Destaques

Minhas impressões: Estrelas da Sorte - Nora Roberts - Trilogia Os Guardiões 01

Por Cinthia FotoseLivros •
05 abril 2018
Acho que todo mundo já sabe o quanto amo Nora Roberts... a mulher já escreveu vários livros, várias trilogias e sempre consegue me fascinar. Em Estrelas da Sorte, o primeiro livro da trilogia Os Guardiões que a Editora Arqueiro lançará em 2018 ela já me fascinou, muito!!!




A Trilogia


  1. Estrelas da Sorte - Sasha & Bran
  2. Baía dos Suspiros - Annika & Sawyer (lançamento jul/2018)
  3. Ilha de Vidro - Riley & Doyle (lançamento nov/2018)

Sinopse



Compre na Amazon Brasil



Minhas impressões

Mais uma trilogia de Nora Roberts... desta vez a Trilogia Os Guardiões vai trazer, como sempre, seis pessoas, três casais, que se unirão contra um mal, mas Nora consegue depois de tantos anos de escrita trazer uma nova e surpreendente estória. Desta vez temos uma referência a alguns contos de fadas, Bela Adormecida é o que se percebe de início já que temos três Deusas irmãs (Luna, Celene e Arianrhold) se preparando para dar um presente maravilhoso (Estrelas de Fogo, Água e Gelo) para a nova Rainha, mas então, chega a irmã má (Nerezza), invejosa, e atrapalha tudo.

-Nós somos as guardiãs - lembrou-a Celene. - Guardiãs, não governantes.
- Nós somos deusas! Este e outros mundos são nossos. Pensem nisso e no que poderíamos fazer se uníssemos nossos poderes. Tudo se curvaria para nós e seríamos eternamente jovens e belas.
- Não temos nenhum desejo de poder sobre os mortais, os deuses ou os semideuses. Isso só traz sangue, guerra e morte - disse Arianrhold, rejeitando a ideia. - Ansiar pela eternidade é desprezar a beleza e a maravilha do ciclo. - Então ergueu novamente o roto, enquanto as estrelas que haviam feito brilhavam. posição 2%

As Guardiãs para evitar a maldade e escuridão de Nerezza determinam que as estrelas terão outros guardiões...

- Então nós determinaremos quando e onde. Podemos fazer isso. - Luna segurou as mãos da irmãs.
- Em outro lugar, outro tempo, mas não juntas. - Assentindo, Arianrhold ergueu os olhos para as estrelas bela e brilhantes acima da terra que havia amado e guardado desde o início de seu tempo.
- Se uma delas cair nas mãos de Nerezza, ou de alguém como ela... - Celene fechou e abriu os olhos. - Muitos buscarão as estrelas, o poder e a sorte, o que é o mesmo. E o destino. É tudo uma coisa só. E nós, luz refletida, devemos enviar os nossos na busca. posição 2%

Os novos guardiões vão se encontrar, sem se conhecerem, mas saberão desde o início que devem estar juntos, alguns por conhecerem a 'lenda' e se saberem 'guardiões' outros por sentirem uma força que os leva para se encontrarem na Ilha de Corfu na Grécia.

Sonhos com sangue e batalha, terras estranhas e lunáticas. Neles, rostos e vozes de pessoas desconhecidas, mas de algum modo vitalmente familiares, viviam com ela. A mulher com os olhos astutos e ferozes de um lobo, o homem com a espada prateada. Eles rodeavam seus sonhos acompanhados de uma mulher que se erguia do mar rindo e do homem com a bússola dourada.
E em todos esses sonhos também estava presente o homem de cabelos escuros que segurava um raio.
Quem eram? Como os conhecia - ou como conheceria? Por que necessitava tanto deles, de todos eles? posição 3%

Sasha Riggs é uma artista plástica, reclusa em sua casinha na Carolina do Norte, reclusa porque desde sempre foi intuitiva, sentia os sentimentos das pessoas e tinha visões, as pessoas não entendiam ou tinham medo da moça, mas de um tempo pra cá tem tido sonhos que incluíam ela e mais cinco pessoas que nunca vira.

