Minhas impressões (MI_14/15): O Príncipe dos Canalhas - Loretta Chase #RomEpocaArqueiro

Olá pessoal... o ano está já no meio do ano e eu ainda na resenha número 14, mas não porque não tenho lido, mas porque tenho lido muitos livros em inglês e nem tenho como resenhar todos aqui, fora que a cabeça não está conseguindo fazer resenhas à altura dos livros.

A Arqueiro sempre arrasa nos livros que escolhe para lançar... e com certeza nunca na escolha dos Romances de Época,que são escolhidos a dedo e muito bem. Este livro sobre o qual vou falar hoje é um exemplo perfeito disso. Este livro foi escrito  (lançado originalmente) em 1995 e ganhou o prêmio RITA, um prêmio organizado pelo RWA - Romance Writers America (Ou 'Autores de Romance da América') de 'Melhor Romance Histórico' e me encantou.


Sinopse


Minhas impressões

Um lorde, um marquês que tem vários títulos de nobreza e devido a sua infância e história possui o título de 'Belzebu', ele não tem amor ou consideração por ninguém, não tem escrúpulos e é um depravado, inteligente e sofrido por demais. Nunca recebeu carinho de ninguém, exceto pela mãe, que era econômica nos carinhos e que o abandonou aos 8 anos, com um pai velho e retrógrado e que nunca o amou, por ele ser feio e parecido com a mãe. Mas tudo começa a mudar na visa de Lorde Dain quando ele conhece a Srta Jessica Trent, a irmã do mais Idiota dos seus asseclas... que é bobo, lerdo, e acha que Dain gosta de sua companhia.

"Por um momento desconcertante, lorde Dain teve a impressão de que alguém havia acabado de enfiar sua cabeça na latrina. Seu coração começou a bater mais forte e sua pele ficou arrepiada, levemente suada, como ocorrera naquele dia inesquecível em Eton, 25 anos antes."  posicao 7%

A intenção de Jessica ao viajar com a avó da Inglaterra para Paris fora afastar seu irmão da influência nefasta de Lorde Dain... mas quando o encontrou nem ela conseguiu ficar afastada por muito tempo, apesar da cabeça  (ela é uma mulher muito inteligente e perspicaz para a época) dizer para ela se afastar de Dain o seu corpo parece ter um magneto para o 'Belzebu'...

"--Seria muito mais lucrativo arrancar Dain dessas companhias e tomar conta dele você mesma – disse a avó. – Ele é jovem, forte e saudável, muito rico, tem uma linhagem excelente, e você sente uma atração poderosa.
– Ele não daria um bom marido.
– O que acabei de descrever é o tipo de homem que daria um marido perfeito – disse Genevieve.
– Não quero um marido.
– Jessica, nenhuma mulher com capacidade suficiente de analisar os homens de maneira objetiva quer um marido. E você sempre foi extremamente objetiva. Só que não vivemos em uma utopia. Sem dúvida você ganhará dinheiro com a loja. Mas mesmo assim a família vai lhe virar as costas, sua credibilidade social vai afundar, a sociedade sentirá pena de você, ao mesmo tempo que eles mesmos vão à falência para comprar o que você tem a vender." posiçao 12%

E a atração não é só por parte de Jessica... Dain também não consegue se afastar por muito tempo, ela provoca nele sensações e sentimentos que ele nunca teve de verdade.

"Então o que o prende?, perguntou a si mesmo. Que força poderosa e diabólica o arrastou até aqui para observá-la, embasbacado, sair da festa acompanhada? E que correntes são essas que o prendem aqui, à espera de um vislumbre dela? Um toque. Um beijo. Isso é revoltante, disse ele a si mesmo. E era mesmo, mas era a verdade, e ele odiava a situação e odiava Jessica por ter tornado aquilo verdade." posição 24%

É claro que por N motivos eles acabam se casando, mesmo que eles lutem por não se sentirem apaixonados ou dependentes um do outro, isso se torna visível e real.

"-Você não devia usar esse charme masculino – disse ela, com a voz sufocada. E tocou na manga da camisa dele. – O que eu fiz de tão imperdoável?
Você me fez desejá-la, disse ele na língua de sua mãe. Você fez com que eu me sentisse solitário, apaixonado. Você me fez desejar o que eu jurei que nunca precisaria, que nunca procuraria." posição  31%


Desde o princípio do livro com a descrição da 'feiura' de Dain me fez lembrar do conto de fadas, 'A Bela e a Fera' e eu juro que não tinha lido nada nem na sinopse do livro, que citava a Bela e a Fera... mas o próprio Dain cita e eu não acredito que ele fosse realmente tão feio quanto era a descrição do 'pobre coitado' rsrs

"Ela tinha gostado do anel. Ela comprara uma camisola de seda vermelha com detalhes em preto. Para a noite de núpcias. Ela havia retribuído o beijo e o tocado. E não parecera se importar em ser beijada e tocada.
A Bela e a Fera. Era assim que Beaumont os descreveria, aquele desgraçado de língua venenosa." posição 43%

Claro que como em todos os Romances de Época o casal se casa e tudo vai se ajeitando, com várias dificuldades, e suspenses o que faz o amor ser ainda mais lindo, e o romance mais delicioso de ler.

"O casamento exige ajustes – disse ela. – Se é uma prostituta que você quer, então devo agir como uma delas." posição 56%


O casal é muito bom junto, eles são inteligentes, amigos, desde o princípio conseguem conversar e mesmo quando discutem são muito bons juntos.
"Isso não era justo, considerando que o animal já havia se entranhado na pele dela e rapidamente se agarrava ao coração de Jessica como um parasita pernicioso. Ele nem mesmo precisava se esforçar. Ela estava se apaixonando por ele – apesar de tudo e contra o próprio bom senso – tão inexoravelmente quanto se rendera ao desejo que sentia por ele.
Mas não significava que ela não sentisse uma vontade louca de agredi-lo. Dain era um gênio na arte de ser irritante." posição 70%

"E no coração negro e duro de lorde Belzebu, como nos pântanos de Dartmoor, a chuva doce caiu e uma semente de amor brotou naquela terra que até pouco tempo era estéril." posição 88%


O que Jessica faz por Dain é maravilhoso, ele consegue ver e sentir o amor e se transforma com a ajuda da esposa, e faz coisas que ele nunca imaginou fazer ou sentir. 

"Talvez, pensou Dain, sua esposa o conhecesse bem melhor do que ele mesmo se conhecia. Ela via qualidades que ele nunca conseguira discernir quando se olhava no espelho." posição 91%

Preciso dizer que o livro mereceu o RITA e espero os próximos livros da autora.

2 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.