Book Tour (internacional): The Lucky Charm by @beth_bolden #Bilingualreview

 photo LuckyCharmJPEG_zpsf121b46f.jpg

Olá pessoal, hoje venho com mais um livro internacional (me deixem saber se vocês gostam ou não deste tipo de post) porque eu amo conhecer novos livros e autores, que ainda não chegaram no Brasil e que podemos ajudar a chegar...

Este livro pode ser um pouco mais difícil, porque fala sobre Baseball, eu me descobri, querendo descobrir mais sobre Baseball, devido a alguns personagens jogadores deste esporte, tão pouco conhecido por nós, Brasileiros... temos Ryan Sullivan (by Bella Andre) e agora Jack Bennett (muito fofo)... eles jogam em posições diferentes. Ryan é lançador (pitcher) e Jack é o homem da 2ª base (second baseman), ainda vou aprender sobre Baseball... rsrs
 photo Book-Cover-Nook-v2_zps8acd75d5.jpg
Title: The Lucky Charm (Portland Series #1)
Author: Beth Bolden
Genre: Romantic Comedy
Publication Date: April 30, 2014
Event Organized By: Literati Author Services, Inc.

Bilingual Review - Resenha Bilingue 


Synopsis

IT ’S THE BOTTOM OF THE NINTH . . . É O FINAL DO NONO...

Izzy Dalton’s about to strike out. Her new job as the sideline reporter for the Portland Pioneers major league baseball team is problematic on several levels:
Izzy Dalton está prestes a atacar. Seu novo trabalho como repórterpara o time de beisebol da liga principal Portland Pioneers é problemático em vários níveis:
  1. Baseball is her least-favorite sport. Falling behind golf, tennis, and maybe even curling. Baseball é seu esporte menos favorito. Ficando para atrás do golfe, tênis, e talvez até mesmo enrolando.
  2. What Izzy knows about baseball could fill about three minutes of airtime. O que Izzy sabe sobre baseball poderia encher cerca de três minutos de tempo no ar.
  3. Her last experience in front of a camera was in college. Six years ago. Sua última experiência na frente de uma câmera foi quando estava na faculdade. Seis anos atrás.
  4. The Pioneers’ second baseman has a wicked sense of humor and even wickeder blue eyes. E o homem de Segunda base dos Pioneers tem um 'imoral' senso de humor e olhos azuis ainda mais.
AND A FULL COUNT. . . E uma contagem CHEIA. . .

Jack Bennett couldn’t be more uninterested in a little sideline action. He just wants to show up at the park and win baseball games. Izzy is the one woman he should steer clear of, but she’s also the key to his success–and his heart, too. Jack Bennett não poderia estar mais desinteressado em um pouco de ação lateral. Ele só quer aparecer no parque e vencer os jogos de beisebol. Izzy é a única mulher que ele deve evitar, mas ela é também a chave para o seu sucesso e seu coração, também.

All Izzy has to do is convince her misogynistic boss she’s competent, learn what the heck an RBI is, and stay away from Jack Bennett. Izzy tells herself it’ll be a snap, but 162 games is longer than she ever imagined and Jack more irresistible than she counted on. Tudo que Izzy tem a fazer é convencer seu chefe misógino que ela é competente, aprender o que diabos é um RBI, e ficar longe de Jack Bennett. Izzy diz a si mesma que vai ser rápido, mas 162 jogos é muito mais do que ela jamais imaginou e Jack mais irresistível do que ela contava.

Add to Goodreads

Purchase Links: Amazon | Amazon BR | Barnes & Noble

Minhas impressões (My Review)

Apesar de eu conhecer pouco sobre baseball, e o livro fala muito sobre regras, campo, posições, lançamentos, temporadas e tantas outras coisinhas sobre o esporte o romance, o relacionamento do livro é encantador... uma comédia romântica que poderia virar filme... daquelas bem fofas. Although I know little about baseball, and this book talks a lot about rules, field, positions, releases, seasons and so many other little things about the sport, the romance, the relationship of the book is lovely... a romantic comedy that could turn a movie... those really cute.