Ela desenhava seus sonhos - rostos, mares, colinas e ruínas. Cavernas e jardins, tempestades e crepúsculos. Durante o longo inverno, cobriu a prancheta de desenhos e começou a fixá-los nas paredes. posição 3%

Sasha sonhou com o homem com os raios nas mãos que a incentivava a procurá-los, dizendo que não poderiam começar sem ela, e o sonho foi tão real, que ela conseguiu descobrir pelos sonhos e desenhos que deveria ir para Corfu. E quando chegou lá, se hospedou, descansou um pouco e foi curtir a vista no terraço se encontrou com Riley Gwin, uma arqueóloga que já conhece a história das três estrelas e as busca nas horas livres.

- Acho que vamos nos ajudar. Minha pesquisa indica que a Estrela de Fogo está em Corfu ou nos arredores. E seus sonhos confirmam. Você pode vir a calhar. Agora... posição 7%

E também encontram, no mesmo terraço, enquanto conversa com Riley mostrando seus desenhos, o homem que segurava o raio... o homem que está mais próximo de Sasha nos sonhos e que a trouxe até Corfu, Bran Killian, o mágico irlandês.

Os olhos dele, muito escuros, desviaram de Riley para os de Sasha e se fixaram neles. O homem foi até a mesa delas.
- Senhoritas, vista espetacular, não acham?
A voz do homem, tranquila e com sotaque irlandês, fez Sasha se arrepiar. Sentiu-se aprisionada de repente, como se uma gaiola prateada a rodeasse. posição 7%

Os três se entendem, contam as coisas que sabem a respeito das estrelas, apenas Sasha não sabia nada sobre a 'lenda' mas tem mais detalhes vindos de seus sonhos. Eles se unem e confiam que os outros três vão aparecer, para ter um pouco mais de privacidade saem do hotel em que estão hospedados e se mudam para uma villa ao norte da ilha.

Os outros virão. Sei disso agora. Ou talvez já estejam aqui. Eles nos encontrarão, ou nós os encontraremos. Quando isso acontecer, não sei se haverá volta.
- Ao que voltaríamos? - perguntou Bran.
- Às nossas vidas, ao que éramos antes.
- Se é isso que a preocupa, é sempre melhor andar para a frente do que para trás. posição 9%

Ao fazerem a 'mudança' para a villa encontram mais um deles... Sawyer King, o viajante, o aventureiro, o homem da bússola e de olhos cinza.

- Quem são os outros dois no desenho?
- Não sei.
- Do jeito que as coisas vão - interrompeu Bran -, logo vamos descobrir. Como você não parece estar achando isso tão estranho, sabe o que são Estrelas da Sorte.
Sawyer girou os óculos pela haste.
- Sim, sei. posição 18%

Já acomodados na villa e tentando se conhecerem um pouco os quatro primeiros vão estudando os desenhos e mapas e fazendo pequenos planos para quando forem os seis ou antes. Sawyer vai à praia e encontra a quinta... Annika Waters, uma linda e encantadora mulher, feliz e pura.

E a viu, em pé na beira do mar, contemplando-o. O fino vestido branco que usava ondulava ao vento, na altura do joelhos. Cabelos escuros que pareciam quilométricos desciam por suas costas.
O desenho, pensou. O desenho de Sasha, ao vivo.
(...)
Sawyer parou a uns 30 centímetros da mulher, porque, mesmo depois de tudo que havia visto, de tudo que experimentar, nunca vira algo como ela.
(...)
- Oi. De onde você veio?
- Estou aqui há algum tempo. E você veio. - Ela apertou a mão dele. - Como eu esperava.
- Você me conhece?
Ela apenas sorriu.
- Não sei o seu nome.
- Sawyer.
- Sawyer - repetiu ela, devagar. - O meu é Annika. Eu venho... vim - corrigiu-se - para ajudar a encontrar as estrelas. Vai me levar com você? posição 25%

Desde o primeiro encontro a atração de Sasha e Bran é enorme, ela sabe, porque sonhou, que eles tem ou terão algo juntos, e quando o primeiro beijo, real, acontece...

