Minhas impressões (MI:28/13): A vez da minha vida - Cecelia Ahern @Novo_Conceito

Depois de ter um pouco de dificuldade para começar a gostar do livro, eu realmente gostei muito. Atrasei muito a leitura deste livro, já que ele foi lançado em outubro do ano passado e só agora consegui ler.

O livro traz muitas verdades, principalmente, para quem como eu anda com a vida um pouco, confusa, meio que sem saber o que fazer, como fazer, e vai 'deixado a Vida te levar'… mas a Vida de Lucy realmente apareceu em sua vida, e fez ela pensar, perceber, quantas escolhas, ruins ou boas, que ela fez afetaram o que hoje é a sua vida.
"Prezada Lucy Silchester,
Você tem um compromisso na segunda-feira, 30 de maio.
Com os melhores cumprimentos,
Vida
" pag 08

Sinopse

Primeiro capítulo
Preço promocional na loja Kindle.

Minhas impressões

Este livro é meio 'surreal' porque já imaginaram você receber uma, não, várias, cartas de Sua Vida? Pois é, é isso que acontece com Lucy. Após o término de um longo relacionamento com Blake, e de perder seu emprego, carro e ter que viver em um apartamento, ultra pequeno, com apenas um gatinho adotado, o Sr. Pan.

"Em pouco menos de uma semana, eu me encontraria com minha vida. E minha vida era um homem. Mas por que eu? Achava que minha vida estava indo bem. Eu me senti bem. Tudo na minha vida era, absolutamente, excelente. Então, me deitei no sofá para decidir o que vestir." pag 18

Ela está não apenas deixando a vida a levar, como está em um momento de negação total, ela se nega a enxergar como sua vida está indo de mal a pior, como vive 'escondendo toda a sujeira' para debaixo do tapete.
Antes de ler o restante da resenha assista ao Book trailer:



Quando Lucy é 'obrigada' a se encontrar com a Sua Vida ela leva um susto, ao encontrar com um homem nojento, meio sujo, desgrenhado, ela fica com nojo da sua vida, mas mesmo assim continua na negação, evitando a família, os amigos, e fingindo gostar de seu emprego e de seus colegas. É quando acontece algo inesperado no trabalho...

"- Suponha que você tivesse uma amigo que sempre a apoiasse e você sempre o apoiasse, mas ele não está mais presente na sua vida quanto costumava estar, o que você até entende, porque as pessoas têm coisas a fazer; mas, então, ele se afasta de você cada vez mais, não importa o quanto você tente alcança-lo. De repente, um dia, do nada, ele some." pag 44

Após o incidente no trabalho Lucy procura Sua Vida novamente e acaba sendo obrigada a conviver mais com ele, e com isso vai convivendo novamente com seus pais, irmãos, avó, amigos e tendo que ser honesta não apenas com eles, como consigo mesma.

"Se você tem um sonho, você deseja, ao menos, ser capaz de tentar alcançá-lo de alguma forma. Algo que esteja, aparentemente, fora de seu alcance, mas que você sabe que, com trabalho, pode conseguir." pag 194

Lucy começa a conversar, se relacionar, com um estranho de 'ligação errada', sabe quando você liga para um pessoa ou serviço e atende outra pessoa e vocês começam a conversar? Isso nunca aconteceu comigo, mas aconteceu com Lucy e Don... e com ele, Lucy é honesta, talvez por não se conhecerem pessoalmente, com ele, ela não conta mentiras, ela diz que perdeu o emprego, que está em um momento complicado da vida... e que não quer se encontrar com ele por isso. Mas o destino, ou foi a Sua Vida, os une... e eles acabam se encontrando.

"- Olá, Gertrude - disse ele.
- Olá, Don.
- Você deve ser a horrível mulher desdentada, com um tapa-olho e dez filhos com quem falei ao telefone." pag 374

Fiquei muito encantada com o livro, porque de uma forma divertida Cecelia Ahern nos faz pensar em nossas escolhas, mentiras e negações e o que estamos fazendo com as 'Nossas Vidas',  pelo menos comigo aconteceu isso... o livro me fez pensar, e espero conseguir arrumar a minha vida, sem precisar receber cartinhas dela... rsrs



3 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.