Falando sobre: Música #01 - Lawson - By @BeetaRodrigues

Olá! 
Como vocês estão? Eu tive uma semana de folga forçada por que torci meu pé, e tive que ficar de molho. E como fiquei bastante tempo sem vir aqui, resolvi recompensar, e voltei pra falar de coisa diferente de livro, série ou filme. 



Vim falar sobre música. Quem aqui não gosta, não é mesmo? A única coisa que vai mudar vai ser o estilo e etc. Eu particularmente gosto de quase tudo, sou uma das pessoas mais ecléticas que conheço. Adoro um pagode, me acabo no funk, choro com algumas músicas de pop/rock, do mesmo jeito que danço com outras, e qualquer uma que toque no meu Ipod vou cantar inteira, onde eu estiver.

Hoje vou falar pra vocês sobre uma banda que conheci ano passado e virei fã de carteirinha, de verdade, como nunca cheguei a ser. Porque sempre tive cantores que gostava, músicas prediletas, mas nunca soube o que é ser fã, e esses quatro me ensinaram a ser uma fã, realmente.




Eles são Lawson, formado pelo (da esquerda para a direita) vocalista Andy Brown, baixista Ryan Fletcher, guitarrista Joel Peat e o baterista Adam Pitts.

Olhando assim, pensam logo em mais uma boyband, certo? Só que não. Eles são uma banda, cada um toca seus instrumentos,  e pode ser comparado a Marron 5, Coldplay, The Script e etc. Suas músicas são escritas pelo vocalista, Andy Brown, de acordo com seus recentes relacionamentos.



O nome da banda vem da história do Andy, que aos 19 anos descobriu ter um tumor cerebral, e precisou operar para retirá-lo, e foi o Dr. Lawson que fez a cirurgia, e salvou sua vida.

Os quatro são da Inglaterra, e se formaram em 2009, quando o Adam Pitts viu o perfil de Andy no Myspace, e resolveram começar algo. Logo após, entraram em contato com o Ryan e o Joel, para finalizarem o grupo.

Eles lançaram seu primeiro CD, chamado Chapman Square ano passado, e já fizeram duas turnês pelo Reino Unido. E esse ano já foram ao Sul da Ásia, indo até a Austrália. 

Seus singles são "When She Was Mine", "Taking Over Me", "Standing in The Dark", "Learn To Love Again" e seu mais novo "Brokenhearted", com a participação do rapper B.o.B. 

Deixo vocês então com dois vídeos, um mais recente, e outro que mais tem importância pra mim e para eles.






Posso ser considerada infantil ou o que for, mas pra mim eles representam muito mais que um banda, ou uma música que eu escuto de vez em quando, são exemplos de seres humanos, de verdade. Às vezes parece que estou próxima deles, simplesmente por ver um vídeo deles ou por acompanhar eles no twitter. É inexplicável, sério.

Aguardo ansiosa por eles no Brasil. Mas antes disso, o Brasil precisa conhecer Lawson, ahaha, e eis aqui um pouco da minha ajuda:

Gostaram da banda? Querem ouvir mais? www.youtube.com/lawsonofficial
Querem saber mais da banda? Podem acompanhar pelo twitter deles @lawsonofficial ou pelo fansite oficial do Brasil @lawsonbrasilcom , ou no próprio site www.lawsonbrasil.com
Mesmo assim ficou curioso e quer saber mais? Pergunte: http://ask.fm/LawsonBrasilCom

4 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.