Izzy é orfã, perdeu a mãe ainda pequena, quando tinha 11 anos e alguns anos depois perdeu o pai, apesar de ter querido ser médica, para ajudar a descobrir a cura ou tratamento para o cancer, a fim de que outras crianças não perdessem a mãe, ela acabou virando jornalista, uma jornalista esportiva, que trabalhava por trás das câmeras com Charles Walker, um produtor esportivo, que se tornou um segundo pai, e a ensinou muito sobre jornalismo e esportes. Mas a vida de Charlie quase chegou ao fim e ele agora precisa parar de trabalhar tanto e ela foi removida de Seattle para Portland para estar na frente das cameras acompanhando o time de Baseball, Pioneers... detalhe ela não sabe nada de Baseball, e detesta estar à frente das câmeras, e o pior, ela não pode perder o emprego e o novo chefe é um nojento de marca maior que não consegue ver nenhuma qualidade em Izzy e só faz os dias dela serem pior que tudo, mas... Izzy is an orphan, lost her mother still small , when he was 11 years old and a few years after she lost her father, despite having wanted to be a doctor, to help finding a cure or treatment for cancer, so that other children do not lose their mother, she eventually became a journalist, a sports journalist who worked behind the scenes with Charles Walker ... ,a sports producer, who became a second father, and taught much about journalism and sports. But Charlie's life almost came to an end and he now needs to stop working so hard and she was removed from Seattle to Portland to be in front of cameras watching the Baseball team, Pioneers, detail... she knows nothing of Baseball, and hates being in front of the cameras, and worse, she can not lose her job and her new boss is the most disgusting brand that can not see any quality in Izzy and only makes her days are worse than anything, but...

Jack Bennett é o homem de segunda base do Pioneers e ele é super dedicado ao time e ao baseball, não se envolve com mulheres e não acredita em supertiçoes, mas desde que viu Izzy pela primeira vez, não consegue tirá-la da cabeça e acaba acreditando que ela é seu 'Lucky Charm' (amuleto da sorte), já que o time e ele vem crescendo dentro do campeonato e podem, até ganhar o Campeonato. Jack Bennett is the second baseman of the Pioneers and he is super dedicated to the team and to baseball, does not get involved with women and does not believe in superstitions, but since he saw Izzy for the first time, he can not get her off his head and ends believing she is his ' lucky Charm', as the team and he has been growing within the league and may even win the Championship .

Eu adorei o livro, os personagens... sofri para compreender um pouco mais do baseball, ainda não sei o que é RBI, mas o amor de Izzy e Jack é fofo... a autora começa sua carreira de autora (este é o primeiro livro de Beth Bolden) muito bem... já quero saber o que vai acontecer com Foxy (o melhor amigo de Jack e também jogador do Pioneers) no próximo livro. I loved the book, the characters... I suffered to understand a little more baseball, still don't know what is RBI, but the Izzy & Jack's love is cute... the author begins her career as an author (this is the first book of Beth Bolden) very well... I wonder what will happen to Foxy (Jack's best friend and also player of the Pioneers ) in the next book .




Quote (escolhido pela autora e com explicação dela)

Jack Bennett and Noah Fox, players for the Portland Pioneers major league baseball team, have just landed at the airport in Sarasota, Florida for Spring Training. Jack Bennett e Noah Fox, jogadores do time de beisebol da liga principal Portland Pioneiros, ter acabado de pousar no aeroporto de Sarasota, Florida para Spring Training.

“Hey. Check out that girl with Palmer. You think that’s the new reporter?” "Hey. Confira essa menina com Palmer. Você acha que essa é a nova repórter? "
Jack glanced over at Noah’s lazy gesture. He spotted Toby’s graying head right away, and the lanky brunette next to him. Jack olhou para gesto preguiçoso de Noah. Ele viu a cabeça grisalha de Toby imediatamente, ea morena magro ao lado dele.
“She’s definitely nothing like Tabitha,” Noah observed with a trace of disappointment. Jack, on the other hand, was immensely grateful that from a distance she wasn’t blonde or overly tanned. Both positive steps in the direction of her being nothing like Tabitha King. He was pretty damn sure that the team couldn’t survive another Hurricane Tabby. "Ela é definitivamente nada como Tabita," Noah observou com um traço de decepção. Jack, por outro lado, era imensamente grato que a distância que ela não era loira ou excessivamente bronzeada. Ambos os passos positivos na direção de seu ser nada como Tabitha King. Ele era muito maldita certeza de que a equipe não poderia sobreviver mais um furacão malhado.
“She’s pretty, though,” Jack admitted. And she was. Her skin was extraordinarily fair, even from this distance, and Jack was sure he could see a smattering of freckles on her nose. She brushed the mass of dark, straight hair over her shoulder impatiently, as if she just couldn’t be bothered. "Ela é bonita, porém," Jack admitiu. E ela foi. Sua pele era extremamente justo, mesmo a esta distância, e Jack tinha certeza que ele podia ver um punhado de sardas no nariz. Ela passou a massa de cabelo escuro, reto por cima do ombro, impaciente, como se ela simplesmente não podia ser incomodado.
Fox did a double take. “Seriously?” Fox fez uma dupla tomar. "Sério?"
“Well, yeah. I guess she is,” he said defensively. “She’s supposed to be, isn’t she?”  "Bem, sim. Eu acho que ela é ", disse ele defensivamente. "Ela deveria ser, não é?"
“I guess. I just can’t believe that you wouldn’t admit that the flight attendant was cute, and yet here you are, salivating over Toby’s new reporter.” "Eu acho. Eu simplesmente não posso acreditar que você não iria admitir que a aeromoça era bonito, e ainda assim você está aqui, salivando sobre novo repórter do Toby ".
“I’m not salivating.” Jack tried for bored, and settled somewhere north of annoyed. "Eu não estou salivando." Jack tentou por entediado, e estabeleceu-se em algum lugar ao norte de irritado.

