Semana Especial de resenhas @editorarecord (MI-59/13): O Livro das Princesas @megcabot @paulapimenta @laurenkatebooks @patbarboza - @galerarecord

Continuando a nossa 'Semana Especial de resenhas do Grupo Record' hoje vamos falar de outro livro da Galera Record.


Este livro eu comprei... agora preciso urgentemente do autógrafo, pelo menos das nossas autoras brasileiras.



O Livro das Princesas, um dos primeiros, se não o primeiro, livro do tipo no Brasil, quando alguns autores se unem em uma publicação que os une. Nos EUA isso é bem comum, os autores se unem em torno de um tema e cada um escreve um conto, que pode usar alguns de seus personagens famosos ou outros que tem participações pequenas em seus livros. Mas por aqui, acho eu, que é a primeira vez que temos um livro, original, escrito unindo autoras famosas em um tema. O tema escolhido são os Contos de Fadas, as princesas e seus príncipes, e para isso a Galera Record convidou quatro autoras de sucesso, duas internacionais: Meg Cabot e Lauren Kate; e duas nacionais: Paula Pimenta e Patricia Barboza. As quatro escreveram contos e recontaram Contos de fadas famosos, com personagens contemporâneos em nosso tempo.



  1. Meg Cabot - recontou a história de 'A Bela e a Fera' em seu conto 'A Modelo e o Monstro'
  2. Paula Pimenta - recontou a história de 'Cinderela' em seu conto 'A Princesa Pop'
  3. Lauren Kate - recontou a história de 'A Bela Adormecida' em seu conto 'Eclipse do Unicórnio'
  4. Patricia Barboza - recontou a história de 'Rapunzel' em seu conto 'Do Alto da Torre'

Sinopse


Primeiro capítulo

Nossas impressões

Esta resenha será tripla, como a de Minha Vida fora de série 2, e será bem grande, assim como  a Paula Pimenta eu, Cínthia, não consigo escrever pouco...

A legenda de quem está falando é:
Cinthia
Beeta
Nanda


Eu li o livro fora de ordem, comecei pelo conto da Paula, pelo tanto que amo suas histórias e por saber que a Princesa pop é minha xará... uma xará super fofa, inteligente e super talentosa. Depois li o da Patricia, o da Lauren e finalizei com o da Meg, simplesmente adoro as princesas, todas e até as mais novas Princesas Disney eu adoro:
  1. Branca de Neve
  2. Cinderela
  3. Aurora (Bela Adormecida)
  4. Ariel (A Pequena Sereia)
  5. Belle (Bela e a Fera
  6. Jasmine (Alladin)
  7. Pocahontas
  8. Mulan
  9. Tiana (A Princesa e o sapo)
  10. Rapunzel (Enrolados)
  11. Merida (Valente)

Olááá, hoje viemos falar sobre o lançamento da Galera Record, O Livro das Princesas. Primeiramente, gostaria de enfatizar que mesmo se eu não gostasse ou conhecesse as escritoras, eu com certeza compraria esse livro. Porque eu adoro as histórias de princesas e quando fazem uma nova versão delas. Assisto sempre todos os filmes nesse estilo, e não é a toa que sou viciada na série Once Upon a Time, e é uma das minhas favoritas, e podem deixar que qualquer dia desses falarei pra vocês!

Eu devo confessar que estava super animada para ler esse livro, porque acompanho a patricia desde antes desse projeto, então eu sabia a importância dele? Ah, e já mencionei que sou fã incondicional, para todo sempre da diva Meg Cabot? Pois é. A mulher é o máximo.



Gostei muito de todos os contos, como estou intercalando leituras, li um conto por dia, mas sei que o livro dá pra ser lido em apenas um dia, por leitoras aficcionadas e doidas, como eu e Belle (a nossa querida Bela, do conto de Meg).
As minhas princesas favoritas, se é que posso escolher, e que mais conheço as histórias são a Cinderela e a Bela, mas também gosto muito da princesa Aurora, gosto da Rapunzel, mas gosto mais da Rapunzel da Disney (Enrolados), que já é um reconto do conto original, então todos os quatro contos deste livro são fortes para o meu gosto.

