Minhas impressões (MI/67/13): A Queda dos Reinos @MorganRhodesYA Semana Especial de resenhas @cialetras (Editora Seguinte)




Demorei milhões de anos para ler este livro... estou tendo muita dificuldade de ler em papel, estou amando os e-books, isso tudo aliado à vida mega corrida, está me deixando completamente atrasada com as minhas leituras.

Mas o pessoal do Grupo Companhia das Letras, tem muita paciência e boa vontade com esta blogueira que fala com vocês. E hoje depois de um longo e tenebroso 'inverno', depois de uma guerra sangrenta trago a resenha deste primeiro livro de uma série, que pelo que pude ver no Goodreads será de quatro livros.

Sinopse




Minhas impressões

Com certeza esta resenha não será nem 1% do que eu gostaria de dizer... o livro é muito mais do que eu disser aqui.

Eu amei, amei muito, há muito tempo não lia um livro YA e de fantasia tão bom, não falo de 'Laços de Sangue' de Richelle Mead, pois eu já o tinha lido em inglês antes dele chegar para nós do Brasil. Preciso dizer que este livro 'A Queda dos Reinos' me conquistou, quero ler todos os próximos livros e Morgan Rhodes, que na realidade é o 'codinome' de Michelle Rowen, como já disse aqui, que escreveu Vampire Academy: The Ultimate Guide, que eu nem li, mas como fã de Richelle e de seus livros, tenho vontade de ler. Este livro é uma fantasia que coloco junto das melhores que já li.

Os reinos

"Há um milênio, O Reino Ocidental, hoje dividido em três regiões, era um só, e todos viviam com prosperidade e harmonia. Naquela época, a existência da magia era aceita como a própria vida. A harmonia no Santuário se traduzia em harmonia aqui." posição 52%

OS PROTAGONISTAS

A princesa: Cleo, criada com toda a pompa e luxo no reino de Auranos, embarca numa perigosa viagem ao território inimigo, em busca de uma magia supostamente extinta há muito tempo.
O rebelde: Jonas, cego por vingança, se lança contra os opressores de sua terra natal, a miserável Paelsia. Para seu próprio espanto, ele se torna o grande líder de uma revolução popular que vinha se formando há séculos.
A feiticeira: Lucia, adotada desde o nascimento pela família real de Limeros, descobre a verdade sobre o seu passado — e sobre os poderes sobrenaturais que herdou, com os quais vai ter de aprender a lidar.
O herdeiro: Filho primogênito do rei de Limeros, Magnus foi criado para atacar e treinado para conquistar. Mas ele logo percebe que o coração pode ser mais letal do que a espada.


O bom de histórias fantásticas é que elas são atemporais... mas esta história se passa em uma região onde existem três reinos, Auranos, Paelsia e Limeros, que se separaram há mais de mil anos, da antiga Mytica, e perdendo por causa disso a magia existente... Auranos é o Reino do Sul, o mais próspero, com regiões lindas e com nobres esnobes; Paelsia, é o Reino do meio, e sobrevive com muita dificuldade por causa de seus vinhedos e seu vinho que é o melhor da região; e Limeros, o Reino situado mais ao norte, que é o mais frio de todos, principalmente por causa de seu rei, o sanguinário Rei Gaius.

"Paelsia ficava mais ao norte do que Auranus, mas a temperatura do lugar ainda assim a surpreendeu. Auranos tinha clima quente e temperado, mesmo nos meses mais gélidos do inverno. Tinha colinas verdes, oliveiras robustas e vários hectares de terras cultiváveis. Paelsia por sua vez, parecia poeirenta e cinza até onde a vista alcançava." posição 3%
"Circulavam rumores de que o declínio de Limeros havia começado - como acontecera com Paelsia algumas gerações antes - devido à morte dos elementia, a magia elementar. A magia essencial que dera origem ao mundo estava secando por completo, como um copo d'agua no meio do deserto." posição 9%

Após um passeio que a Princesa Cleo, de Auranos e alguns amigos, em busca de vinho, fizeram a Paelsia e que terminou em uma morte infeliz de um camponês Paelsiano, os Reinos Paelsia e Limeros resolvem se aliar, esta aliança entre o Rei Gaius (Limeros) e o chefe Basilius (Paelsia) para acabarem com o Rei Corvin e os Auranos.

