Minhas impressões: O Retrato de Dorian Gray - Oscar Wilde @hedraonline

Eu achei que já tinha lido o livro "O Retrato de Dorian Gray", mas acho que não... pois ao ler o livro percebi que não conhecia a história... eu quis ler o livro pois está para sair o filme com Ben Barnes no papel de Dorian Gray e Colin Firth com Mr. Henry... e eu sempre gosto de ler os livros antes de assistir ao filme...



O livro que eu comprei é da Editora Hedra com tradução original da época do livro por João do Rio... para vocês terem uma ideia... a nota do tradutor é datada de 1919... o livro foi lançado em 1890 na Inglaterra... causando o maior escândalo literário...


Edição do Livro: O Retrato de Dorian Gray

Título: O Retrato de Dorian Gray
Subtítulo: 
Edição: 0
ISBN: 8577150119
Editora: Hedra
Ano: 2009
Páginas: 252
Sinopse: 
O retrato de Dorian Gray é o único romance escrito por Oscar Wilde. Tem como ponto de partida a relação entre o jovem Dorian e seu retrato, feito pelo pintor Basil. Certo dia, Dorian expressa a vontade de não envelhecer, como seu duplo no quadro. A partir de então, quem envelhece é o retrato, o que não torna mais simples a vida do jovem, que passa a desenvolver relações violentas tanto com as pessoas que o cercam quanto com o próprio retrato. Publicado na vigência do moralismo vitoriano, o livro e seu autor foram acusados de influenciar negativamente a juventude inglesa e de propor uma vida mundana e desregrada. Baseando-se em certas coincidências entre a vida do autor e do personagem, o romance foi também utilizado como argumento na acusação que levou à prisão de Wilde. 






Minhas impressões:


Já no Prefácio Oscar Wilde diz: "um livro não é moral ou imoral. É bem ou mal escrito. Eis tudo."


'O Retrato de Dorian Gray' foi um livro bastante polêmico na época de seu lançamento e foi um dos mais marcantes na trajetória de Oscar Wilde... ele sofreu um processo por causa do livro...

O livro conta a história de Dorian Gray um rapaz (adolescente) lindo, maravilhoso que teve seu rosto pintado por um pintor chamado Basil Hallward... mas antes que a obra tenha sido finalizada Dorian Gray conhece um amigo de Basil o Sr. Henry Wotton, que é um homem muito culto, elouquente... filosofa sobre vários assuntos e fala com o 'menino' sobre a beleza e o fim da beleza de um forma que quando Dorian vê seu retrato finalizado por Basil... diz:
"tenho ciúmes de tudo aquilo cuja beleza é imperecível. Tenho ciúmes do meu retrato!... Por que deverá ele conservar o que eu hei deperder? Cada momento que se escoa leva-me qualquer coisa e embeleza essa figura. Oh! Se pudéssemos mudar! Se esse retrato pudesse envelhecer! Se eu pudesse conservar-me tal como sou!...Por que pintaste isso? Que ironia! Um dia... Que ferina ironia!" pag 54

Então o livro se desenvolve de uma forma tão criativa... o retrato vai se alterando com os atos de Dorian, deixando marcas de acordo com o que o menino, e depois o homem faz... e Dorian, não envelhece... mas o retrato, que contem a sua alma, vai se deformando... se transformando de tal forma que quase não se pode reconhecer o homem do retrato... o final é surpreendente... e muito legal!

O livro é intenso... emocionante... muito bem escrito... é um clássico da literatura mundial... e eu no século XXI não posso entender o porque de tanto preconceito no século XIX... quando o mesmo foi escrito... mas sou de uma época completamente diferente... acho que vale a pena ler e conhecer a forma como Oscar Wilde escreveu... só digo que não concordo com as coisas que Henry Wotton diz... vejam as citações...


Citações:

"Mas a beleza, a verdadeira beleza acaba onde começa a expressão intelectual. A intelectualidade é por si mesma exagerada e destrói a harmonia de qualquer semblante" pag 31 (Henry para Dorian)

"Serão poucos os anos que poderá viver, realmente, perfeitamente, plenamente; sua beleza se esvairá com a mocidade e imediatamente poderá contar com triunfos, senão viver dessas migalhas de triunfos, que a memória do passado tornará mais amargas que as derrotas. Cada mês de vida que se vai aproxima-o de qualquer coisa terrível. O tempo tem ciúmes de si e castiga os lírios e as rosas. O seu rosto há de empalidecer, as suas faces hão de escavar-se e os seus olhares hão de fanar-se. Sofrerá horrivelmente... Ah! Aproveite a sua mocidade enquanto a possui!... As flores fenecem, mas reflorecem... Nós, porém, jamais reviveremos a nossa mocidade. As pulsações da alegria que em nós se avivam aos 20 anos vão se enfraquecendo; fatigam-se os nossos membros e amortecem, carregados, os nossos sentidos!..." pag 50 (Henry para Dorian)

"- Meu caro ingênuo, nenhuma mulher é genial. As mulheres formam um sexo decorativo. Nunca sabem o que dizer, mas dizem-no de uma maneira de uma maneira admirável. As mulheres representam triunfo da matéria sobre a inteligência, assim como os homens representam triunfo da inteligência sobre os costumes." pag 74 (Henry para Dorian)

" Mas o retrato?... Que dizer daquilo? Ele possuía o segredo de sua vida, revelava-lhe a história; havia-lhe ensinado a amara sua própria beleza. Ensinar-lhe-ia a odiar sua própria alma? Deveria contemplá-lo ainda?" pag 119 (Dorian)
" Quisera que possuísses um nome sem mácula, uma reputação pura. Quisera que te desembarasses desses tipos repugnantes com que formas a tua sociedade. ... Conhecer-te! Eu quisera conhecer-te, mas precisavas ver a tua alma!" pag 181 (Basil para Dorian)

"Ele é o mais perverso dentre quantos por aqui aparecem. Dizem que se vendeu ao diabo para conservar aquela bela face! Há mais de 18 anos o encontrei e até hoje não lhe notei depois a mudança de um só traço... " pag 220


"Like the painting of sorrow,
A face without a heart." citando Hamlet... 'Como a pintura de uma aflição, uma figura sem coração..." pag 242


"Quanto a ser-se intoxicado por um livro, nunca se viu nada que tal lembrasse. A arte não tem influencia alguma sobre as ações; ela aniquila o desejo de agir; é soberbamente estéril. Os livros que a sociedade qualifica imorais são os que lhe exibem a sua própria vergonha." pag 246 (Henry para Dorian) concordo com esta citação...




Trailer do filme:
Claro, o filme é diferente do livro... a começar por Dorian, que no livro é loiro... e Ben Barnes, apesar de lindo não é loiro...

1 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.