Promo Blitz - Strings of the Heart #RunawayTrain3 by @KatieAshleyLuv

Hoje chega às livrarias (físicas ou virtuais) de língua inglesa o 3º livro da Série Runaway Train, de Katie Ashley... já falei sobre alguns de seus livros aqui, amo todos, mas tenho um carinho especial por esta banda: Runaway Train, ansiosa por eles chegarem ao Brasil, sim, a Editora Pandora vai trazer para nós pobres mortais: Jake, A.J, Rhys e Braden.

Eu já estou com o meu em mãos, no meu amado Kindle, e semana que vem volto pra falar dele.

Title: Strings of the Heart
Author: Katie Ashley
Expected Release: May 12th



Twenty year old, Allison Slater has been in love with her brother’s bandmate, Rhys McGowan, since she was fifteen years old. But to him, she’ll always be Jake’s little sister and off limits. Now a college sophomore and licking her wounds from a bad breakup, she sets her sights on making Rhys see her as someone he could date…maybe even love. Her opportunity comes when Rhys visits his parents in Savannah where she is attending college. But the night she’s dreamed of turns to heart-break, and she realizes she’ll never be the one for Rhys. Com vinte anos de idade, Allison Slater foi apaixonada pelo colega de banda de seu irmão, Rhys McGowan, desde que ela tinha 15 anos de idade. Mas para ele, ela vai ser sempre a irmãzinha de Jake e fora dos limites. Agora, uma estudante do segundo ano de faculdade e lambendo suas feridas após um rompimento ruim, ela faz planos de fazer Rhys vê-la como alguém que ele poderia namorar... talvez até mesmo amar. Sua oportunidade surge quando Rhys visita seus pais em Savannah, onde ela faz a faculdade. Mas a noite de seus sonhos se tornou a do coração quebrado, e ela percebe que nunca será o AMOR para Rhys .

For Rhys McGowan, his nightmare began when he woke up, naked and hung-over, next to his bandmate’s little sister. Unable to remember a thing from the previous night, he only makes matters worse by lying to Allison about not being interested in her. The truth is he’s spent the last year to ignore his body’s reaction whenever Allison is around. His resolve is tested when Allison comes on tour with Runaway Train, as both Jake and Abby’s nanny and to fulfill her fashion design internship. The more time he spends with her in the close quarters of the bus, the harder it is for him to resist. Para Rhys McGowan, seu pesadelo começou quando ele acordou, nu e de ressaca, ao lado da irmã de seu colega de banda. Incapaz de se lembrar de nada da noite anterior, ele só piora as coisas, mentindo para Allison sobre não ser interessado nela. A verdade é que ele passou o último ano tentando ignorar a reação de seu corpo sempre que Allison está ao redor. Sua determinação é testada quando Allison vem na turnê com a Runaway Train, tanto como a babá para Jake e Abby quanto cumprir seu estágio em design de moda. Quanto mais tempo que ele gasta com ela nos ônibus, é mais difícil para ele resistir .

Will Rhys realize that having a relationship with Allison is worth fighting for even if it means that he has to fight his best friend for a chance? Será que Rhys perceberá que vale lutar para ter um relacionamento com Allison, mesmo que isso signifique que ele tem que lutar contra seu melhor amigo?



“Take a shot,” he commanded, his expression tense, his eyes unreadable. "Tome um gole", ele ordenou, sua expressão tensa, seus olhos ilegíveis.

Goosebumps pebbled my arms at his assertiveness. I wasn’t used to him being so forceful. For a moment, I couldn’t process his words. It was like the tone of the entire conversation had veered off course. Reluctantly, I followed his orders. When I started to reach for a lime, he stopped me. As I eyed him curiously, he took the shaker of salt in his hand. Tilting his head, he shook the bottle along his neck. Then he leaned over and brought the shaker to my neck. My chest rose and fell in harsh pants at the nearness of him. But most of all, it was the way the tension crackled in the air between us. Nothing really had been spoken out-loud, nothing had been done to change things, but in that moment, everything was different. Um arrepio subiu pelos meus braços com sua assertividade. Eu não estava acostumada a ele ser tão forte. Por um momento, eu não pude processar suas palavras. Era como se o tom de toda a conversa tivesse saído de curso. Relutantemente, eu segui suas ordens. Quando comecei a pegar  um limão, ele me parou. Como eu o olhei com curiosidade, ele pegou o saleiro na mão. Inclinando a cabeça, ele balançou o saleiro ao longo de seu pescoço. Então, ele inclinou-se e trouxe o saleiro para o meu pescoço. Meu peito subia e descia em respirações fortes com a proximidade dele. Mas acima de tudo, pela maneira como a tensão crepitava no ar entre nós. Nada realmente tinha sido falado alto, nada havia sido feito para mudar as coisas, mas naquele momento, tudo era diferente.

“Take a shot,” he repeated. "Tome um gole," ele repetiu.

