016 com um especial que há muito eu não fazia por aqui... mas como amo os Romances de época e as Editoras parecem ter descoberto este gênero tão lindo e romântico e eu estou com alguns pendentes por ler, resolvi me forçar na leitura destes livros.

Os livros abaixo são os que pretendo ler, não estão na ordem que lerei e nem sei se vou dar conta de ler todos apenas no mês de fevereiro:

Editora Arqueiro:
- Um beijo inesquecível - Julia Quinn - Os Bridgertons 07
- Era uma vez no Outono - Lisa Kleypas - As quatro estações do amor 02 - LANÇAMENTO DE FEVEREIRO  e na promoção em parceria com a Editora Arqueiro (abaixo)

Editora Gutenberg:
- Uma semana para se perder - Tessa Dare - Serie Spindle Cove 02
- Entre o amor e a vingança - Sarah MacLean - Série Clube dos Canalhas 01
- Entre a culpa e o desejo - Sarah MacLean - Série Clube dos Canalhas 02

Editora Verus: 
- Série Perdida da minha amiga querida, Carina Rissi. Fiquem atentos vai ter promoção (Acabei de saber agora, dia 01/02/16 às 17:45hs).

E ainda vou tentar outro, que pode ser surpresa.


A PROMOÇÃO começa hoje e vai ficar online durante todo o mês de fevereiro.

Uma promoção em parceria com a Editora Arqueiro, que está trazendo todo mês um livro de Época com autoras maravilhosas.

Nesta promoção a Editora vai mandar os dois primeiros livros da Série 'AS QUATRO ESTAÇÕES DO AMOR' de Lisa Kleypas.
Para participar siga as regras do Rafflecopter abaixo.

a Rafflecopter giveaway

REGRAS

Válido somente para residentes no Brasil;

Nesta promo não é obrigatório uma conta no Twitter.

Não é obrigatório ter Facebook.

Utilize um perfil e email válidos ( twitter ou facebook) . Perfis fake, spammers e exclusivos de promos serão desclassificados;

O resultado da promoção será publicado no blog e nas redes sociais ( Facebook e Twitter), NO INÍCIO DE MARÇO/2016.

O kit será enviado em até 40 dias.

Minhas impressões (MI-06/16): Jogo da Felicidade - @brunalombardi @sextante

Quase não leio livros de autoajuda, mas este livro de Bruna Lombardi me cativou pela capa... e por ser Bruna Lombardi a autora, porque esta linda atriz e agora autora, é tão linda na alma como por fora... tem sempre lindas mensagens em sua página no Facebook que já sigo há algum tempo.

Sinopse

Minhas impressões

Este livro é lindo, encantador e altamente recomendado como 'LIVRO DE CABECEIRA' porque como está escrito em sua contracapa "Em qualquer parte que você abrir este livro, ele pode ter um significado específico, conforme o momento em que você se encontra na sua vida. Estamos sempre em alguma das etapas do caminho, sempre em busca de alguma coisa, sempre indo atrás de algum sonho. Somos todos heróis da nossa própria história e essa é a jornada de todos nós"

E o livro é dividido em partes conforme vocês podem ver na imagem abaixo, em cada parte temos uma abertura, um texto que fala sobre o capítulo e os textos que virão a seguir.
 Em todos os capítulos temos como disse acima e vocês podem ver abaixo no detalhe, uma imagem e um texto...

Os textos pequenos, que podem ser lidos aleatoriamente, são sempre de muita inspiração, sempre com uma energia boa e que nos levanta o astral.



Um projeto lindo, desde os textos ao projeto gráfico e editorial. AMEI e recomendo, um lindo presente para a família e os amigos.

Bruna Lombardi, querida, que presente este livro... muito obrigada pelo livro, pelas mensagens e por ser quem você é: um ser de luz, linda e do bem! SEJA FELIZ!!!!

Resenha internacional (MI-05/16): The Shadow - @sylvainreynard

É com muito prazer que recebi, mais uma vez, um livro -ARC- de Sylvain Reynard para ler antes do lançamento, sei que em breve este livro chegará ao Brasil, pelas mãos da Editora Arqueiro, mas não poderia deixar de falar sobre este segundo livro da Série Noites em Florença.

Sobre o livro, no site do autor
In THE SHADOW, Raven Wood and her vampyre prince are reunited, but their love is threatened by the dark shadow that has fallen over the city of Florence.  While the Prince hunts a traitor who sabotages him at every turn, he finds himself the target of the vampyres’ mortal enemy.  As he wages a war on two fronts, he will need to keep his love for Raven secret, or risk exposing his greatest weakness.

Minhas impressões

O livro apesar de ser uma fantasia vampirica, com 'monstros' das trevas, tem o amor como plano de fundo, uma religião caridosa e alguma aventura horripilante no final... 
The book despite being a vampire fantasy with 'monsters' of darkness, has love as the background, a charitable religious and some hair-raising adventure in the end...

William York, o Príncipe de Florença, tem que lutar contra traidores internos, que ele não sabe quem são até o gran finale,  e cuidar de sua amada Raven Wood, que é forte como ninguém mais, mas é humana e tem limitações contra os seres noturnos.  William e Raven precisam se opor a inimigos dos vampiros para ficarem juntos. William York, Prince of Florence, has to fight internal traitors, he doesn't know who they are until the grand finale, and take care of his beloved Raven Wood, who is strong like no one else, but she is human and has limitations against the beings night. William and Raven need to oppose the enemies of the vampires to be together.

William conta sua história inteira para Raven, e como na Trilogia Gabriel há a presença forte e constante de São Francisco, nesta série temos a presença de outro santo, muito importante, não só para a Igreja Católica, mas para a História do mundo. Não vou dizer quem é, porque não é declarado abertamente no livro quem ele é, mas já sei quem é. William tells his whole story to Raven, and as in the Gabriel's Trilogy there is a strong and constant presence of San Francisco, in this series we have the presence of another Saint, very important, not only for the Catholic Church, but for the history of the world. I will not say who He is, because it is not openly declared in the book who he is, but I know who it is.

4.5*
Mais um livro encantador de Sylvain Reynard mas com um final que me fez querer ter o próximo livro já às mãos. Another lovely book of Sylvain Reynard but with an ending that made me want to take the next book already at hand.
Sylvain Reynard is the New York Times and USA Today bestselling author of The Raven and the Gabriel Trilogy, including Gabriel’s InfernoGabriel’s Rapture, and Gabriel’s Redemption. Connect with the author online at sylvainreynard.comfacebook.com/AuthorSylvainReynard and twitter.com/sylvainreynard.