" - Tomas ficaria orgulhoso por sua morte ter gerado esse tipo de levante. Ele gostaria de estar aqui para nos ajudar a destruir esses auranianos gananciosos.
- Certo.
Mas Jonas não tinha tanta certeza. Ele havia pensado muito desde que conhecera o Rei Corvin. Desde o momento em que ele havia olhado para o rei Gaius e questionado sua motivação - questionado por que ele dividiria Auranos com o chefe Basilius. Algo naquela aliança não parecia confiável." posição 80%

Cada capítulo mostra os acontecimentos em cada um dos Reinos, mostrando o que está acontecendo com cada um dos protagonistas, acima. Eu gostei muito de todos eles, mesmo que Magnus e Jonas sejam muito passionais e cometam alguns erros, eles têm bons corações.

"- Eu nunca disse que ela era má. Nem que era boa. Até mesmo na pessoa mais sombria e cruel ainda há uma ponta de bondade. E dentro do virtuoso mais perfeito também existem trevas. A questão é: a pessoa cederá às trevas ou à luz? É algo que decidimos com cada escolha que fazemos, todos os dias de nossa existência. O que não pode ser maldade para você, pode ser para outro. Saber disso nos tona poderosos mesmo sem magia." posição 53%

Há perdas, mortes durante a guerra, mas mesmo antes da guerra, Cleo (que é a minha protagonista preferida) perde muitas pessoas amadas e acaba tendo que se fortalecer para aguentar o que está acontecendo e ainda vai acontecer.

"Cleo ficou com a cabeça encostada no ombro do pai, como fazia quando era criança e precisava de consolo por alguma bobagem - alguma tristeza ou um joelho esfolado. Ele sempre a puxava para perto e dizia que tudo ficaria bem. A dor passaria. Seria curada.
Mas nunca se curaria daquilo. Havia sofrido tantas perdas que parecia que uma parte de seu coração tinha sido arrancada do peito, deixando uma ferida no lugar." posição 94%


Magnus é o filho mais velho do Rei Gaius, portanto é o herdeiro da coroa, é um rapaz bom, mas que nunca recebeu carinho de ninguém, exceto da irmã Lucia, que é adotada, mas que só descobre agora. Nem Magnus nem Lucia sabiam que não eram irmãos, agora eles têm que viver com isso e com algumas dificuldades, o coração de Magnus endurece e Lucia precisa aprender a lidar com sua magia.
"- As vezes é necessário acreditar em algo maior do que si mesmo, Magnus. Algo que não se pode ver ou tocar. Permitir que seu coração tenha fé, custe o que custar. É o que lhe dará força nos momentos difíceis." posição 10%
Jonas, perdeu seu irmão, é um rapaz inteligente, capaz de perceber a maldade de Gaius e a bondade de Corvin e temer pela aliança entre Paelsia e Limeros... ele tem e terá um papel importante nesta série e estou ansiosa pelos 'próximos capítulos'...

"- Não pertencemos a ninguém. Está me ouvindo? Ninguém. - Jonas se lembrou das palavras que seu irmão dissera uma vez. - Se quiser algo, precisa ir atrás. Porque não vai cair do céu em suas mãos. Então vamos pegar de volta o que foi tirado de nós. E assim criaremos um futuro melhor para Paelsia. Um futuro melhor para todos nós.
- Como?
- Ele não tem ideia - disse Brion, sorrindo de verdade pela primeira vez em dias. - Mas ele fará mesmo assim.
Jonas não conseguiu deixar de sorrir também. Seu amigo estava certo. Ele descobriria como dar um jeito naquilo. Não havia dúvida." posição 97%
O livro é incrível... termina de uma forma que queremos ler logo os próximos livros... o 2º livro deve chegar aqui em novembro, mas em inglês a previsão é dezembro, portanto pode ser que ocorra algum atraso por aqui. Veja abaixo a capa e sinopse do próximo livro.

Eu recebi da Companhia das Letras o e-book e por isso as citações estão em posição e não em páginas.


Booktrailer (em inglês)


"Os tempos de guerra chegaram. De que lado você vai ficar?"
Site (em inglês) da Série Falling Kingdoms

CONCURSO CULTURAL
Esta resenha e seus comentários entrarão em uma Concurso Cultural diferente do que já está em andamento, valendo os dois primeiros livros 'Flor da Pele - Harlequin'. Quem comentar dizendo "Eu quero ganhar este livro..." e me contando o porquê de querer ganhar o livro, vai estar concorrendo ao livro. No dia 30 de setembro escolherei o melhor comentário com a resposta para ganhar o livro, em papel, que a Editora tinha me enviado para ler e que acabei não lendo, li no e-book. O resultado, quem vai ganhar o livro, será postado no dia 01/10/2013, aqui no blog, em post específico.

4 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.