Aqui tem banca Harlequin #52 (MI-73/13): Mercadora de Ilusões - Nora Roberts (O Reino de Cordina #02)

Post fixo em homenagem aos romances de banca Harlequin, sempre às segundas-feiras.


Neste mês de outubro, mês da Diva - Nora Roberts, vou postar os quatro livros da série 'O Reino de Cordina' e hoje trago o segundo livro.

Minhas impressões

Eu gostei mais deste segundo livro do que do primeiro, e vocês sabem o quanto eu amei o primeiro, então...

Alexander, Alex, é o príncipe herdeiro do trono de Cordina, desde sempre lutou para conter seus sentimentos e parece ser frio. Eve Hamilton, é a irmã caçula da melhor amiga de Brie, Chris. No primeiro livro quando Eve e Chris vão a Cordina visitar Brie após o sequestro, Eve tem um papel importante no final do livro, e acabou se tornando grande amiga de toda a família, mas apesar da atração que ela sempre sentiu por Alex, ela acha que ele não gosta dela, mas não consegue entender porque.

"- É mais que apenas um título, não é? - murmurou Eve. Antes que percebesse, antes que pudesse evitar, seu olhar foi para Alexander.
- Muito mais - concordou Reeve, ciente de para onde o interesse dela se deslocara. - E mais ainda para ele.
Eve retornou sua atenção a Reeve rapidamente.
- Sim, é claro. Ele vai reinar um dia.
- Ele foi moldado para isso desde que nasceu. - Os instintos de Gabriella estavam certos? perguntou-se Reeve. Havia uma centelha entre Alexander e Eve que precisaria de um sopro leve? (...) - Se existe alguma coisa que aprendi nos últimos anos, é que deveres e obrigações não são escolhas para alguns, ou para as pessoas que os amam." pag 44

Alex, sempre se sentiu muito atraído por Eve, e acha que ela e Bennett tem algum tipo de relação amorosa, e luta pelo sentimento, para não trair o irmão. Mas agora, sete anos depois da primeira visita de Eve a Cordina, eles tem que trabalhar juntos, já que a Companhia de Teatro de Eve, foi convidada para fazer apresentações no Teatro de Cordina, e Alex é o presidente.

"- Diga meu nome. Agora.
Havia um brilho dourado nos olhos dele. Eve nunca tinha visto aquilo antes, nunca se permitira ver. Agora, quando a luz estava mais fraca, não podia ver outra coisa.
- Alexander. - Ela falou, num sussurro. Um calor o inundou como lava.
- De novo.
- Alexander - ela sussurrou, então pressionou a boca contra a dele, com desespero.
O beijo era tudo que Eve quisera. Tudo pelo que sempre esperara. Ela ouviu o trovão, sentiu o raio, experimentou a paixão que finalmente subia à superfície. Sem nenhum pensamento racional, sem lugar, sem tempo, sem posição, envolveu os braços ao redor de Alexander e deixou seu corpo se entregar.
(...)
Ele lhe segurou os cabelos como se fosse uma corda de salvação, embora soubesse que Eve era perigosa.
Então, aprofundou o beijo, saboreando, provocando, testando. Ela era um afrodisíaco, e Alexander estava enlouquecido com o sabor. As mãos delicadas deslizavam por suas costas, massageando os músculos. Ele as queria em sua carne, onde pudesse sentir cada toque." pag 69/70

A atração é impossível de ser contida e eles se entregam à paixão e apesar de saberem que se amam, tem dificuldade de perceberem o amor total do outro, ou de 'verem a luz no fim do túnel' para a realização sem dor do amor (casamento)... mas o destino os une e a maldade, os inimigos de Cordina, acabam trazendo dificuldades à Cordina e ao casal e os unindo com mais força.

"A ternura permanecia de alguma maneira, embora a excitação vibrasse bem abaixo. Havia mais do que apenas desejo agora... uma necessidade de completar algo começado muito tempo antes. Esta noite. Finalmente." pag 178

A cena do Príncipe Armand entregando o anel de casamento ao filho para que ele possa pedir a mão de Eve é linda e mostra o carinho que o pai tem pelos filhos.

"- Imaginei o que sentiria quando eu lhe desse isto. - Ele olhou para a caixinha na mão. - Sinto pesar por ser meu para dar novamente, e orgulho por ter um filho para quem dar. - Suas emoções, sempre tão controladas, subiram à superfície e foram combatidas. - Sinto prazer, porque meu filho é um homem que posso respeitar, e não apenas um garoto que amo." pag 247

Mais um livro maravilhoso de Nora Roberts, mas acho que deve ser lido na ordem correta.


A ordem dos livros é:
  1. Romance Real - Brie e Reeve
  2. Mercadora de Ilusões - Alex e Eve
  3. O Príncipe Playboy - Bennett e Hannah
  4. Noites de Tentação - Camila e Delaney

7 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.