Lançamentos desejados... Maio/2011




Meu Deus!!! Não dá para acompanhar todos os lançamentos literários... mas estou 'cobiçando' estes lançamentos das Editoras Parceiras...







UM OLHAR DIVERTIDO SOBRE O AMOR NA INGLATERRA NO SÉCULO XIX


Neste bem-humorado romance histórico, Patricia Cabot mostra a mudança na vida de uma bela professora desde que seu jovem marido morreu e o assassino deixou uma fortuna em nome dela. Mas sob a condição de que ela se casasse novamente...

Em meados do século XIX, Faires, uma minúscula cidade na Escócia, é o local escolhido como lar por Emma e Stuart, jovens recém-casados. Na verdade, não bem uma escolha, mas uma opção de fuga, já que algumas pessoas da família não aprovavam a união. Um delas era James, conde e primo rico de Stuart, que ficara indignado quando soube dos planos do casal – afinal, era ele que pretendia ter Emma, dama de uma família londrina, como esposa. Mas ao cometer essa loucura de fugir com Stuart exclusivamente por amor, Emma jamais esperava ficar viúva em tão pouco tempo e sem sequer um vintém, ainda mais em um local tão isolado.

Avisado alguns meses depois da morte de Stuart, James não ficou chateado quando sua mãe lhe pediu que viajasse em seu lugar até a pequena cidade para convencer Emma a voltar para Londres. Afinal, a simples possibilidade de revê-la o enchia de ansiedade e desejo. Junto com ele, aos poucos, o leitor dePode beijar a noiva, de Patricia Cabot, (Editora Planeta / Selo Essência, 240 páginas, R$ 29,90) descobre porque Emma reluta tanto em voltar para Londres, mesmo vivendo em uma pequena e afastada cabana e trabalhando como professora em uma escola de crianças.

James pretendia ficar pouco na cidade, imaginou que seria rápido convencê-la. Mas não demorou para descobrir que Stuart não havia morrido de tifo, conforme ela lhe contara, mas fora assassinado. E que o assassino, condenado à morte, deixou uma fortuna de 10 mil libras para a viúva. Mas havia uma condição para Emma receber o dinheiro: deveria se casar novamente, o que fez com que surgisse uma fila  de pretendentes, desde o pastor local até um detestável barão – afinal, qual homem não sonha em casar com uma bela e, ainda por cima, rica mulher?

A condição fora imposta pelo juiz local, que acreditava que Emma gastaria o dinheiro rapidamente se não tivesse um homem ao seu lado. Diante da legião de homens solteiros que a cortejavam, James encontrou uma solução para resolver o problema: oferecer-se como marido temporário – ela sabia que ele era suficientemente rico para não precisar do dinheiro da herança. Claro que, secretamente, ele desejava fazer seus votos durarem para sempre. Um beijo seria suficiente para isso? Ou teria também que se dispor a mudar seu caráter de aristocrata e egocêntrico e se tornar a alma gêmea que Emma sempre desejou?

Sobre a autora
Foi como Patricia Cabot que a escritora norte-americana Meg Cabot assinou seus primeiros livros, nos anos 1990. Pode beijar a noiva, assim como seus outros romances históricos, recebeu vários elogios de publicações como Publishers Weekly e Romantic Times. Apesar de não escrever mais como Patricia, seus livros sob essa alcunha continuam a ser traduzidos para vários idiomas e a atrair milhares de fãs. No Brasil, Essência lançou também A rosa do inverno – livro de estreia de Cabot – e Aprendendo a seduzir.

Com seu nome real é autora de romances para jovens adultos da lista dos mais vendidos do New York Times, como O diário da princesa, que serviu de base para o mega-sucesso da Disney estrelado por Julie Andrews, e também Princess in the Spotlight. Patrícia Cabot mora em Nova York com seu marido. Ela mantém o site www.patriciacabot.com.