Não o roçar de lábios quase fraternal, mas um longo, profundo e possessivo beijo, que transformou tudo que ela era em avidez e necessidade. Por um instante, a tempestade veio, com vento cortante, trovão rugindo e aquele raio brilhante.
(...)
- Somos um time - conseguiu dizer Sasha, e o brilho quente e perigoso se transformou no que talvez fosse divertimento.
- Somos, fáidh, mas você é a única que eu quero para isso. posição 29%

Os cinco que já se reuniram vão para uma aventura de reconhecimento e é lá que encontram o sexto integrante, Doyle McCleary, outro irlandês, o lutador.

Eles olharam para o recém-chegado. Ele havia embainhado a espada às costas e estava em pé com as pernas abertas e a cara fechada.
Exatamente como Sasha o retratara, em detalhes, em um de seus desenhos. A brisa agitava-lhe os cabelos pretos ao redor de um rosto que poderia ter sido esculpido com navalha. As maçãs do rosto altas, a boca marcante que não sorria, o afilado nariz aristrocrático. Seus olhos eram ferozes e de um verde aceso. posição 36%

Quando os seis se unem e os segredos que cada um deles carrega vão sendo descobertos e eles lutam contra a deusa do mal e seus asseclas, vão acontecendo treinamentos, divergências e a amizade vai se solidificando

Somos seis, agora. Não ouvi ninguém dizer que quer r embora. Enfrentamos um deus e ninguém está fugindo para não ter de viver isso de novo. Então acho que passamos no teste. posição 42%


- Pelo amor de Deus. Pelo amor de Deus! Estou aqui depois de outra batalha com seus... não sei como chamá-los... subordinados? Essa palavra serve. Seus subordinados. (...) Eu estava bem vivendo minha vida. Bem! Com meu trabalho, minha casa, meu sossego. Havia aprendido a lidar com o que tinha ou ignorá-lo para poder levar a vida que achava que queria. Agora estou lutando contra uma deusa louca que gostaria de acabar com minha vida. Estou apaixonada por um mágico e atirando com uma besta. E bebendo cerveja quando nem gosto de cerveja. Vocês estão nessa busca ou sabem disso há ano. Eu só soube há algumas semanas, então por que eu sou a única aqui capaz de acreditar quando a pessoa que possui poder diz que há um modo de protegê-la? posição 88%

As batalhas são grandes mas é o amor de Sasha e Bran unido à amizade dos seis que consegue vencer uma grande batalha contra Nerezza e os levará em busca da segunda estrela...

- Um dia vamos voltar, como você disse.
- Eu quero voltar. Ficar no promotório com você de novo, sob as estrelas, em uma notes quente de verão quando tudo estiver calmo e houver paz.
- Você é minha luz, Sasha. Minha estrela e minha paz. - Ele beijos de leve seus lábios. - Está pronta?
- Sim. Para tudo. posição 95%


Então, para resumir, Nora Roberts consegue escrever e dar vida a novos personagens e novas estórias originais, mesmo que no início você tenha a sensação que já sabe o que vai acontecer... eu tive alguns insights sobre alguns dos personagens e seus segredos... vale a pena  a leitura e a espera ansiosa pelo próximo livro 'Baía dos suspiros'... que vai se passar e Capri, na Itália e vai contar a história de amor de Annika e Sawyer... em julho nas livrarias.

Comentários via Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.

Kindle Unlimited

Publicidade

iunique studio criativo

Instagram

© Fotos e Livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in