RESENHA PERSUASÃO - JANE AUSTEN


"A pessoa, seja homem ou mulher, que não tem prazer em um bom romance, deve ser intoleravelmente estúpida."
(retirado do livro “Abadia de Northanger” de Jane Austen)

SINOPSE


Persuasion - Edição BilíngueISBN: 978-85-88781-33-7
Tamanho: 16cmx23cm
Páginas: 208
Preço da Capa: R$ 31,50
Selo:
Editora Landmark (para comprar no site da editora tem uma lista de locais)

Edição adaptado à nova ortografia da língua portuguesa de acordo com o Decreto n° 6.583, de 29 de setembro de 2008.

Jane Austen começou a escrever PERSUASÃO, seu último romance completo, após ter terminado de escrever Emma, e concluiu-o, em agosto de 1816. O livro foi publicado, postumamente, em 1818 e serviu como base do roteiro sobre o romance dos personagens interpretados por Sandra Bullock e Keanu Reeves, no filme “A Casa do Lago”, de 2006.

PERSUASÃO costuma ser associado a outro de seus romances, “A Abadia de Northanger”, pois além dos dois livros terem sido originalmente publicados em um único volume, porém ambas as histórias são situadas na cidade de Bath, um balneário termal onde Jane Austen viveu de 1801 a 1805.

O enredo deste empolgante livro gira em torno dos amores de Anne Elliot que se apaixonara pelo pobre, mas ambicioso jovem oficial da marinha, capitão Frederick Wentworth. A família de Anne não concorda com essa relação e a convence romper seu relacionamento amoroso. Anos após Anne reencontra Frederick, agora cortejando sua amiga e vizinha, Louisa Musgrove.

PERSUASÃO é amplamente apreciada, pois tem uma simpática história de amor, de trama simples e bem elaborada, e mostra o estilo de narrativa irônica de Jane Austen. Além disto, é original, pelo fato, entre outros motivos, de ser uma das poucas histórias da escritora que não apresenta a heroína em plena juventude.

PERSUASÃO também é um apanágio ao homem de iniciativa, através do personagem do capitão Frederick Wentworth que parte de uma origem humilde e que alcança influência e status pela força de seus méritos e não através de herança.

Resenha

A resenha de hoje para mim foi um enorme prazer elaborá-la, escrevê-la e organizá-la, pois adoro Jane Austen, e para mim não tem romancista igual a ela, para quem gosta de um excelente romance e nunca leu nada de Jane Austen... posso garantir que não gosta de romance, para dizer a verdade posso estar sendo bastante rígida, mas realmente nunca leu um verdadeiro romance. Já que até os nossos romances de vampiros, lobisomens e qualquer ser sobrenatural que nós adoramos,  é derivado posso garantir de muitas históricas românticas que lemos nos livros de Jane Austen.
A obra mais famosa de Jane Austen é Orgulho e Preconceito (um dos melhores livros de romance) que todo mundo conhece, já temos várias refilmagens da obra, além de várias versões literárias da própria, mas esta resenha, pra mim é o segundo melhor livro de Jane Austen, é o livro Persuasão, que também tem várias versões literárias e refilmagens, porém o livro que li foi a edição bilíngüe da Editora Landmark, que realmente é perfeita, mas também não irei me limitar apenas o livro, irei complementá-la com as duas refilmagens que assisti de Persuasão, quer foram a dos anos de 1995 e a mais atual é de 2007.

 


Já que irei resenhar o livro juntamente com os filmes, eu dividi em ilustrações com citações que retirei do livro, enquanto os vídeos são momentos que pra mim foi uma das melhores adaptações que foi Persuasão do ano de 2007, apesar do filme não seguir fielmente o livro, por exemplo, tem situações do livro que o diretor adaptou em outros momentos, e até algumas cenas que foram apenas narradas no livro, o diretor colocou em cenas com diálogos no filme, mas mesmo assim não prejudicou em nada, e nem comprometeu a obra de Jane Austen, porém quem quer assistir uma versão mais fiel ao livro, o filme Persuasão de 1995 foi fiel ao livro.

Mas até agora não falei do que se trata do livro... O livro tem como protagonista Anne Elliot, filha do meio de um baronete, que já no início do livro mostra que está falido, e a família está de mudança para Bath para viver numa casa alugada, já que o Solar Kellinch Hall  que eles vivem será alugada para eles conseguirem sobreviver, já que o pai de Anne, é orgulhoso e presunçoso e não quer enxergar a realidade, Anne também tem duas irmãs, Elizabeth (mais velha, e igual ao pai), e Mary (a mais nova, e é casada com Charles Musgrove, e completamente hipocondríaca).



