Minhas impressões (MI-23/16): Paixão Libertadora - @SophieJax @editoraarqueiro

Sophie Jackson ja tinha me conquistado com a história de Jak e Carter em Desejo Proibido e também em Eternamente você. Agora que este segundo livro ela me conquistou ainda mais com a forma que ela construiu Max O'Hare, o melhor amigo de Carter, que nos dois primeiros livros conhecemos por suas loucuras e ida para uma clínica de Reabilitação com a ajuda de Carter.


Sinopse
 Compre na Amazon Brasil



Minhas impressões

Max e Carter são amigos desde sempre, desde a infancia e um sempre deu apoio ao outro, são como irmãos, e foram vários os sacrifícios que eles passaram. Carter inclusive foi preso para livrar Max da prisão, sabendo que por causa do que o amigo estava passando após a perda do filho e da mulher de sua vida, ele poderia morrer na prisão, devido ao vício que Max não conseguia se livrar. Com a saída de Carter da prisão e a reviravolta que acontece em sua vida, por causa de Kat e do trabalho, Carter pode ajudar o amigo de várias formas. Uma delas é se tornar sócio da oficina de Max, que ele herdou do pai, colocando o amigo deles Riley para cuidar dos negócios, enquanto Max se interna em uma clínica de reabilitação com tudo pago por Carter.

"Sabia que, sem Carter, ele estaria morto. Sabia que, sem a grana de Carter e o conhecimento de Riely sobre como administrar um negócio, a oficina de seu pai teria sido perdida, juntamente com a reputação que Connor lutara tanto para construir. Sem Carter, Max nunca teria sobrevivido à perda de Lizzie." posição 4%

A vida de Max não foi fácil, apesar de ter um pai que o amava, ele não teve mãe e acabou se envolvendo com drogas e bebidas, até que encontrou Lizzie e começou a se endireitar, mas a vida deu uma rasteira neles e o filho que eles estavam esperando morreu e eles, Max e Lizzie, não conseguiram de segurar e acabaram se deteriorando cada um de um jeito, Max se entregou novamente às drogas e Lizzie a uma depressão que a fez fugir e largar tudo para trás. Com isso, Max só piorou até que quase morreu antes de ir para a Clinica.

"Max não tinha tanta certeza de que algum dia encontraria seu caminho, e também não sabia porque se metia em confusão. Seria tédio? Ele nem sequer podia dizer que tinha problemas em casa. Seu pai era um homem bom, que se desdobrara para criar o filho sozinho. Não. Max era a ovelha negra, seu próprio pior inimigo. Ele queria ser forte como o pai, nobre e dedicado, mas sempre fracassava." posição 1%

Na Clinica vamos acompanhando o sofrimento de Max para se abrir, para conseguir se livrar do vício e como ele consegue pela pintura se reencontrar aos poucos até ser capaz de sair da clinica.

"- Esse não é o fim - murmurou Elliot. - É só o começo. Você é muito mais forte do que acredita ser, Mas. Nunca se esqueça disso. E há esperança. Para todas as coisas. A parte mais difícil já passou." posição 14%

No início ele vai morar com Kat e Carter, mas percebe que conviver com o amor dos dois, que estão preparando o casamento, não é muito saudável para ele, é aí que ele se muda para o Estado da Virginia Ocidental para a cidade de uma tio, tio por afinidade, o melhor amigo do pai, e que o acolhe com os braços abertos em sua empresa e pousada. E é lá que Max encontra Grace Brooks uma linda e estonteante morena de olhos verdes, com um jeito encantador que vai encantando Max, eles vão se tornando amigos.

"Pensar em ter intimidade com um homem fazia Grace se arrepiar de medo, mas ela não podia negar a solidão que machucava seu coração sempre que via casais apaixonados, felizes. Será que teria aquilo de novo? Talvez. Se ela conseguisse confiar. Será que ficaria apavorada? Com certeza. Mas ela sempre fora uma romântica inveterada. Estava enraizado nela, apesar de tudo pelo que havia passado nas mãos do home que tinha jurado honrá-la e protegê-la." posição 17%

Grace também tem vários traumas românticos, por causa de sua beleza o ex-marido com ciúmes doentios a espancava e acabou com a autoestima de Grace, de forma que ela vai procurar a paz na Provincia de Preston, a terra de sua mãe, onde compra uma casa, que é reformada pela equipe de Vince, o tio de Max. Apesar dos traumas e 'medo' dos homens, ela não consegue se afastar de Max, e acontece uma forte amizade e atração, até que eles vão tentando uma 'amizade colorida' onde eles vão se conhecendo e se envolvendo e Max mostra toda a paciência e doçura com Grace. Eles não querem se entregar ao amor, apenas a sexo... mas é claro que as coisas mudam e ficam dificeis, com o passado de Max batendo à sua porta e ele não sendo capaz de perceber o quanto Grace é importante em sua vida presente.

"- Não tenha medo - disse ela, esfregando o nariz no dele. - Não de mim. Eu só quero amar você.
O rosto dele desabou como se aquela fosse a pior notícia que ele já ouvira.
-Não - implorou ele. - Gracinha, não faça isso. Por favor.
Ela deu um sorriso melancólico antes de roubar outro beijo.
- Tarde demais." posição 79%


O próximo livro contará a história de amor de Riley, amigo de Max e Carter que cuidou da oficina de Max por tanto tempo, até se tornar sócio... já estou curiosa com esta história, que deve chegar ao Brasil em novembro deste ano. Ainda será lançado em inglês apenas em junho, mas a capa nossa deve ser parecida com a que posta abaixo:

0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.