Minhas impressões (MI-26/15): O Conde Enfeitiçado - Julia Quinn #OsBridgertons6 #RomEpocaArqueiro

Olá pessoal, estou um pouco atrasada com minhas resenhas, devido a alguns problemas pessoais, e ainda a trabalha (Graças a Deus!)... mas hoje venho com mais uma resenha de Romances de Época de uma autora que gosto muito: Julia Quinn, diva que esteve no Brasil este mês.


"Pois a companhia de Francesca era a única coisa que poderia ter. Jamais haveria um beijo, um olhar ou um toque mais íntimo. Jamais haveria palavras de amor sussurradas ou gemidos de paixão." posição 4%


A série:
  1. O Duque e eu - Daphne Bridgerton e Simon Hastings
  2. O Visconde que me amava - Anthony Bridgerton e Katherine 
  3. Um perfeito Cavalheiro - Benedict Bridgerton e Sophie
  4. Os segredos de Mr. Bridgerton - Colin Bridgerton e Penelope
  5. Para Sir Phillip com amor - Eloise Bridgerton e Phillip Crave
  6. O conde enfeitiçado* - Francesca Bridgerton e Michael Stirling
  7. Um beijo inesquecível* - Hyacinth Bridgerton
  8. A caminho do altar* - Gregory Bridgerton 


Sinopse


Minhas impressões

Este sexto livro conta a história da sexta filha Bridgerton, Francesca Bridgerton, que ficou viúva com apenas dois anos de casada, e apesar da dor intensa vivida pela perda do marido amado John Stirling, o Conde de Kilmartin, com a ajuda da família e das mulheres Stirling, a sogra Janet e sua cunhada, Helen, a mãe de Michael Stirling, o primo de John, melhor amigo dele e do casal, que apesar de ser mais velho que John, não era o herdeiro do título de Conde de Kilmartin, até a morte de John.

"Ninguém jamais lhe dissera quão triste se sentiria. Quem teria pensado em lhe dizer algo do gênero? E mesmo que isso tivesse acontecido, ainda que sua mãe, que também ficara viúva jovem, tivesse explicado a dor, como poderia ter compreendido?" posição 10%

Michael é apaixonado por Francesca desde o primeiro dia que a viu pela primeira vez, no jantar de ensaio do casamento dela com seu primo, quase irmão, John. Nutriu este amor por anos, sem que ninguém percebesse. Mas com a morte do primo, ele teve que herdar tudo que era de John, exceto a única coisa (pessoa) que sonhou ter mas sabia que não teria, que não seria certo.

"Michael viu Francesca Bridgerton uma única vez e se apaixonou tão rápida e perdidamente que ficou surpreso por conseguir permanecer de pé." posição 1%

Mas quando quatro anos após a morte de John, e logo após o retorno de Michael da índia, para onde fugiu de Francesca, após a perda do primo, ela resolve que é a hora de sair do luto e procurar um marido porque deseja ser mãe, Michael fica perdido, confuso, entre assumir o seu amor ou vê-la se casar com outro...

"Francesca. Ela queria um bebê.
Não sabia por que ficara tão surpreso. Se pensasse naquilo de maneira racional, não deveria ter achado nem um pouco estranho. Afinal, ela era uma mulher, é claro que haveria de querer filhos." posição 28%

Quando Francesca após um beijo de Michael, um lindo momento, resolver fugir dele e dos sentimentos dela, para a Escócia, na propriedade da família, em Kilmartin... Michael vai atrás e a seduz e com a consciência já tranquila de que o primo John gostaria de vê-lo feliz e de também ver Francesca feliz e quem sabe juntos, consegue com muito trabalho e persistência convencê-la a se casar com ele... e ser a sua Condessa Kilmartin.

"Os lábios dele tocaram os seus de leve. Era o tipo de beijo que seduzia com a sutileza, que fazia o corpo formigar e que deixava a pessoa desesperada, querendo mais. Em algum lugar, nos recantos nebulosos de sua mente, Francesca sabia que aquilo era errado, que era mais do que errado: era insano. Mas não conseguiria ter se movido nem se as labaredas do inferno estivessem lambendo seus pés." posição 57%


Eu me encantei com Michael Stirling, ele é um homem feliz que nunca invejou o primo pelas posses ou título, sempre tiveram uma relação de amizade e companheirismo maravilhosa, e mesmo tendo se apaixonado perdidamente pela mulher do primo, nunca sequer, mesmo depois dele morto, faltou com respeito a eles. Até que ficou impossível não se render aos encantos da mulher de sua vida.

"... ele, que dormira com tantas mulheres, subitamente se deu contar de que nada fora até então além de um menino imaturo.
Porque nunca tinha sido daquela maneira.
Antes tinha sido o seu corpo. Aquilo era a sua alma." posição 68%


Francesca lida com tudo o que acontece com eles com os sentimentos conflitantes em relação à paixão avassaladora entre os dois, e não entende que não está sendo infiel ao marido morto ao se apaixonar pelo melhor amigo de ambos, o encantador Michael.

"Porque o amava.
Aquilo que existia entre eles, aquele elo, não era só paixão.
Era amor, e era divino.
E Francesca não poderia ter ficado mais surpresa nem se John se materializasse diante dela e começasse a dançar.
Michael.
Ela amava Michael." posição 91%



Neste livro a família Bridgerton não é tão presente, exceto por pequenas participações de Violet (a mãe) e a que mais aparece, e as irmãs Eloise e Hyacith,temos uma participação importante de Colin... o livro se passa mais ou menos na mesma época dos outros dois livros anteriores: Os segredos de Mr. Bridgerton e Para Sir Phillip com amor o que me deixou um pouco confusa e precisando reler os outros livros para me situar novamente na história, assim que toda a série for lançada, agora só faltam dois livros, vou reler todos de uma única vez.


Minha avaliação deste livro vai ter menor pontuação, porque eu acho que o casal deveria ter mais um capítulo completo de mostrar como são felizes juntos... como são 'maliciosos' e pervertidos juntos, em seus encontros amorosos.

na realidade vale um 4.5

0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.