Anne é a única sensata  da família, no livro explica muito bem todo o funcionamento familiar, os filmes é um pouco superficial mas nos passa até por causa dos excelentes atores, como funciona a relação de Anne e sua família, outra característica, é que Anne é tão bondosa e amada pelos amigos, porém completamente menosprezada pela família

Como disse anteriormente, a família está falida, e eles irão alugar a mansão na qual eles moram, e será alugada pelo Almirante Croft (almirante da marinha) e sua esposa (naquela época  pessoas como pai de Anne que se intitula nobres, menosprezavam esses oficiais), mas para Anne os Crofts lembra uma antiga paixão, já que um homem o qual Anne foi apaixonada e no qual o dispensou, é irmão da Sra. Croft, ou seja, ele irá voltar... já que após ela ter negado ao pedido de casamento há 8 anos atrás, ele foi embora e nunca mais se viram (excelente interpretação de Sally Hawkins já que ela nos passou toda a angústia, porém no livro explica todo o relacionamento do casal e o término)


Em um dos vídeos mostrei o encontro do casal, e como vocês pode terem visto, ele a trata com indiferença, além de mostrar interesse pelas irmãs de Charles, marido de Mary (irmão de Anne), o filme se baseia em toda essa relação de indiferença de Wentworth (interpretado no filme pelo Rupert Penry-Jones, vocês irão se apaixonar tanto pelo personagem, mas também pelo ator kkkk), toda a angústia de Anne por ser desprezada por ele, porém os personagens paralelos como sempre interessantes que complementam através de diálogos maravilhosos, todos os tipos de relacionamentos, críticas sociais, mulheres apesar de delicadas, porém fortes de caráter,  e para quem já leu Jane Austen sabe como ela consegue equilibrar todos esse elementos maravilhosamente bem, e igualmente em todos os livros as personagens principais você sente que é uma parte de Jane Austen, ou seja, é uma parte da vida dela e de suas experiências que são narradas na obra.

Persuasão é uma obra diferente de Jane Austen, pois além de todos os elementos normais na obra da autora, nesse também retrata uma podridão da sociedade, ela não fica apenas nas futilidades da sociedade da época, e sim ela vai além, e nos apresenta uma trama sórdida em volta de Anne, e que vocês terão que ler no livro... E apesar do filme nos mostrar um pouco, porém a sordidez é apenas descrita no livro, já que o filme foi mostrada superficialmente.

Em relação ao casal, só pode dizer que vocês irão suspirar pelo Capitão Wentworth, principalmente depois de lerem a carta que ele escreveu para Anne (no vídeo abaixo), no filme de 2007 eles mudaram um pouco a situação da carta, e achei o diálogo escrito no livro muito interessante, porém no filme foi muito abaixo do nível desse diálogo (porém o final do filme adorei!!!!), e o filme de 1995 também não mostrou esse diálogo e muito menos o final (que não gostei nem um pouco também).

O livro é ótimo, quem ainda não leu... leia o mais rápido possível, e não é apenas um livro para mulheres, indico para homens, até porque não é um romance açucarado e sim um romance bastante adulto, e com situações e diálogos bem elaborados, por ser um texto de 1818 podemos notar que algumas situações de nosso cotidiano não mudaram nem um pouco com o passar dos anos.




Um pouco de Jane Austen..

Jane Austen (Steventon, 16 de dezembro de 1775 – Winchester, 18 de julho de 1817) foi uma proeminente escritora inglesa. A ironia que utiliza para descrever as personagens de seus romances a coloca entre os clássicos, haja vista sua aceitação, inclusive na atualidade, sendo constantemente objeto de estudo acadêmico, e alcançando um público bastante amplo.
Nascida em Steventon, Hampshire, de uma família pertencente à burguesia agrária, sua situação e ambiente serviram de contexto para todas as suas obras, cujo tema gira em torno do casamento da protagonista. A inocência das obras de Austen é apenas aparente, e pode ser interpretada de várias maneiras. Os meios acadêmicos a têm considerado uma escritora conservadora, apesar de a crítica feminista atual reconhecer em suas obras uma dramatização do pensamento de Mary Wollstonecraft sobre a educação da mulher.
Biografia
Jane Austen nasceu em 16 de dezembro de 1775, em Steventon, Hampshire, Inglaterra, sendo a sétima filha do reverendo George Austen, o pároco anglicano local, e de sua esposa Cassandra (cujo nome de solteira era Leigh). O reverendo Austen era uma espécie de tutor, e suplementava os ganhos familiares dando aulas particulares a alunos que residiam em sua casa. A família era formada por oito irmãos, sendo Jane e sua irmã mais velha, Cassandra, as únicas mulheres. Cassandra e Jane eram confidentes, e hoje se conhece uma série de cartas de sua correspondência.
Em 1783, Jane e Cassandra foram para a casa da Sra. Cawley, em Southampton, para prosseguir a educação sob sua tutela; porém tiveram que regressar para casa, devido a uma enfermidade infecciosa em Southampton. Entre 1785 e 1786, ambas foram alunas de um internato em Reading, lugar que pode ter inspirado Jane para descrever o internato da Sra. Goddard, que aparece no romance Emma. A educação que Austen recebeu ali foi a única recebida fora do âmbito familiar. Por outro lado, sabe-se que o reverendo Austen tinha uma ampla biblioteca e, segundo ela mesma conta em suas cartas, tanto ela quanto sua família eram "ávidos leitores de romances, e não se envergonhavam disso". Assim como lia romances de Fielding e de Richardson, lia também Frances Burney. O título de Orgulho e Preconceito, por exemplo, foi retirado de uma frase dessa autora, no romance Cecilia.
O texto completo CLIQUE AQUI
PERSUASÃO 1995


11 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.