Minhas impressões (MI-69/13): Se você fosse Minha - @bellaandre #Sullivans05 @Novo_Conceito

Acho que todo mundo que acompanha o blog já sabe o quanto amo a família Sullivan, e Bella Andre, sua criadora. Eu me enrolei por causa do tempo, ou da falta dele, e o novo layout e a correria das coisas da vida, casa, marido, filhas e outras coisinhas... E demorei muito para concluir a releitura da história de Zach Sullivan e Heather, e Atlas e Ternurinha. Sim, releitura, porque todos sabem, já li está linda história em inglês (duas vezes), mas eu sempre releio em português, com a tradução oficial da Editora antes da resenha. 

Desde novembro/2012, me apaixonei pela família Sullivan, desde a primeira história de Chase e Chloe, que aparecem de uma forma muito emocionante neste livro de Zach.
Não gostei da capa, prefiro a capa que a Harlequin-Mira está lançando em papel nos EUA (inglês) e acho que a Novo Conceito deveria fazer uma mescla entre a tampa da caixa do kit com a capa, gosto mais das capas com casais, como foram as três primeiras e como são as capas em inglês, comparem abaixo.

Abaixo todas as capas (e lombadas) das capas Brasileiras

Sinopse

Minhas impressões

Zach é o quinto filho do casal Mary e Jack Sullivan, o pai morreu poucas semanas antes de Zach completar 8 anos, e todos dizem que ele é o mais parecido com Jack, é ele quem herdou não apenas a aparência, de matar e conquistar qualquer, ou quase qualquer, mulher da face da Terra, quanto o talento para trabalhar com carros. No final do quarto livro, Zach e Lori fazem uma aposta de quem seria o próximo Sullivan a cair de amores, o que Zach não imaginava que seria possível acontecer com ele...

"-Eu nunca disse que não acreditava no amor - ele esclareceu. - Só disse que não estava procurando por ele. Mas não sabia que você iria entrar na minha vida. Não tinha como saber. - Zach olhou naqueles olhos que eram tão lindos, igualmente iluminados pelo riso ou enevoados pela paixão. - eu fui sincero quando disse que você era minha. Desde o primeiro momento em que coloquei os olhos em você, eu sabia. Você também sabia." pag 260

Quando Gabe pede a Zach que cuide da cachorrinha de Summer por duas semanas enquanto eles (Gabe, Megan e Summer) fazem uma viagem, ele tenta resistir à 'Ternurinha', mas apesar de ser um homem grande e 'durão', Zach tem uma queda por crianças e animais e acaba aceitando a cachorrinha. Uma cliente de Zach em sua oficina também é cliente de Heather Linsey em sua escola de adestramento de animais, e a indica a Zach, para ajudá-lo com Ternurinha.

"Nunca, em seus 27 anos, ela sentira uma reação física tão forte em relação a um homem.
O que havia de errado com ela?Forçando suas sinapses a voltarem a funcionar como deveriam, ela indagou:
- Este filhote é seu?
Ele baixou os olhos, focando-os na cara meiga da cadela.
- Infelizmente.
(...)
-Eu soube que você está interessado em meus serviços de treinamento para animais - disse ela. - Mas receio que...
- Você é treinadora de cães?" pag 19

Tanto Zach quanto Heather não querem se aproximar do sexo oposto a não ser para o prazer, sexo, mas eles acabam descobrindo muito mais do que o prazer de estarem juntos, muito mais do que o carinho que ambos sentem pelos animais e contra os seus ideiais, tanto Zach quanto Heather se apaixonam um pelo outro, um amor que os ajuda, os mostra a verdadeira felicidade.

"Ah, não. Ela não estava preparada para um sorriso como aquele, completamente desprovido de sedução ou segundas intenções. Uma coisa era guardar seu coração contra um otário sem quaisquer limites morais... outra coisa, inteiramente diferente, era permanecer fria e distante com um homem de carne e osso, alguém que ela receava que poderia ser tão humano quanto qualquer outro." pag 57

Heather descobriu cedo que o pai era um traidor, um falso, que traía a mãe e ela, na maior cara-de-pau e nunca conseguiu confiar em nenhum homem, muito menos um homem atraente e envolvente como Zach, até conhecê-lo melhor.

"E passar mais tempo com Zach Sullivan seria exatamente isso. Idiotice. Elevada à enésima potência.
(...)
O fato de não estar procurando por um relacionamento do tipo "felizes para sempre" não significava que ela era uma freira.
Mas naquele momento em que ela e Zach estavam rindo juntos e a mão dele encontrara a sua... ela apertou os olhos com força para tentar afastar aquela sensação de carinho. De contentamento.
De uma doce ligação." pag 81

Zach tem medo de ter uma família e acontecer com ele o mesmo que aconteceu com o pai, morrer novo e deixar mulher e filhos sozinhos, mas a mãe, Mary Sullivan, mostra a ele que não trocaria um só dia ao lado de Jack, mesmo que soubesse que ele iria morrer cedo. 

"- Você acha que, se eu soubesse que seu pai iria morrer, isso mudaria o que eu sentia por ele? Você acha que deixaria de amá-lo? - Ela não esperou que Zach respondesse. - Se fosse assim, eu ficaria absolutamente furiosa com ele por acha que precisava me proteger dos meus próprios sentimentos. Perder a oportunidade de desfrutar dos anos que passamos juntos teria sido muito pior do que perdê-lo cedo demais." pag 307

No livro, além de Zach e Heather outros dois personagens muito importantes e fofos são a dupla Atlas e Ternurinha.

Dog alemão - 'Atlas' e a Yorkshire 'Ternurinha'
Sobre este livro eu preciso dizer que não gostei da tradução (abrasileiramento) do nome da cachorrinha de Zach, no original 'Cuddles'

O encontro de Heather com Lori e Sophie é fofo, e ela é logo conquistada pelas gêmeas Sullivan, assim como foi cativada pelo irmão, Zach. Adoro todas as interações de Heather com a família Sullivan e principalmente o relacionamento de Zach e Heather.

"Aparecer ao lado de Zach na casa do irmão dele àquela hora da manhã era como usar uma camiseta que dizia, Sim, estamos dormindo juntos. Claro, ela fez questão de lembrar a si mesma, depois de algumas bebidas na casa de Lori, todos eles já sabiam." pag 250

Eu já fiz um post, antigo, sobre os próximos livros livros da série, aqui, com os livros Sullivans de São Francisco e já falei sobre o primeiro livro sobre os Sullivans de Seatle, The Way you look Tonight. Vejam abaixo a árvore genealógica da Família Sullivan:



Amanhã, será o lançamento, em inglês, do livro que conta a história de amor de Mary e Jack Sullivan, os pais de Marcus, Smith, Chase, Ryan, Zach, Gabe, Lori e Sophie Sullivan (os Sullivans de São Francisco), eu vou comprar meu e-book amanhã cedo (a capa é a da direita), a capa da esquerda é a capa da versão hardcover (capa dura) lançada pela Harlequin Mira
Clique na imagem acima e vá à pagina da Amazon (inglês) se vocês quiserem o livro em inglês.


À partir deste ANO 4, com o novo layout, eu estarei colocando uma Classificação das resenhas, conforme a imagem ao lado na barra lateral. E este livro de hoje vai receber:


E esta resenha vale comentários para o Comentando e ganhando




6 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.