"O Noivo da Minha Melhor Amiga conta a história de Rachel, uma jovem advogada de Manhattan. A moça, sempre vista por si mesma e por seus amigos como a "certinha" e bem-comportada, muda radicalmente no seu aniversário de trinta anos, após a festa oferecida por sua melhor amiga, Darcy. Meio deprimida por chegar aos trinta sem o marido e os filhos que imaginava ter a essa altura da vida, Rachel se excede na comemoração e termina a noite na cama com Dex, seu grande amigo de faculdade e noivo da sua melhor amiga. Até a noite em que ficou com Dex, Rachel era o modelo de filha e amiga perfeita, embora se visse como um fracasso. Nunca transgrediu as leis, nem mesmo as de horário de trabalho, ao contrário da egoísta, narcisista mas irresistível Darcy, em torno da qual Rachel e, posteriormente, Dex sempre orbitaram. Enquanto a boa moça e tímida Rachel teve alguns poucos namorados e conseguiu um emprego estável porém sem graça num escritório de advocacia, a linda e popular Darcy namorou todos os bonitões do colégio, construiu uma glamourosa carreira de Relações Públicas e sempre conseguiu tudo o que quis, inclusive manipular e obrigar Rachel a fazer o que desejava. E agora, após uma noite com o noivo da melhor amiga, Rachel acorda determinada a esquecer para sempre o fatídico encontro, mas acaba descobrindo que sempre amou Dex. E, apesar da amizade a Darcy, começa a perceber que ela não é exatamente o que se espera de uma melhor amiga. À medida que a data do casamento se aproxima, Rachel se desespera com a urgência da decisão que precisa tomar e acaba passando por uma profunda reavaliação de sua vida, para concluir que "certo" e "errado" são conceitos muito relativos. Narrado em primeira pessoa por Rachel, o livro ganha a simpatia do leitor pela empatia da protagonista, que expõe suas dúvidas e sentimentos de forma muito honesta e humana. E o final reserva grandes surpresas.

P.S: Este livro conta a história do irmão de Tessa, de Questões do Coração.





"Embora muitas garotas pensem que são diferentes, Elphame tem certeza de que é única. Uma mistura perfeita entre humano, centauro e deusa. Ninguém em Partholon possuía as mesmas habilidades que ela. Nem uma ligação tão direta com Epona, a divindade de seu povo.
Ainda que ela nunca a tivesse sentido… Para completar, havia chegado a hora de Elphame descobrir seu destino. E ela queria partir logo para o Castelo MacCallan, um lugar amaldiçoado depois da invasão dos fomorianos, e reconstruí-lo das ruínas. Mas eles ainda estavam à espreita, ameaçando a continuidade de Partholon.
Elphame seria capaz de salvar seu reino e ainda redimir sua alma gêmea de uma terrível profecia? Sua escolha poderia levar todos à desgraça. Ou a um futuro em que não estaria sozinha…"
Leia um trecho aqui
Veja o hotsite








Um corpo é encontrado num reciclador de lixo e uma repórter, amiga da tenente Eve Dallas, é avisada da desova e repassa a informação à policial. Eve parte, então, no encalço de um serial killer que se propõe a oferecer às suas vítimas a eternidade arrancando-lhes a vida no auge da juventude.
O assassino, supostamente um fotógrafo ou uma fotógrafa, observa, analisa e registra cuidadosamente cada movimento de seus modelos, antes de capturá-los. Sua missão macabra é absorver a inocência, a beleza, a
juventude e a vitalidade das vítimas, sugando-as para dentro da câmera com o intuito de tirar um derradeiro e assustador... retrato mortal.






Blair Murphy sempre trabalhou sozinha. Destinada a ser uma caçadora de vampiros em pleno século XX, ela vive para caçar.Mas, numa época muito anterior àsua, vê-se como a guerreira num círculo de seis, escolhida pela deusa Morrigan para derrotar a vampira Lilith e seus asseclas.



















Não é parceira...
ainda...
mas o livro é desejado

Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro.
Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois.
Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.





5 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.