Também amo Once Upon a Time, mas não tenho tido tempo para seriados e não assisti a nenhum episódio da 2ª temporada :(



Vamos falar bem pouquinho pra não dar spoiler, já que são contos, e tenho muito receio de contar mais do que deveria.

O primeiro conto é de Meg Cabot e ela reconta o A Bela e a Fera e nos mostra uma modelo linda, maravilhosa tanto externamente quanto internamente, Belle tem um coração enorme, adora ler e só aceitou trabalhar como modelo porque precisava de dinheiro para ajudar o pai que perdeu o emprego, de pesquisador médico, para cuidar da mulher que sofreu muito, até morrer, de cancer no cérebro. Agora que o pai de Belle se casou novamente ele a convenceu a ir em uma viagem num cruzeiro maravilhoso de Miami a São Paulo, junto com a nova esposa e sua filha, Penny. Belle e Penny tem quase a mesma idade e se dão super bem. Logo no primeiro dia Belle já percebe um estranho poderoso na varanda da mais bonita suíte do navio a observando de longe e logo se sente atraída por ele, mesmo o achando meio misterioso. Um conto super fofo. Adorei, mas não vou contar detalhes... rsrs

"Foi assim que decidi que pensaria nele; como meu garoto sombrio e misterioso. Eu o chamava de meu porque havia alguma coisa nele, além da sombria aura de mistério: parecia triste, tão sozinho naquela varanda imensa." pag 10
A Bela da Meg é Belle, uma modelo que vai para um cruzeiro com sua irmã e seu pai na sua lua de mel, e lá encontra com a sua Fera, Adam. Um adolescente com cicatrizes no rosto, que formaram queloide. Ele tem um que de misterioso e sombrio que encanta a Belle de primeira.

O conto da Meg, sobre a Bella foi o meu favorito, eu confesso. Eu amei a originalidade, o modo como ela ia introduzindo a história de vida dos personagens através dos diálogos, sem esquecer dos secundários. Adorei a fera. Super fez jus a original que eu tento adoroooo. E a irmã dela, gente? E o pai atacando de cupido? Super mais que demais O que me deixou com raiva foi o gostinho de quero mais rsrsrsrs.





O segundo e posso dizer, mesmo parecendo puxa-saquismo porque a Paula é minha amiga e conterrânea, mas não é, é impossível não amar, o meu preferido, é o da Paula Pimenta, que é o maior, imagino a dificuldade que a Paula teve para diminuir sua história e contê-la em apenas 110 páginas...
A Cinderela da Paula é uma menina que teve sua vida alterada pela separação dos pais e pela mudança da mãe para outro país, mas ela não podia acompanhá-la enquanto não terminasse o ensino médio e isso está quase acontecendo. Cintia, que lindo este nome, mora com sua tia e está fazendo alguns trabalhos de DJ, mas sob orientação de adultos responsáveis, mas o pai dela não sabe, mas quando algumas regras sobre uso de celular na escola dela mudam ela tem que pedir ajuda ao pai, e pra isso vai ter que fazer um sacrifício enorme em comparecer a uma festa onde a bruxa e as bruxinhas (madrasta e suas filhas) estarão... mas é nesta festa que Cintia vai encontrar o príncipe... que fofo que ele é, vocês nem imaginam.
"Adorei o seu som, Cinderela Pop! Vê se não vai desaparecer à meia-noite... Quem sabe você não acaba gostando do show?" pag 113
A Cinderela da Paula é Cintia, uma adolescente que adora trabalhar como Dj, escondido de seu pai que não sabe. Que por sinal, os dois tem uma relação bem complicada. Em um baile de mascaras, aniversário das meias irmãs dela, ela conhece seu principe, o Freddy Prince, que logo se identifica com ela, com tantas coisas em comum, principalmente a música. Porém, um não reconhecem ao outro.

O conto da Cinderela, da Paula Pimenta, também me agradou muito. Eu sempre adorei a Cinderela. Achei super original o que ela fez com o nome da personagem principal e do príncipe encantado. Posso reclamar só de um detalhe básico? O conto da Paula, apesar de muito bom, estava longo demais para o que eu percebi que era a proposta do livro. Isso pode ser só minha opinião, mas...



