Minhas impressões: Retrato do meu coração - Patricia (Meg) Cabot @editora_record

Patricia Cabot é o nome usado por Meg Cabot para escrever romances históricos. Aqui no blog já resenhamos todos os já lançados no Brasil:
Anteriormente lançados pelo selo Essência da Editora Planeta. Mas este mês chegou às livrarias pela Editora Record o livro 'Retrato do meu coração', que é a continuação de A Rosa do Inverno, já que conta a história de Jeremy, o sobrinho de Pegeen e de Edward Rawlings, o casal romântico de A Rosa do Inverno.
Livro recebido pela Parceria
Mais um livro Patricia Cabot que li em tempo recorde... um dia, os livros dela são irresistíveis, não consigo largar até terminar.






A capa deste livro é a meu ver uma das capas mais linda que já vi... e obviamente muito mais linda que a original...


Compre na Saraiva

Minhas impressões

Jeremy Rawlings foi criado pela tia Pegeen, irmã de sua mãe, até que seu tio, paterno, Edward Rawlings os encontrasse e os levasse de volta ao Solar dos Rawlings em Yorkshire para que Jerry, fosse criado para ser o Duque de Rawlings, visto que Edward não desejava sê-lo... mesmo após ser 'fisgado de amor' por Pegeen, em A Rosa do Inverno.

" Nos seis meses seguintes ao Natal, última ocasião em que o vira, tinham surgido mais cabelos brancos do que nunca na cabeça de Edward. Jeremy não se vangloriava de ter sido ele a causa disso. Era bem verdade que, no momento, seu tio era um dos homens mais influentes na Câmara dos Lordes." pag 11/12


11 anos depois, Jerry está contando ao seu tio que foi expulso de mais uma escola, agora a Faculdade Oxford... e que não gosta da ideia de ser o Duque de Rawlings pois não pode saber com certeza se todas as mulheres com quem se relacionam não apenas desejam se tornar a Duquesa de Rawlings... o que Jerry não imagina é que Maggie Herbert, a amiga de infância, 5 anos mais nova, mas que sempre fora mais alta que ele e mais astuta e mandona tinha se tornado uma moça pra lá de desejável, eles passaram 5 anos sem se encontrarem, e ao se reencontrarem de forma um tanto quanto 'atabalhoada' ambos acabam se surpreendendo um com o outro... Maggie não pode acreditar que Jerry ficara maior que ela, e não só maior como se tornara um homem lindo e desejável...

"Mas havia naqueles olhos escuros um brilho inconfundível, sincero demais para ser malicioso, mas travesso para ser ingênuo. E havia uma curva naqueles lábios, que antes achava grandes demais, mas ao novo exame se mostravam extraordinariamente carnudos, lembrando-lhe os velhos tempos em que Maggie o provocava e torturava impiedosamente, mas, por ser uma garota, ele era proibido de retaliar." pag 37


"(...) Sua mente estava um verdadeiro turbilhão depois de ter sido bombardeada  com tantas sensações novas ao mesmo tempo. Jeremy Rawlings era um homem viril e forte como os filhos do ferreiro, aos quais ela admirava de longe havia mais de uma ano? Jeremy Rawlings fitando-a de cima com ar de desejo, com os mesmo olhos que antes eram sem graça, mas agora brilhavam como o conjunto de prata de chá de sua mãe? Jeremy Rawlings mais alto do que ela?" pag 44

E já no primeiro encontro entre eles, ele com 21 e ela com 16 anos, as coisas esquentam e os levam a coisas impensáveis para um casal de tão boa procedência... mas eles acabam se separando e eles seguem suas vidas... Maggie vai para Paris para realizar o sonho de estudar em uma escola de Artes, ela ama pintar e tem o dom, e suas pinturas fazem sucesso mesmo antes de ela ir para Paris, e Jerry se alista no Exército, na Guarda Real Montada e segue para a Índia.

Quando mais 5 anos se passam e Maggie e Jerry se reencontram... o fogo reacende assim como o amor... mas as dificuldades que eles encontram foram várias, mas o amor vence todas.

"De qualquer modo, nunca existiria ninguém além de Jeremy para ela. Sentia-se agradecida a Augustin por toda sua bondade e gentileza, mas sabia que jamais poderia permitir que ele... Ah, Deus, ela corava só de pensar!" pag 281

É interessante reencontrar Pegeen e Edward e seus filhos, 11 e 16 anos depois de A Rosa de Inverno, estou precisando reler o livro para recordar tudo que aconteceu entre eles, e rever Jerry como menino.

"- Pegeen! - O grito estrondoso veio acompanhado de um forte estampido. Pegeen pulou e se virou para ver a causa de todo aquele tumulto. Edward escancarara a porta e fitava Pegeen com extrema fúria. Mal conseguindo reprimir a raiva e levando o cabelo na nuca de Jeremy a se eriçar, ele falou:- Eu tinha a impressão de que você ficaria na cama.Pegeen fez um meneio com a cabeça.- Pois era uma impressão exclusivamente sua e do Dr. Parks. Eu nunca compartilhei dela." pag 315

'Portrait of my heart' foi o segundo livro de Patricia Cabot, lançado em 1999, e sinceramente acho que Meg deveria continuar escrevendo estes romances históricos... são deliciosos... eu adoro Meg Cabot e tenho uma grande simpatia por seus romances históricos e ela consegue criar versões divertidas e fiéis ao tempo...

Aqui os livros lançados como Patricia Cabot




Espero que a Editora Record nos brinde com 'Improper Proposal' e 'A Little Scandal' em breve. Sinto que Romances Históricos é um gênero um pouco relegado pelas Editoras Brasileiras, sinto falta de mais romances deste tipo e gênero no Brasil.


PROMO ENCERRADA

E é com muita alegria que teremos em parceria com a Editora Record mais uma linda promoção no mês dos namorados... valendo um lindo e maravilhoso exemplar do livro 'Retrato do meu coração', participe, divulgue.
Promoção válida de hoje até o dia 30/06/2012



a Rafflecopter giveaway

RESULTADO

Ludmila, envie seu endereço para fotoselivros@gmail.com Até dia 05/07 às 14hs.