Aqui tem banca Harlequin #64 (MI-12/14): Agonia e Êxtase - Diana Palmer

Post fixo em homenagem aos romances de banca Harlequin, à partir de 2014, sempre às terças-feiras. 


Sabe aqueles autores que você morre de curiosidade de ler e vai se enrolando e demora para ler, e quando lê quer ler todos de uma única vez? DIANA PALMER é uma autora que é super, mega, blaster falada por pessoas românticas como eu, e que é sempre muito bem falada pela Suellen do Romantic Girl, a maior entendedora de DP, ou tia Palmeirão, do BRASIL!!!!


Clique na imagem abaixo e compre o livro



Sinopse

Minhas impressões

Preciso dizer, antes de mais nada, que este livro faz parte de uma série, chamada Hutton, e este é o último livro... descobri também que todos os livros de Diana Palmer são meio interligados, neste livro encontramos alguns casais que foram os principais de outros livros, como a Su do Romantic Girl descreve super bem no blog dela. Outra coisa super necessária de ser falada... essa sinopse não fala o que realmente é o livro.

Cord Romero e Maggie Barton, são irmãos, ops, foram adotados pela mesma mulher, Amy Barton, e mais ou menos na mesma época, mas Cord tinha 16 anos e Maggie tinha 8 anos... mas a amizade dos dois era muito grande, uma afinidade forte, principalmente por Maggie falar espanhol, Cord é espanhol, filho de um grande toureiro espanhol e mãe americana, se tornou um mercenário profissional, após ter trabalhado na Polícia de Houston, no exército e até no FBI.

"A vida dos dois estivera entrelaçada desde que ele tinha 16 anos, e Maggie, 8. Naquela época, foram acolhidos pela sra. Amy Barton, uma socialite cuja irmã era funcionária do orfanato. Os pais de Cord haviam morrido em um incêndio, enquanto toda a família estava visitando Houston, em raras férias. Maggie fora abandonada pela família ao mesmo tempo, e os dois se encontraram no orfanato.
(...)
Maggie sempre cuidara dele." posição 3%

Em um de seus trabalhos Cord como especialista em bombas e explosões foi pego em uma armadilha e sofreu um acidente, que quase o matou, e quase ficou cego. Maggie que estava no Marrocos, onde estava passando férias antes de assumir um novo emprego, foi avisada sobre o acidente e largou tudo para trás e voltou correndo para o Texas. Mas Cord e ela há muito não se encontravam, desde que tiveram uma noite luxuriosa no dia do enterro da 'mãe' deles, e a relação ficou estremecida. E por isso Cord não sabia que ela não estava no EUA, a tratou super mal quando ela chega ao Rancho dele depois de passar quatro dias viajando.

"- Ele não sabe que vim do Marrocos - respondeu Maggie, tensa. - Nem ao menos sabe que eu estava lá. Não lhe contei que estava lá. Não lhe contei que estava deixando Houston. Não que ele tivesse se importado ou notado." posição 4%

Mas com o retorno de Maggie ao Texas e Cord descobrindo que ela voltou de longe para cuidar dele, e com um grande inimigo dele querendo matá-lo, ele a coloca sob sua proteção e com isso toda a atração que eles sentem um pelo outro há muito tempo volta...

"- Adoraria lhe dar um beijo de boa noite - disse Cord em um tom de voz que lhe fez os dedos dos pés se enroscarem. - Mas acho que não conseguiria sair daqui se o fizesse.
Maggie se viu desertada de qualquer resposta arisca. Ele conseguia desarmar todas as suas defesas quando falava naquele tom baixo e aveludado. Cord sabia disso. Os olhos escuros encontraram os dela e o sorriso que lhe bailava nos lábios se apagou." posição 30%

Maggie arruma um emprego em Houston e acaba conhecendo e se tornando amiga de dois casais que estão investigando uma rede internacional de escravidão infantil e acaba se envolvendo no caso, e como um dos bandidos é exatamente o inimigo de Cord, ela se transforma em alvo, não apenas pela proximidade a Cord. Eles 'fogem' do país e vão viver uma aventura alucinante pela Europa atrás de provas contra a quadrilha. Enquanto se entregam, finalmente, ao amor que sempre existiu entre eles. Maggie tem que lidar com seu passado (de sofrimento e vergonha) e aprender a confiar em Cord.

"- Você me pertence, agora. Vou amá-la pelo tempo que viver.
Maggie observou os olhos escuros e raivosos.
- E você pertence a mim, também - sussurrou ela. - Certo?
- Por inteiro - concordou Cord, com voz rouca. - De corpo, alma e coração." posição 95%

Amei, amei, amei!!!! Quero ler TODOS os livros de Diana Palmer, agora, preciso arrumar tempo ($$$).


3 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.