Minhas impressões (MI-29/2017): Lady Wistledown contra-ataca - Julia Quinn e outras autoras

Olá pessoal!!!! O ano está acabando... novembro se iniciou e eu venho com um livro do mês passado, já que em outubro li toda uma série de roqueiros em inglês e me atrasei com os meus livros em português.

Sinopse



Minhas impressões

Este livro é um livro diferente, apesar de ter o nome de Julia Quinn no topo, vocês podem perceber que tem outros três nomes junto: Mia RyanSuzanne Enoch e Karen Hawkins... São pequenos contos, quatro casais, que estavam no jantar de Lady Neeley quando o bracelete de rubi da senhora foi roubado, e temos de volta Lady Wistledown falando sobre o que anda acontecendo na Sociedade Londrina de 1816.

Cada um dos contos se inicia na noite do jantar de Lady Neeley e durante um período de aproximadamente duas semanas, e os casais (ou personagens principais) interagem entre si e quando isso acontece as cenas se repetem em cada conto. Adorei esta interação e a forma de escrita do livro.

Os contos são:

O primeiro beijo de Julia Quinn que conta a história de Lady Matilda 'Tillie' Howard e Peter Thompson, ela uma herdeira com um grande dote e ele um ex soldado, recém chegado a Londres após o fim da Guerra, e que está procurando uma esposa, uma esposa com um pequeno dote... mas acaba se tornando amigo de Tillie, por ter sido o melhor amigo do irmão da moça, que morreu na Guerra, e o relacionamento dos dois dificulta que ambos encontrem seus pretendentes, ele não é um caça dotes e não acha que deve se casar com ela, e ela só tem olhos para o lindo Sr Thompson.

"- Não deveria me pressionar, Tillie.
- Não consigo evitar - disse ela.
Nem ele. Seus lábios encontraram os dela, e ele beijou-a.
Ele a beijou embora nunca fosse ser o bastante. Beijou-a ainda que nunca mais fosse tê-la." posição 14%

A ultima tentação de Mia Ryan conta a história de Bella Martin e Anthony Doring, lorde Roxbury, ela a dama de companhia de Lady Neeley e ele o solteirão mais convicto de Londres, mas até que o pai de Roxbury resolve que o filho tem que dar uma festa e quem vai ajudá-lo a organizar é a Srta Martin, que fará 30 anos em breve e já perdeu a esperança de ser pelo menos beijada...

"- Alguns momentos são fáceis. São bons, divertidos e bonitos, e fico feliz com eles. Outros não são tão fáceis. Mas minha decisão é ser feliz durante os tempos difíceis, assim como nos fáceis. Não consigo controlar a maioria das coisas, mas posso controlar meus sentimentos. E quero ser feliz. Então encontro algo em cada momento que eu possa desfrutar." posição 37%

O melhor dos dois mundos de Suzanne Enoch conta a história de Charlotte Birling e Xavier, o conde Matson, ela a segunda filha do Barão e baronesa Birling que autorizaram o insonso Herbert Beltly cortejar a 'pobre' Charlotte que sonha acordada com o maravilhoso Xavier, mas que ela acredita nem ser capaz de percebê-la... mas os sonhos da menina se realizam, porque ele ouve a voz dela no Baile dos Hargreaves e se encanta com tudo que é relacionado a ela... e ele que não estava muito interessado em encontrar uma noiva, não apenas encontra como tem que 'brigar' para convencer os pais da 'noiva' de que é digno da filha deles.

"- Não estou apaixonado por eles, Charlotte - disse ele em voz baixa, observando-a abrir o fecho do colar e colocar dentro da bolsa. Lá estava ela, o retrato da decência novamente. Só que ele conhecia a verdade. - Eu estou apaixonado por você." posição 65%

O único para mim de Karen Hawkins conta a história do casal que é falado desde o primeiro conto, Lady Sophia e Max, Visconde e viscondessa de Easterly, casados, mas separados há 12 anos quando após um escândalo, ele fugiu da esposa e da Inglaterra... vivendo na Itália durante todo este tempo. Agora volta para resolver com a esposa o pedido dela de anulação do casamento, mas despertam mais curiosidade da sociedade, já que ele é um dos suspeitos de roubar o bracelete de Lady Neeley. Sophia se sente culpada por não ter acreditado no marido na época que ele precisou fugir e agora busca provar a inocência do marido quanto ao roubo... mas para isso se vê convivendo com ele e é muito difícil se segurar quando os beijos do marido são irresistíveis.

"Há quanto tempo não se sentia daquele jeito, perguntou-se, ainda desorientada. Doze anos, foi a resposta. Desde a noite anterior à partida de Max. Em meio à delicada teia de paixão que a envolvia, surgiu uma onda de tristeza. Eles tinham tanto, e ainda assim... Sophia fechou os olhos, tentando ouvir o próprio coração, e ficou desapontada por não ouvir nada." posição 94%


Eu gostei bastante do livro, das histórias, algumas mais do que outras, gostaria de ter mais livros das autoras aqui no Brasil e mais livros deste tipo por aqui. Minha classificação vai ser basicamente porque o mistério do bracelete ficou um pouco confuso no final.



0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.