Minhas impressões: “Helena de Troia – Memórias da mulher mais desejada do mundo” - Francesca Petrizzo @luadepapel_BRA

Demorei muito, devido ao cansaço e falta de tempo que andam me 'matando', para ler este delicioso livro. Um livro pequeno cujo conteúdo é encantador.

"Escolheram para mim um nome atroz: Helena, a destruidora." pag 13


Sinopse



Minhas impressões

Helena, de Esparta... de Troia, filha caçula de Leda e Tíndaro; irmã de Clitemnestra, Castor e Pólux. Helena cuja beleza despertou desejos e invejas, menina, princesa que não teve o amor da família.
"Do pouco que tive, do muito que perdi, os aedos já fazem seus relatos. Relatos mentirosos. Afinal, não estavam lá. Eu sim." pag 09

Helena, menina, moça, mulher que facilmente se apaixonava, se entregava de corpo, alma e espírito e que por causa de seu dever como princesa, precisou se casar com um homem pelo qual só conseguiu sentir dó e desprezo, Menelau.

Por causa desse casamento sofreu mais do que precisava, perdeu a possibilidade de ser feliz, de ser mulher de um dos homens que verdadeiramente amou: Diomedes, Aquiles, Páris e Heitor. E por causa de um dos amores deixou para trás a única filha, Hermíone. E também por causa disso... 'causou' a tão famosa guerra de Esparta x Troia.


"Olhei aquele rosto na luz trêmula do fogo, acariciei-lhe as faces descarnadas, os cabelos loiros. Aqueles olhos verde-escuros que eu jamais viria a esquecer." pag 25




"Os homens da escolta sorriram quando Diomedes já a cavalo me pegou pela cintura e me puxou para cima, içando-me na garupa dele. Beijou-me longamente e com paixão sem se incomodar com os outros. Acariciou meus cabelos, e seus olhos riam:
- Do que você tem medo, Helena? Voltarei depressa e você terá tempo de se cansar de mim." pag 45




"- Ainda que estivesse vestida de trapos eu viria buscar você. Ainda que tivesse cem anos. É o seu espírito que vejo e busco, Helena, e é nele que ainda vislumbro brilhar uma centelha. Toda a sua beleza sem aquela centelha para mim não teria valor. Por isso estou aqui hoje: por aquele fulgor que não encontrei em nenhuma outra mulher." pag 60



Enquanto estava em Troia teve amores e amigos, Cassandra e Eneias; além da melhor amiga de toda sua vida, Calira, que foi sua escrava em Esparta, mas com Helena foi a Troia e nunca se separaram... até o final de Troia.

Eu assisti ao filme Troia há muitos anos e exceto o fato de termos atores lindos e talentosos como Aquiles (Brad Pitt), Páris (Orlando Bloom) e Heitor (Eric Bana), além da linda e maravilhosa Helena ser vivida por Diane Kruger... não me recordava (recordo) de nada. Conheço a história do 'Cavalo de Troia' e tenho muito interesse pela História e Mitologia gregas, mas a falta de tempo me impedem de aprofundar no assunto, por isso, o livro me emocionou muito. A História de Helena é triste... chorei, lágrimas de tristeza pela dor que a 'pobre' Helena sofreu a vida inteira.

O livro tem uma forma de escrita cadenciada, em determinados momentos parece quase um poema. É como se fosse contado por Helena, mas há trechos de narração.

"- Meu amor - repeti, e não era só a ele que dizia adeus, mas todos, aos que eu havia perdido e encontrado e consumido, até esta guerra e esta véspera de batalha, nesta noite silenciosa e estrelada, opaca ao mesmo tempo e cortante nesta planície." pag 167

Simplesmente encantador, capa, conteúdo, história e edição. A.D.O.R.E.I!!!!



0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.