Minhas Impressões (MI-04/16): Nascimento Mortal - J. D. Robb (Nora Roberts) @BertrandBrasil #SérieMortal23

Mais de um ano sem ler um livro da Série Mortal... 2015 foi tão complicado que nem consegui ler o único livro 'Mortal' lançado no ano, mas consegui lê-lo no primeiro mês de 2016, antes que seja lançado em fevereiro o 24º livro da Série.

Sinopse


Minhas impressões

Eu sou suspeita para dizer, a Série Mortal é a minha Série favorita de todos os tempos, ela mistura romance, suspense, drama, aventura, amizade, família, sangue, alma e tudo o que Nora Roberts coloca nesta série sob seu pseudônimo J. D. ROBB ela arrasa... há livros melhores que outros na série, mas nenhum para mim fica abaixo de 4.5 estrelas.

Em Nascimento Mortal a gravidez de Mavis está mais adiantada, faltam poucas semanas para o parto e o livro começa com Eve e Roarke participando de um dos cursos preparatórios para o parto... nos EUA os partos são quase uma festa familiar, o bebê nasce cercado não apenas dos pais e equipe médica como aqui, mas de toda a família, avós, tios, e todos que quiserem participar. E como a família de Mavis é Eve, que é sua melhor e mais antiga amiga, lógico que ela faz questão que o casal Mais que Demais, Mega ultramag, maravilhoso, Eve e Roarke, estejam presentes na "festa/show" de parto. Mas com seus passados traumáticos eles não desejam e não se sentem nada nada à vontade com a ideia do parto, ou de bebês, crianças e etc. As partes que envolvem a preparação e os pensamentos e conversas deles sobre o nascimento são partes engraçadas, para quebrar a tensão dos casos policiais.

"- Em nome de tudo que é mais sagrado... - murmurou Eve para Roarke. - Estamos em 2060, e não em 1760. Não dava para eles inventarem um jeito melhor de lidar com esse processo?
- Amém! - foi tudo que Roarke conseguiu dizer, com a voz fraca.
- Isso não é maravilhoso? É ultra, mais que demais, supermag! - Os cílios de Mavis, que naquele dia exibiam um tom azul-safira, brilharam com lágrimas." pag 11

O caso policial é escabroso, jovens profissionais com sucesso pessoais e profissionais, assassinados de maneira cruel, Eve, como sempre, 'cai de cabeça' na investigação tentando esquecer sobre o chá de bebê de Mavis que ela será anfitriã, ela até tentou organizar sozinha, contratou o bufê e já acha que isso é suficiente, mas claro que Peabody a ajuda a ser uma amiga ainda melhor, a orientando e ajudando com detalhes que Eve não tem sensibilidade feminina para saber...

"Eve desligou e ficou sentada na ponta da cadeira, diante da mesa, sem olhar para nada em particular. Chá de bebê e duplo homicídio. Será que ela era a única pessoa no mundo que percebia que essas duas coisas não tinham nada a ver uma com a outra? Além do mais, ela não se achava preparada para a primeira Aquilo não estava no seu manual de instruções." pag. 169

Além do caso dos assassinatos, acontece após o chá de bebê um outro caso triste e tenebroso e que por causa da amizade, Eve acaba investigando... não vou falar mais nada para não acabar com a surpresa e tensão do livro. Vou dizer que toda a 'Trupe Mortal' está ainda melhor... Eve & Roarke são hors concours, mas Peabody e McNab, Mavis e Leonardo, Summerset, Baxter, Trueheart, Mira e outros personagens estão espetaculares!

"- (...) Baxter, isso deixa os suspeitos para nós dois, você e eu. Se resistirem, deverão ser contidos.
- Por todo e qualquer meio?
- Quero que possam falar. Caminhar é opcional. A comunicação entre os membros da equipe deverão ser feitas pelo canal A. Quero que me informem o evento no instante em que a vítima for localizada e também suas condições. É por aqui que vamos atuar." pag 387
Adorei o nascimento, o nome do bebê de Mavis e apesar de saber que Eve e Roarke não devem arrumar um bebê tão cedo, já percebi que a primeira semente foi plantada... A declaração de amor de Mavis para Eve é um dos pontos altos do livro, e apesar de muita gente gostar da série, e não gostar muito dela, eu gosto demais da boca suja dela, dos humores extremos, eu concordo com a Mavis e também gosto muito dela, e o relacionamento dela com Roarke está cada vez mais sólido e perfeito.

"-Tem certeza de que ainda não encheram você de drogas?
Mavis abriu um sorriso molhado pelas lágrimas.
- Tô falando sério! Leonardo é a pessoa mais doce, mas você é a melhor. Faz o que é certo e se liga no que é importante, não importa o quanto custe. Você é a pessoas mais importante da minha família de coração e foi quem me colocou na linha. Eu não estaria aqui prestes a ser mãe se não fosse por você.
- Acho que Leonardo tem mais a ver com isso do que eu." pag 454

Espero que a Bertrand não demore tanto para lançar os outros, e tenho a impressão que não irão demorar, pois já vão começar o ano com 'Inocência Mortal', que espero poder comprar e ler logo... vou repetir o que sempre digo, a capa das edições brasileiras são as mais lindas e não tenho nada a dizer contra a tradução ou edição, todos os envolvidos na Série Mortal estão de parabéns, exceto pela demora entre os lançamentos.


0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.