Minhas impressões (MI-34/16): As Cores da Vida - Kristin Hannan #TrueColors

aEste é o primeiro livro de Kristin Hannah que leio... e confesso pedi com receio de sofrer, pois fala sobre irmãs, e em qual família (claro que na minha tem) não há problemas entre irmãos? Mas já quero ler todos os livros de Kristin.

Sinopse

Compre na Amazon Brasil


Minhas impressões



Em 1979, Winona, Aurora e Vivi Ann Grey perderam a mãe, aos 15, 14 e 12 anos, respectivamente, e ficaram só com o pai, um homem incapaz de demonstrar carinho, amor ou respeito... a não ser que se pense ou se aja como ele deseja. Por isso as três meninas criaram um elo muito forte entre si... mas nem tudo são flores. A vida pode separá-las e os sentimentos que elas guardam no fundo (escondidos até delas mesmas) pode causar sérios problemas.

O livro começa com o dia seguinte ao enterro da mãe de Winona, Aurora e Vivi Ann e já mostra o quão responsável e preocupada a mais velha é, depois mostra Aurora, que é a apaziguadora, a que deseja melhorar as relações e a mais nova já se mostrando a que mais ama viver as coisas do Rancho. Sim, elas e o pai vivem no Rancho Water's Edge, em Oyster Shores, no Estado de Washington.


"Winona adorava comandar o show. (...) Ela era, de longe, a advogad mais bem-sucedia de Oyster Shores. Era de conhecimento geral que ela era justa, obstinada e inteligente. Todos diaziam que era uma boa pessoa para se ter ao lado. Winona valorizava sua reputação quase tanto quanto sua educação. Seu pai e Vivi Ann podiam idolatrar as próprias terras, mas Winona tinha uma religião abrangente." posição 3%

A primeira parte do livro é à partir de 1992 quando as coisas entre as irmãs Grey começam a se complicar, quando um homem, ou dois, podem afetar o relacionamento entre elas, mostrando o que segredos ou sentimentos ruins, de inveja, ou falta de consideração, ou de superioridade, podem separar uma família.

"- Eu não vou falar nada. A vida é sua e você é adulta... mas está cometendo um erro enorme. Você sempre teve implicância com a Vivi. Isso pode se transformar em algo muito maior. E não é justo, porque ela nem desconfia. Ela nunca a magoaria se soubesse.
- Prometa.
- Estou com um mau pressentimento sobre isso, Win." posição 12%

E a vida separa Winona das irmãs, principalmente porque ela não soube assumir a inveja que sentia de Vivi Ann e até mesmo de Aurora, e depois porque acreditar que sempre estava certa, e quando Vivi Ann mais precisava ela negou sua ajuda, de irmã e de advogada.

"- Às vezes eu acho que ela me odeia.
- Acredite em mim, Vivi, a pessoa que Winona odeia é ela mesma. Ela passou a vida toda tentando tirar leite de pedra, e como não sabe abrir mão de nada, não consegue parar. Ela continua esperando algo do papai que nunca vai receber." posição 38%


Winona não se casou, tem dificuldades com sua aparência; Aurora, se casou, mas tem dificuldades no casamento; quando Vivi Ann consegue encontrar o AMOR onde ninguém acreditava e o destino atrapalha este amor... ela perde toda a esperança e luz que sempre teve e acaba tendo dificuldades de ser uma boa mãe.

"- Agora você é mãe. Seu filho precisa que você seja forte por ele.
- Estou com medo.
- É claro que está com medo. Isso é maternidade. De agora em diante, sempre terá um pouco de medo." posição 39%


E mesmo não sendo uma mãe como gostaria de ser, Vivi Ann luta pelo marido, e tenta ser forte.

" Pela primeira vez, não pensou na proeminência de sua família na história da comunidade, mas em sua resistência diante das adversidades. Seus bisavós haviam viajado para o Oeste em uma carroça coberta, passando por inúmeros perigos. Seus avós tinham mantido as terras apesar da Grande Depressão e de duas guerras.
A terra ainda era deles porque haviam se recusado a desistir ou a cedes. Essa tenacidade estava em seu sangue e ela a invocaria agora." posição 46%

A segunda parte, vai para 2007, e é meio que narrada em terceira pessoa e em primeira pessoa, pelo filho de Vivi Ann, Noah... As dificuldades que Vivi Ann passou deixaram marcas, que a transformaram em alguém, que apesar de continuar boa e trabalhadora, que não se deixa levar por esperanças vãs... mesmo quando seu filho quer acreditar, mesmo quando sua irmã Winona quer realmente ajudar.

"As cicatrizes eram assim mesmo, ela pensou; elas se tornavam mais fracas, mas não desapareciam totalmente." posição 92%

O livro é lindo, apesar de serem três irmãs, a vida de Aurora não é narrada tão profundamente quanto as de Winona e Vivi Ann, mas isso não interfere na linda história que Kristin Hannah construiu. Quero ler os livros de Kristin e tenho certeza me encantar com todas as suas histórias.


0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.