Minhas impressões (MI-50/13): Sobrevivência Mortal - J. D. Robb (Nora Roberts) @BertrandBrasil #SérieMortal20


A série Mortal é a série de maior sucesso da diva Nora Roberts que escreve sob o pseudônimo de J. D. Robb, e é a minha série de livros preferida entre tudo que leio e li, porque mescla romance (amo o amor e o relacionamento de Eve Dallas e Roarke) com suspense policial do melhor nível. Tudo muito bem escrito pela minha, e de tantas outras pessoas, autora favorita do mundo inteiro.
Sobrevivência Mortal é o 20º livro da série que já conta com 36 livros (o 37º será lançado em inglês em setembro), além das noveletas, lançadas entre alguns, costumo caracteriza-los pelo número do livro anterior e o meio (tipo 10,5), mas estes títulos extras não foram lançados no Brasil e não interferem na continuidade da história da Série Mortal. É claro que gente como eu, meio enlouquecidas e que leem em inglês, adora acompanhar tudo.

Eu não aguentei a ansiedade, porque houve um grande tempo de diferença entre o lançamento do 19o livro Visão Mortal e este livro (lançado em agosto do ano passado), devido a problemas de saúde do tradutor, Renato Motta, e acabei lendo o livro em inglês, mas é sempre maravilhoso ler a Série Mortal, e reler eu sempre adoro!


Sinopse


Minhas impressões  

Este livro é dos mais tensos, porque os crimes são sórdidos, pavorosos, envolvem não apenas assassinatos à sangue frio quanto assassinatos de pessoas inocentes, crianças, famílias destroçadas por causa de loucos desvairados. Um criança de 9 anos foi salva por sua vontade de beber refrigerante durante a madrugada, mas não apenas perdeu toda a família como sua melhor amiga, como foi testemunha do crime. Mas Nixie Swisher é uma menina forte, inteligente e destemida, tenho a impressão que ela ainda vai aparecer muito nos próximos livros da série.

"Assassinato era sempre um insulto. Tinhas sido assim desde que a primeira mão de um homem esmagou com uma pedra o crânio de outro homem. O assassinato sanguinolento e brutal de uma família inteira dentro de casa, em suas camas, era uma forma diferente do mal." pag 13
 
Quando a tenente Eve Dallas chega ao local do crime, logo percebe que tem algo errado e descobre que a menina morta não é a filha dos donos da casa, e sim a amiguinha, Eve vai atrás de Nixie, será que ela fora raptada, morta ou estava escondida em algum lugar? É Eve quem encontra a menina assustada e em choque, a menina se apega à nossa tenente. Eve que sofreu traumas horrendos na infância e que se identifica com Nixie, mesmo que isso a assuste muito, acaba protegendo a menina levando-a para a sua casa, onde Summerset, Roarke e Galahad vão ajudar não apenas protegendo Nixie como a acolhendo da melhor forma possível até que Eve e sua equipe consiga desvendar o crime, aliás crimes.
Adoro a cena quando a Nixie vê a casa de Eve e Roarke e quando vê o nosso amado Roarke.

"- Você mora aqui?
A pergunta feita com voz sonolenta distraiu Eve e cortou sua corrente de pensamentos no instante em que o carro passou pelos portões.
- Moro.
- Em um castelo?
- Não é um castelo. - Tudo bem, talvez o lugar se parecesse com um castelo, ela teve de admitir.
(...)
No instante em que Eve pegou a mão de Nixie, Roarke abriu a porta da frente e saiu. Os dedos da menina apertaram os de Eve como se fossem arames.
- Ele é o príncipe? - perguntou, baixinho.
Como a casa parecia um castelo, Eve imaginou que o homem que a construíra só poderia ser um príncipe. Alto, elegante, moreno e deslumbrante. (...)
- Esse é Roarke - respondeu Eve. - É um homem comum.
Uma grande mentira, é claro. Roarke era tudo, menos comum. Mas era todo dela." pags 33 a 35

A história é forte, principalmente porque vivenciamos os sofrimentos de Nixie, e os de Eve e Roarke, que se sentem abalados pela menina e se recordando de seus passados sofridos, nas mãos de pais horrorosos. Eu fiquei pensando se eles seriam capazes de ficar (até adotar) Nixie, mas eles ainda tem dificuldade em lidar com crianças... principalmente Eve, que sofre por se achar incapaz de uma aproximação com Nixie.

"Era cuidadoso, refletiu ela. Pensava nos detalhes. Será que era isso que faltava a ela? Essa capacidade de considerar a compaixão, depois de passar tanto tempo focada na brutalidade?
Thueheart brincava com a menina; Baxter lhe contava piadas; Peabody não tinha dificuldade para encontrar sempre as palavras e o tom certo ao lidar com Nixie. Até Summerset - o demônio com cara de sapo rugoso acabado de sair do inferno - cuidava dela com naturalidade, alimentava-a e tratava de Nixie sem sobressaltos.
E ali estava Roarke sendo ele mesmo, por mais que repetisse que a criança o assustava e intimidava. Na verdade, interagia com ela de forma tão suave como pilotava a porcaria do jetcóptero." pag 346

Me emocionei muito com a cena em que Nixie vai se despedir da família no necrotério e que Eve a ampara, juntamente da Dra. Mira, Roarke e o Dr. Morris.

"- Nixie não sabe o quanto foi difícil, para você, permanecer ao seu lado enquanto ela se despedia da família. Mas eu sei." pag 354

A trama é, como sempre, muito bem construída, os acontecimentos finais para prisão dos bandidos. A relação de Nixie com o nosso casal preferido, com Summerset e com todos os nossos personagens preferidos. E tenho a impressão que ao longo da Série, nos próximos livros, ainda vamos reencontrá-la, assim como nos reencontramos com alguns personagens de livros passados.

"- Ela vai ficar bem. Tem coragem, garra e coração. Envelheci dez anos em um segundo quando ela entrou na casa correndo, mas reconheço que é muito corajosa.
- Ela ama você.
- Ah, por Deus.
- Você a encontrou, a protegeu e a salvou. Ela vai amar você cada vez mais ao longo do tempo, à medida que for se curando." pag 511

A edição do livro está super caprichada, boa tradução, como sempre, adorei que a capa (papel) voltou ao papel sem emborrachado, pois assim a série fica toda igual, vejam abaixo minha linda e amada coleção.


O próximo livro 'Origem Mortal' ainda não tem data definida para lançamento, espero que saia ainda este ano... mas a Editora não deu certeza :(



0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.