Aqui tem banca Harlequin #54 (MI-77/13): O Príncipe Playboy - Nora Roberts (O Reino de Cordina #03)

Post fixo em homenagem aos romances de banca Harlequin, sempre às segundas-feiras. 

Eu amo Nora Roberts (que grande novidade), e até hoje não consegui ler nenhum livro que não tenha me cativado muito... é claro que este livro não é exceção.

A ordem da Série O Reino de Cordina:
  1. Romance Real - Brie e Reeve
  2. Mercadora de Ilusões - Alex e Eve
  3. O Príncipe Playboy - Bennett e Hannah
  4. Noites de Tentação - Camila e Delaney

Sinopse
Minhas impressões

Bennett é o príncipe caçula da família Bisset, o príncipe alegre e que segundo a imprensa é um playboy... Bennett me conquistou desde o primeiro livro, por ser aquele que consegue ser alegre e sem problemas, mesmo com todos os problemas que a família Real de Cordina passa, ele traz alegria a todos e é um grande amigo, da irmã, do irmão e dos cunhados...

"Como segundo na linha de sucessão ao trono de Cordina, seus deveres, às vezes, eram menos públicos que os do irmão, Alexander, mas raramente menos árduos. Deveres, obrigações, faziam parte da sua vida desde o nascimento, e, normalmente, eram encarados como algo natural. Bennett não sabia explicar para si mesmo, muito menos para qualquer outra pessoa, por que desde o ano anterior começara a se revoltar contra isso." pag 09/10

Neste livro, Eve, a princesa, esposa do príncipe herdeiro está grávida do segundo filho e trouxe para viver com eles no castelo uma nova amiga, que é meio parente dos Bisset por parte da mãe deles, Hannah Rothchild, lady Hannah, é uma dama inglesa, daquelas que não chamam atenção por sua beleza, vive vestida rigidamente, com roupas que disfarçam suas curvas, com os cabelos sempre presos e sem nenhuma maquiagem, adora ler... pelo menos é essa imagem que ela mostra a todos.

"Se pensasse mais profundamente no assunto, diria que se sentia confortável com ambos os egos. Na realidade, gostava mais da insípida, educada e marginalmente bela Hannah.
(...)
Mas havia outra parte de lady Hannah Rothchild que era apenas a filha de lorde Rothchild, neta do conde de Fenton.
Essa parte não era resevada e modesta, mas astuta e, às vezes, estouvada. E mais: essa parte adorava o perigo e sua mente absorvia e armazenava pequenos detalhes.
Combinadas, as duas partes de lady Hannah Rothchild formavam uma excelente e altamente qualificada agente.
(...)
Outra vez, sentiu uma pontada rápida de culpa, mas a ignorou. Trabalho era trabalho, lembrou-se. Não podia deixar o afeto que sentia por Eve interferir no projeto no qual começara a trabalhar dois anos atrás." pag 26/27

Hannah é na verdade uma espiã, no princípio pensamos que ela foi infiltrada na família pelo inimigo mortal dos Bisset, Deboque, que agora neste livro está sendo solto e procura vingança por ter passado os últimos 10 anos preso em Cordina. Mas vamos descobrindo durante o livro que Hannah na verdade é agente dupla... ela é uma gente secreta que foi 'plantada' na organização de Deboque, e agora está a um passo de se tornar a segunda na organização.

"Aquilo não devia estar acontecendo. Não devia, repetiu Hannah a si mesma. Mesmo assim, desejava sentir-se envolvida por aqueles braços, ser confortada, e, embora a palavra parecesse ridícula em sua mente, ser apreciada por ele. Desejada, querida, amada. Todas essas coisas eram contra as regras, mas não conseguia afastá-las da mente." pag 95

Mas as únicas pessoas que sabem, e podem saber, a sua real identidade em Cordina é o Príncipe Armand, Reeve e o chefe da segurança. E quando Bennett e Hannah vão se envolvendo, se tornando amigo e eles começam a sentir o desejo, Hannah sofre por não poder estar mentindo a ele e a toda família...

"-Onde aprendeu a montar dessa maneira?
Ela espalmou as mãos sobre o tórax dele, mais para manter distância do que para se equilibrar.
- É uma coisa que eu amo, além da literatura. Havia esquecido o quanto perdi estes últimos meses.
O príncipe não conseguia tirar os olhos dela. Agora era puro desejo, básico e vital. A cavalgada que poderiam fazer juntos seria tão selvagem e inconsequente quanto a que haviam acabado de completar. De alguma maneira ele sabia disso, podia até sentir o gosto. Não saberia dizer por quê, mas tinha a impressão de estar segurando duas mulheres: uma, calma; outra, impetuosa. Não tinha certeza qual das duas o atraía mais." pag134

Mas Bennett descobre e isso pode atrapalhar a relação dos dois... mas a paixão e o amor já existem e é impossível para ambos, principalmente depois que ele conversa com seu pai, não perdoar e sentir orgulho e medo.

"Hannah sentiu o coração partir. Amava aquele homem, apesar de saber que não podia. Desejava que o beijo fosse exatamente como era, uma imersão de lábios, a simbologia do sentimento. (...)
E, então, Bennett estaria a salvo. Por segundos apenas, colocou todo o seu coração naquele beijo. Ele estaria seguro e Hannah poderia voltar a respirar.
Bennett percebeu a mudança e sentiu o coração gritar de felicidade.
(...)
Bennett vira o homem e a arma. (...) A surpresa chegou e partiu. A face do príncipe se tornou impassível. Quando falou, o tom de voz era neutro.
- Que tipo de jogo está fazendo e para quem?" pag 177/178

 "Podia ter começado como dever a seu país e à organização em que escolhera trabalhar, mas, quando terminasse, o que fizera seria por Bennett." pag 242

Amo a forma como Nora Roberts descreve os amores, a relação da familia, a relação de amizade entre os casais, as mulheres e as crianças...

"- Ele o guarda em uma estante. Não é que meu tio se importe que eu brinque com o ioiô - explicou Dorian, com uma expressão nobre. - É que toda vez que tento fazê-lo funcionar a corda se enrosca e fica toda embolada.
- Precisa de um pouco de prática.
- Eu sei. - O menino sorriu novamente. - E só posso praticar se o roubar.
- Sua lógica é bem fundamentada, Alteza." pag 55

A.D.O.R.E.I!!! Mais um livro daqueles que mexem com a romântica que ama conto de fadas com finais felizes!!!

8 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.