With trembling fingers, I reached for the glass. I took it in one hand and the lime in the other. Leaning forward on the stool, I dipped my head down to his neck. My lips hovered over the warmth of his skin. Flicking out my tongue, I brought it against the stubble on his neck. Rhys sucked in a harsh breath at the contact. Slowly, my tongue trailed upwards over the faint line of salt, eliciting a small groan from Rhys. Com os dedos trêmulos, peguei o copo. Peguei-o em uma mão e na outro o limão. Inclinando-se para a frente no banco, eu mergulhei minha cabeça até o pescoço dele. Meus lábios pairavam sobre o calor de sua pele. Sacudindo a minha língua, eu a trouxe contra a barba em seu pescoço. Rhys respirou fundo com o contato. Lentamente, a minha língua arrastou para cima sobre a linha tênue de sal, provocando um pequeno gemido de Rhys .

Once I finished, I pulled away. I didn’t dare look at Rhys—my skin burned just from the intensity of the stare I felt on me. Tipping up the glass, I downed it in one fiery gulp. As my eyes pinched shut in pain, I slammed the lime against my lips. My teeth cut through the fruit, as my mouth sucked off the juices. When I swallowed again, a shiver echoed through me. Quando eu terminei, eu me afastei. Eu não ousei olhar para Rhys - minha pele queimava apenas pela intensidade do olhar que eu senti em mim. Virei o copo, eu bebi de um só gole de fogo. Fechei meus olhos apertados com dor, eu bati o limçao contra os meus lábios. Meus dentes cortaram a fruta, e a minha boca chupado o suco. Quando eu engoli mais uma vez, um arrepio ecoou através de mim.

I opened my eyes to find Rhys still staring at me. His dark eyes shone with an intensity that I would’ve given anything to know what he was thinking. He reached for his glass and lime. His eyes never left mine as he bent over. I tilted my head to give him better access. At the feel of his warm tongue on my neck, I shuddered, and I remained trembling even after he pulled away. He then downed the tequila without even bothering with the lime. Eu abri meus olhos para encontrar Rhys ainda olhando para mim. Seus olhos escuros brilhavam com uma intensidade que eu teria dado qualquer coisa para saber o que ele estava pensando. Ele estendeu a mão para o copo e o limçao. Seus olhos nunca deixaram os meus quando ele se inclinou. Inclinei a cabeça para lhe dar melhor acesso. Ao sentir sua língua quente no meu pescoço, eu estremeci, e fiquei tremendo mesmo depois que ele se afastou. Ele, então, virou a tequila sem sequer se preocupar com o limão.

“Another?” "Outro?"

“Yes.” "Sim."

We repeated the process again. And again. Until we had downed five shots and licked and sucked our way up each other’s necks. My skin still tingled from the feel of his tongue. Of course, my entire body was tingling from the strong alcohol pumping through every cell and molecule. It made me feel so alive. While it had just been his tongue on my neck, the feel of his hands as they brushed on my shoulders, whispered across my collarbone, had driven me crazy. I could only fantasize that his tongue was following the same path across my chest and down to my breasts. Repetimos o processo novamente. E mais uma vez. Até que tinha tomado cinco 'tiros' e lambemos e chupamos o nosso caminho até o pescoço um do outro. Minha pele ainda formigava da sensação de sua língua. Claro, meu corpo inteiro estava formigando do álcool forte bombeamento através de cada célula e molécula. Isso me fez sentir tão viva. Embora tivesse sido apenas a sua língua no meu pescoço, a sensação de suas mãos sobre os meus ombros, sussurrando em minha clavícula, levara-me à loucura. Eu só podia fantasiar sua língua estava seguindo o mesmo caminho em meu peito e para baixo para os meus seios.

More than anything in the world, I wanted this man, and tonight I was going to get my wish. From the lust-filled looks he been giving me, along with the groans of pleasure when I had licked his skin, I knew what was going to happen. I was finally going to have Rhys. Mais do que qualquer coisa no mundo , eu queria que este homem, e hoje eu estava indo para obter o meu desejo. Dos olhares cheios de luxúria , ele foi me dando , juntamente com os gemidos de prazer quando eu tinha lambido sua pele, eu sabia o que ia acontecer . Eu estava finalmente vai ter Rhys .



Umas das coisas que mais amo nos livros de Katie, além dos personagens cativantes e das histórias maravilhosamente calientes, são as músicas...
SOUNDTRACK
(songs mentioned n the book)

You and Tequila - Kenny Chesney 

Weakness in Me - Joan Armatrading

Am I The Only One -Melissa Etheridge

You're beautiful--James blunt 

Say something - A great Big World

Portland, Oregon—Jack white and Loretta Lynn. 

Same Mistake - James Blunt

Goodbye My Lover - James Blunt

Conga - Gloria Estefan

Drunk in Love - Beyonce



Katie Ashley is the New York Times, USA Today, and Amazon Best-Selling author of The Proposition. She lives outside of Atlanta, Georgia with her two very spoiled dogs and one outnumbered cat. She has a slight obsession with Pinterest, The Golden Girls, Harry Potter, Shakespeare, Supernatural, Designing Women, and Scooby-Doo.

She spent 11 1/2 years educating the Youth of America aka teaching MS and HS English until she left to write full time in December 2012.

She also writes Young Adult fiction under the name Krista Ashe.

WEBSITE | FACEBOOK | TWITTER | GOODREADS

Book Trailer









2 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.