Minhas impressões: Laços de Fogo - Nora Roberts @EditoraBertrand

'Laços de Fogo' é o primeiro livro da Trilogia da Fraternidade. Esta trilogia é passada na Irlanda (que vontade de conhecer esse país), terra dos ancestrais de Nora Roberts, segundo ela diz no prefácio do livro. A Trilogia da Fraternidade é uma das primeiras e mais queridas trilogias de nossa DIVA DOS ROMANCES .



Sobre a Trilogia da Fraternidade:


Mulheres modernas, belíssimas e à procura de uma grande paixão. É o que têm em comum as protagonistas da Trilogia da fraternidade Maggie, Brianna e Shannon. Composta pelos volumes, Laços de fogo, Laços de gelo e Laços de pecado, o primeiro, Laços de fogo, chega às livrarias em setembro de 2008. O cenário? Irlanda, país de origem dos ancestrais de Nora Roberts. A decisão da autora de retratar esta trilogia em sua “terra progenitora” foi imediata ao momento em que pela primeira vez caminhava pelas ruas do país. Inspiração foi o que não faltou a Nora Roberts naquela década de 1990. Ao pisar as terras irlandesas com a família, decidiu que retrataria uma família de mulheres fortes, impetuosas e modernas. Como se não bastasse, Margaret Mary Concannon, a irmã mais velha, ainda é artista. Dona de um espírito libertário, Maggie é especialista na arte em vidro. Seus trabalhos transmitem mais que beleza, são reflexos de sua essência, de sua natureza feminina. Mas a vida de Maggie sofre uma turbulência que abala a rotina de seu trabalho. Surge um homem em sua vida, o marchand Rogan Sweeney, que a ajuda a construir uma sólida carreira e a apresenta ao sucesso. Paixão arrebatadora em vista, especialidade de Nora Roberts. E isso é apenas o começo desta saga familiar.







Sinopse:

Neste primeiro volume da Trilogia da Fraternidade, você conhecerá as irmãs Concannon: mulheres modernas, ligadas ao eterno e intempestivo espírito da terra.

Laços de Fogo é a história de uma artista impetuosa que não pode fugir de seu passado... tampouco de um grande amor. Talentosa, solitária, teimosa e dona de um espírito libertário, Maggie Concannon é uma artista especializada na arte em vidro, cujos trabalhos sensíveis são muito mais do que meros objetos de beleza, mas reflexos de sua verdadeira natureza. Surge então um homem, o marchand Rogan Sweeney, que percebe a alma e a pureza de sua arte e se propõe a ajudá-la a construir uma carreira de sucesso. Quando Rogan chega ao isolado estúdio de Maggie, o coração dela se inflama com a arrebatadora atração que surge entre eles... e seu passado sombrio será iluminado por um amor tranqüilo, gentil e complacente.









Minhas impressões:


Laços de Fogo conta a estória de Margareth Mary Concannon, a Maggie Mae, uma mulher forte, que adora estar sozinha, artista do vidro...  faz peças em vidro que mostram sua alma... seu coração... 


O livro se inicia com Maggie contando ao seu pai, com quem tem uma relação de muito amor, carinho e cumplicidade qeu vendeu duas de suas peças em um loja na cidade vizinha à pequena Clare... a cidade onde vivem os Concannon. O pai fica muito orgulhoso, ele hipotecou a fazenda em que vivem para que Maggie tivesse a oportunidade de estudar a arte do vidro em Veneza, mas ainda no primeiro capítulo ele morre nos braços de Maggie pedindo a ela que não desista de seus sonhos  e nem deixe sua irmã Brianna desistir dos delas.


A relação das irmãs Concannon, Maggie e Brie, é de muita amizade e cumplicidade. Elas têm uma megera como mãe... Brie é quem cuida da mãe, pois Maggie tem um temperamento forte e não consegue se relacionar com a mãe, que a rejeita desde sempre...


Passam-se cinco anos da morte do pai e Maggie recebe uma proposta, de uma famosa galeria de artes - Worldwild, com filiais em todo o mundo, cujo proprietário/herdeiro Rogan Sweeney se impressiona com suas peças e quer fazer uma exposição além de representá-la (empresariando). Rogan é um homem de negócios bem sucedido (lindo e encantador) que sabe lidar muito bem com desafios (profissionais e pessoais) e conquista Maggie (profissional e pessoalmente).


A relação de Maggie e Rogan é intensa, repleta de brigas e discussões porque Maggie é forte e não aceita 'achar que está sendo mandada'... mas se encanta com Rogan e com todo o sucesso que ele apresenta a ela... além é claro de se encantar com o próprio...


Claro que o amor de Maggie e Rogan é lindo, intenso e muito envolvente.... mais um livro de Nora Roberts que 'devorei' e que indico.




Citações:


"Levantou o copo e brindou. - A Tom Concannon, que acreditou em mim!
- Oh, não, Maggie! - Seu pai balançou a cabeça e havia lágrimas nos olhos dele. - A você! Tudo a você! - Bateram os copos e deixaram o uísque rolar garganta abaixo." pag 15




"- Agradeço a Deus, todos os dias, por ter encontrado sua mãe e por termos feito algo que eu possa deixar. De todas as coisas que fiz e deixei de fazer, você e Brianna são minhas primeiras e verdadeiras jóias. Então, não se falará mais em enganos e infeliciade, estamos entendidos?" pag 22




"Então ele sorriu e Maggie pensou estar grata por ver que ele parecia não usar sua arma com frequencia. Letal, ela pensou, observando como seus lábios se curvaram, seus olhos escureciam. Todo ele flutuava em charme, sem esforço, como uma nuivem." pag 45 (Maggie observando Rogan, pela primeira vez).


"Mesmo sem que ela tivesse oferecido, tomou a mão dela entre as suas, segurando-as, enquanto a olhava nos olhos. - Foi um enorme prazer vê-la trabalhando.
Num impulso que surpreendeu a ambos, ele levou a mão dela até os lábios, detendo-se por instantes ante o sabor de sua pele." pag 48


"Antes que qualquer um deles tivesse oportunidade de pensar, ela pegou a gravata e o puxou em direção a ela. Sua boca quente se prendeu à dele, deixando-o imóvel pela estupefação." pag 77

"Ela era tão caprichosa, temperamental e brilhante como aquele fogo, concluiu. Tão perigosa e tão incontrolável.
E ele estava desesperadamente apaixonado por ela." pag 146


"-Me reveiller à cote de toi, c'est le plus beau de tous les rêves.O coração dela fez um longo e demorado rodopio dentro do peito.
- O que significa?
- Que despertar ao seu lado é melhor do que qualquer sonho." pag 231


- Você é minha, Maggie. Ninguém mais tirará você de mim." pag 254


"- Fui feliz sozinha - ela disse mansamente. - E fui infeliz sem você. Nunca desejei depender de ninguém ou me deixar envolver tanto, a ponto de me sentir infeliz. Mas dependo de você, Rogan. - Suavemente, estendeu a mão para tocar o rosto dele. - E amo você.
A doçura de ouvir aquilo se espalhou dentro dele. Levou a palma da mão dela até seus lábios." pag 318

3 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.