Minhas impressões (MI-11/16): Entre a culpa e o desejo - @sarahmaclean #ClubedosCanalhas02 @gutenberg_ed

Vou repetir que eu ainda não tinha lido nenhum livro de Sarah MacLean, mas depois de ler o primeiro livro da Série Clube dos Canalhas virei fã e desejo ler todos os livros desta autora fabulosa.



A Série

Cada livro da série conta a história de uma dos sócios do Cassino Anjos Caídos.


  1. Entre o amor e a vingançaBourne
  2. Entre a culpa e o desejo - Cross
  3. Entre a ruína e a paixão - Temple
  4. Nunca julgue uma dama pela aparência - Chase

Sinopse


Minhas impressões

O segundo livro da Série: Entre a culpa e o desejo vai unir um casal encantador, um homem com um passado escondido, assim como todos os sócios do casino Anjo Caído, Cross, ou Jasper Arlesey, o sócio contador do casino, o inteligente, o matemático e um dia acorda no meio do dia sendo estudado, analisado, não, seus livros analisados, por uma dama diferente, estranha, mas inteligente e linda por trás dos óculos, Lady Phillipa Marbury, Pippa, faz uma proposta científica a Cross.

Cross foge da tentação que a cunhado do sócio, Bourne (do primeiro livro), foge da mulher inteligente que quer aprender, com ele, a teoria do casamento, o que acontece na noite de núpcias... ela quer saber o que acontece, já que vai se casar em 15 dias... Pippa é inocente ao extremo, apesar de toda sua inteligencia, suas pesquisas não consegue ensiná-la o que pode acontecer entre um homem e uma mulher dentro de um quarto, e muito menos que isso pode acontecer antes do casamento e em outros lugares que não o quarto...

"Em toda sua vida, nunca houve algo que Cross quisesse mais do que jogar aquela mulher estranha sobre sua escrivaninha e lhe dar exatamente aquilo que estava pedindo. Mas o desejo era irrelevante. Ou talvez fosse a única coisa relevante. De qualquer modo, ele não poderia ajudar Lady Philippa Marbury. Era era a mulher mais perigosa que ele já havia encontrado. Ele balançou a cabeça e disse a únicas palavras que confiava em si mesmo para dizer. Conciso, indo direto ao ponto.
'Receio não poder atender sua solicitação, Lady Philippa. Sugiro que consulte outra pessoa. Quem sabe seu noivo?' " pag 27

Apesar de ter perdido uma aposta para Cross e ter prometido não procurá-lo ou procurar qualquer homem para ensiná-la sobre o casamento... ela não desiste, ainda mais quando Olívia, sua irmã caçula, que vai se casar no mesmo dia que ela, começa a contar sobre o beijo, e sobre outras coisas que tem feito com o noivo... Pippa procura ajuda, ajuda feminina, no Anjo Caído... mas acaba se encontrando com Cross, e ele não consegue resistir à tentação e ao perigo que é Pippa e sua vontade de aprender.

" 'Entendo,' ela disse, quando obviamente não entendia. 'Você precisa ser discreta, é claro. Admiro isso. E eu gostaria de pagá-la por suas aulas', ela acrescentou. 'Você estaria disposta a me visitar em minha casa?'
Ele tinha se enganado, antes; esse era seu limite. Ela não aprenderia nada com Sally. Nem com Temple. Nem com Castleton, droga - não importava que ele fosse seu noivo. Cross não queria ninguém tocando nela. Não se ele não podia tocá-la." pag 118

Adoro estas Ladys destemidas, inteligentes que sabem o que querem e vão e lutam por isso, pelos homens que amam e estes homens, canalhas assumidos que caem de quatro por suas mulheres e as protegem a custa de qualquer coisa.

"Pippa o observava com atenção, fascinada por sua história, e por um momento fugaz, ele se permitiu olhar para ela, admirando seu cabelo solto e seus olhos azuis - cheios de conhecimento e mais compreensão do que ele merecia. Ele não conseguia entender como algum dia a tinha imaginado comum ou sem graça. Ela era deslumbrante. E se a beleza não bastasse, havia a inteligência. Ela era brilhante e perspicaz, tão perfeitamente diferente de todo mundo que ele conhecia." pag 241

Eu adorei a historia de Pippa e Cross e já estou ansiosa pelas histórias dos outros dois canalhas, sócios do Anjo Caído: Temple e Chase, que têm participações importantes na união do casal deste livro. Só senti falta de mais um pouco de participação de Bourne e Penelópe (do primeiro livro).


Achei alguns errinhos de edição/tradução nada que atrapalhe o livro, apenas coisa de gente chata que não gosta de ler com erros.

Espero que a Gutenberg traga mais livros de Sarah MacLean para nós, há uma nova série dela a ser lançada pela Arqueiro, à partir do mês de março, mas Sarah tem tantos livros que espero que as duas editoras possam estar sempre nos atualizando com livros desta autora que me conquistou.


Esta resenha dá direito a mais pontuações na Promoção do Mês do Romance de Época, clique na imagem e participe:

4 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.