There’s so many reasons I love this exchange, but there’s one that trumps all the others: Jack is pretty much putty the moment he sees Izzy. He’s just gotten through worrying about another female reporter and the havoc she could wreak on the team, and yet he still can’t take his eyes from Izzy. And I like how he figures out how no-nonsense she is right away, but he likes her anyway. Há tantas razões que eu amo essa troca, mas há um que supera todos os outros: Jack é bastante massa no momento em que vê Izzy. Ele está acabado através de se preocupar com outro repórter eo estrago que ela poderia causar na equipe, e ele ainda não pode tirar os olhos de Izzy. E eu gosto de como ele descobre como no-nonsense, ela é imediatamente, mas ele gosta dela de qualquer maneira.

About the Author

Beth Bolden lives in Portland, Oregon with one cat and one fiance. She wholly believes in Keeping Portland Weird, but wishes she didn’t have to make the yearly pilgrimage up to Seattle to watch her Boston Red Sox play baseball. If only the Portland Pioneers weren’t only figments of her imagination. Beth Bolden vive em Portland , Oregon , com um gato e um noivo. Ela totalmente acredita em manter Portland estranha , mas deseja que ela não tenha que fazer a peregrinação anual até Seattle para assistir seus Boston Red Sox jogar beisebol. Se apenas os Portland Pioneers não fossem apenas fruto da sua imaginação.


After graduating from university with a degree in English, Beth unsurprisingly had no idea what to do with her life, and spent the next few years working for a medical equipment supplier, a technology company, and an accounting firm. Now Beth runs her own business as a Girl Friday for small business owners, assisting them with administration, bookkeeping and their general sanity. Depois de se formar na universidade com uma licenciatura em Inglês, Beth sem surpresa não tinha idéia do que fazer com sua vida, e passou os próximos anos trabalhando para um fornecedor de equipamentos médicos, uma empresa de tecnologia , e uma empresa de contabilidade. Agora Beth tem seu próprio negócio, como uma 'faz-tudo' para proprietários de pequenas empresas, ajudando-os com a administração, contabilidade e sua sanidade geral.

Beth has been writing practically since she learned the alphabet. Unfortunately, her first foray into novel writing, titled Big Bear with Sparkly Earrings, wasn’t a bestseller, but hope springs eternal. Her first novel, The Lucky Charm, will be available in the beginning of 2014. Beth tem escrito praticamente desde que ela aprendeu o alfabeto. Infelizmente, sua primeira incursão no romance escrito, intitulado Big Bear com brincos Sparkly, não foi um best-seller, mas a esperança é eterna. Seu primeiro romance, The Lucky Charm, estará disponível no início de 2014.

In her nonexistent spare time, she enjoys preparing overambitious recipes, baking yummy treats, cuddling with the aforementioned cat and fiance, and of course, writing. She’s currently at work on the The Lucky Charm‘s sequel, featuring Noah Fox. She hopes he’s a lot easier to wrangle than Jack Bennett was. No seu tempo livre inexistente, ela gosta de preparar receitas demasiado ambiciosos, assando guloseimas deliciosas, abraçando com o gato e o noivo, acima mencionados, e, claro, escrever. Ela está atualmente trabalhando na sequencia de The Lucky Charm, com Noah Fox. Ela espera que ele é seja muito mais fácil para disputar do que Jack Bennett foi.
Connect with the Author: Blog | Facebook | Twitter | Goodreads







2 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.