Todos os contos são contemporâneos, mas o de Lauren Kate, mescla presente e passado, um passado bem longínquo, já que estamos falando da Bela Adormecida, e a nossa princesa, Talia, está dormindo há mil anos... apenas este conto não é narrado em 1ª pessoa, e ainda é um conto mesclado entre a história da princesa Talia e sua 'maldição'... e a história do príncipe, Percy, um jovem de 16 anos que está indo para Paris, em uma excursão na escola de língua, mas não está satisfeito, pois acabou de levar um 'chute' da namorada que iria com ele. Gostei muito da magia deste conto, adoro unicórnios e me encantei com a escrita de Lauren, já que eu nunca li nenhum dos livros dela, isso, vergonhoso, mas não li e agora não tenho lido livros YA com tanta frequência, então acho que ainda vou demorar a ler...

"Seu sonho parecia um conto de fadas. E aquele tipo de fantasia não se torna realidade. Não para caras como Percy. Entretanto, ele estava postado na beira do altar, curvando-se para uma menina linda e adormecida, medindo a distância entre os lábios dela e os dele." pag 233
A Bela Adormecida é Talia, vinda de uma terra distante que foi enfeitiçada e caiu em sono profundo ao furar a mão no chifre de um unicórnio. Seu principe é Percy, um adolescente de 16 anos que vai viajar numa excursão para Paris, e acaba encontrando essa terra distante, e acaba encontrando Talia desacordada. 


O conto da Lauren Kate não faz sentido. Desculpas aos fãs, mas eu detestei. Ela até tentou ser original e dou créditos pela idéia. Agora, unicórnios? Fala sério, dona Lauren.




O último conto é a Rapunzel de Patricia Barboza, Camila é uma jovem que mora com a madrinha após ter perdido os pais em um acidente quando ela era bem pequena... a madrinha é uma boa pessoa, uma amiga. Elas moram na Torre (12º andar de um prédio) em Copacabana e Camila tem um cabelão enorme, que vive atualmente de tranças, devido a uma promessa feita pela madrinha Laura há 4 anos, o cabelo está para ser cortado... e ela é famosa, mas ninguém sabe que ela Camila e Mila Tower (a famosa do YouTube) são a mesma pessoa. Ela tem um amigo, melhor amigo, que a ajuda em tudo e que ela vai descobrir ser o seu príncipe.


"Eu era muito além de uma garota órfã, que usava uma imensa trança ou que se iludiu com coisas ditas clichê. E muito mais do que uma garota que tinha acabado de fazer 15 anos e que descobriu estar apaixonada pelo melhor amigo. Eu me libertei dos meus próprios medos. Medo de não ser aceita, de não conseguir aquilo que mais queria, de ficar presa no alto da torre para sempre. Eu era livre. Dentro de mim mesma." pag 277

A Rapunzel da Paty é a Camila, que até os 15 anos não poderia cortar o cabelo, por uma promessa feita por sua tia. Camila, também pode ser chamada de Mila Tower, uma personagem fictícia que ela criou para poder cantar e enviar videos sem ser reconhecida. E seu príncipe, seu amigo, Pedro que vai ajuda-la nesse disfarce que não daria para ser eterno.

A Rapunzel da Patricia também me agradou muito. Eu tinha em mente a historia da disney, óbvio, mas ela contou que a inspiração foi nos contos Grimm e isso é bacana. Curti como ela conseguiu contar a história da personagem principal sem perder os personagens secundários, que tinham muito apelo. Também fiquei com gostinho de quero mais. Principalmente do Pedro...



Eu, como já disse antes, adoro princesas e mesmo este livro sendo um YA é encantador pelo tema e eu quero muito que esta série continue com novas autoras contando as histórias das outras princesas...

Eu gostei bastante dos quatro contos. Mas confesso que fiquei meio perdida no da Lauren Kate. Acredito que tenha que ler de novo para poder pegar alguns pontos que não tenha prestado atenção, porém, não deixei de gostar. Gostei de como ela recriou a Bela Adormecida. Já contei meu favorito e acho que a continuação perde a graça do conto de fadas, quero mais de outras princesas.
Um preferido dos quatro? Desculpa, não consigo. Quero livro de continuação de todoooos! hahaha..

A capa é linda, e tem um formato super fofo, digno de PRINCESAS! hihi



Um livro que deve ser lido por meninas de 8 a 80 anos, que amam princesas, contos de fadas e toda a magia do amor.

0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.