Minhas impressões: A festa de Casamento - Patricia Scanlan @EssenciaLivros

Definitivamente, eu amo as autoras Irlandesas... ao ler 'A festa de Casamento' me lembrei da forma como Maeve Binch, de Coração e Alma escrevia. Este livro estava na pilha há um tempo, mas com a falta de tempo do intensivão de estudos... deixei ele pra trás, mas me arrependi por não ter lido logo, um livro delicioso...

Sinopse


Minhas impressões


Em 'A festa de casamento' vamos conhecer os preparativos para o casamento de Debbie e Bryan e as historias de outras pessoas vão sendo contadas, intercaladas, enquanto os preparativos e o casamento de Debbie e Bryan vai acontecendo.


"- À família - ela brindou.- À família - Melissa reptiu, enconstando sua taça na de Debbie." pag 178


Além de Debbie e Bryan vamos conhecendo Connie, a mãe de Debbie, que a criou sozinha, depois que se separou de Barry. Barry, sempre contribuiu financeiramente, mas Debbie ficou com magoas contra ele e nao o deixava se aproximar, e nem sua segunda família, a chata e esnobe, segunda mulher, Aimeé e a 'coitada' da segunda filha, Melissa, uma adolescente, gordinha, cuja mãe só sabe trabalhar e ser muito dura em sua educação, sem carinho, sem atenção, a menina vai crescendo mais com a presença e carinho do pai, Barry. Temos ainda a relação de amizade entre Connie e Karen, a irmã de Barry, que continuou, mesmo após a separação, sendo a melhor amiga de Connie. Além da família de Debbie, mãe, pai, tia, meio-irmã e 'madrasta' conhecemos a história da chefe, 'mal amada' de Debbie, a solteirona, revoltada Judith.

"Ela já havia testemunhado situações parecidas, nas quais mulheres ambiciosas se tornavam tão envolvidas em suas carreiras e deixavam de lado o que realmente importava na vida." pag 361

Me diverti muito com a leitura do livro, livro leve com a temática casamento, que a autora adora descrever, mas que lida com os sentimentos de filhos de pais separados e seus 'traumas' e mostra o reencontro e o recomeço da relação pai e filha e um começo 'promissor' da relação entre irmãs. No original o livro se chama 'Forgive and forget' o que significa, literalmente, 'Perdoe e esqueça' e foi por causa de um livro e uma conversa entre Bryan e Debbie que ela resolve tentar 'perdoar e esquecer' e melhorar suas relações familiares.




"- Perdoe e esqueça, não guarde isso, Debbie. A vida é curta demais - ele disse com alegria, sentindo um pouco de irritação com as reservas dela. Ela poderia ser menos dramática como ele, que deixava as coisas passarem. - Saúde - ele disse, erguendo a taça, ignorando o franzir de cenho dela." pag 183




O livro termina com um 'Continua…' que me deixou curiosa, mas a Essência ainda não tem data para o lançamento da continuação, que em inglês se chama 'Happy ever after?', tradução literal: 'Felizes para sempre?'.

0 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.