Minhas impressões: Toda Sua - Sylvia Day Editora Paralela @cialetras

Minha mãe... que calor!!!! Neste inverno, por aqui está frio, me aqueci muito com 'Toda Sua'.

Este é o primeiro livro da Série Crossfire de Sylvia Day, que já escreve livros românticos hot há bastante tempo, nos EUA.

Eu comprei o e-book na Livraria Saraiva, primeiro o 'trecho antecipado exclusivo' que vem com uma carta da autora aos leitores, eu gostaria de ter divulgado parte dela para vocês mas não pude, ainda, e depois comprei o restante do livro (e-book), após uma certa dificuldade para baixar no aplicativo Saraiva Reader e com a ajuda do pessoal da Editora Companhia das Letras, consegui baixar e enviei para meu Kindle, só não li o livro em apenas 'uma sentada' por causa da falta, completa, de tempo, mas deixei horas de sono pra trás a fim de me deliciar com a história de Gideon Cross e Eva Tramell.



Pra começar eu gostei muito mais da sinopse de 'Toda Sua' do que a do outro livro, que eu não vou resenhar, não por preconceito ou por não gostar do estilo, mas já ouvi tantas críticas negativas que não estou nem curiosa, talvez leia, mas não resenharei. Mas aqui no blog terá resenha.

INDICAÇÃO PARA MAIORES DE 18 ANOS


Sinopse

1º capítulo

O livro usa "aspas" ao invés de travessão nos diálogos, o que é comum em inglês, e como já estou acostumada com a leitura em inglês não estranhei, mas as citações do livro  que escolhi estarão em outra cor e com recuo e as aspas são as relativas às falas.


Minhas impressões


"Parece um bom acordo." Gideon sorriu, e a minha decisão de ficar com ele se solidificou dentro de mim. Seu sorriso era como um relâmpago na escuridão, ofuscante, admirável, misterioso, e eu o desejava com tanta intensidade que doía. (pag 81)

Toda Sua é a história do relacionamento de Gideon Cross e Eva Tramell, dois jovens bem sucedidos, com passados traumáticos, que já no primeiro encontro se sentem atraídos um pelo outro de uma forma faiscante, a química entre os dois é enorme, e a forma como Gideon aborda Eva no princípio a deixa um pouco assustada mas ao mesmo tempo excitada e curiosa, eles acabam entrando em um 'acordo' mas a relação vai se transformando em algo muito bonito, e forte, quente e intensa... eles são tão passionais e possessivos, ambos, que me fizeram lembrar dos Irmãos da Irmandade da Adaga Negra, que ao se 'vincularem' às suas shellans as marcam e 'gritam' MINHA... Gideon e Eva vão se conhecendo, se envolvendo e se tornando dependentes um do outro, tanto sexualmente quanto emocionalmente, e isso não é uma coisa irritante, tenho certeza que vai ter gente que não vai gostar disso, não me incomodou nada.

"Você não é única pessoa possessiva aqui. Eu também vigio bem de perto o que é meu." (pag 141)

O livro é repleto de cenas quentes, de sexo explícito, mas com muito carinho e o crescimento da relação de Gideon e Eva é bonito e romântico. No início eles vão um pouco pelo sexo sem compromisso e depois eles percebem a importância que um tem para o outro e se complementam. Tem dominação mas, pelo menos neste livro, não tem sadismo. Acho que ambos, pela história de seus passados, têm necessidade de estar comandando o ato sexual.
"Confio em você", sussurrei.Ele me envolveu com força em seu abraço. E, com os lábios encostados nos meus cabelos, murmurou: "Nós fazemos bem um pro outro, Eva".Foi com essas palavras na minha que adormeci em seus braços mais tardes naquela noite. (pag 230)


Gideon, um jovem bilionário, ele tem apenas 28 anos e já comanda um império de bilhões, lindo, rico e poderoso atrai olhares e admiração de todo o mundo e principalmente das mulheres. Ao ler o trecho inicial já o identifiquei com uma ou muitas semelhanças com o #todolindopoderosoTDB Roarke, da série Mortal, vejam um trecho em que a semelhança física é descrita:
"Eu estava mais preocupada em olhar, hipnotizada por aquele homem na minha frente. Seus cabelos de um preto bem vivo emolduravam um rosto de tirar o fôlego. Sua estrutura óssea faria um escultor chorar de alegria, e sua boca de contornos firmes, seu nariz retilíneo e seus olhos azuis intensos lhe conferiam uma beleza selvagem. A não ser pelos olhos ligeiramente estreitados, sua fisionomia denotava uma impassibilidade total."  pag 07

Descobri o Twitter de Sylvia Day e disse a ela que estava amando o livro e se Roarke teria sido uma inspiração para Gideon, vejam a sua resposta ao meu Twitter:

Traduzindo:
Sim, inspirado. :) Estou emocionada que você está gostando. #TodaSua!!!

E a inspiração não é apenas física ou na riqueza, é também nos traumas que tanto Eva (olhem o nome) quanto Gideon sofreram em suas infâncias, e também na forma como eles se ajudam mutuamente, como se 'amparam' nos traumas. Mas em Toda Sua Gideon parece ter mais dificuldades que Roarke para lidar com seus traumas, até porque os deles são mais graves que os de Roarke, é Gideon quem sofre com pesadelos. Eva fez e ainda faz tratamentos psicológicos e psiquiátricos, mas os traumas dos dois, seus passados às vezes atrapalha o relacionamento e eles vão durante todo o livro tentando superar estes traumas e as dificuldades que eles acarretam ao relacionamento.

Fazia parte da natureza de nossa relação andar no fio da navalha, com os nervos à flor da pele. A confiança que havia entre nós fez com que existisse uma abertura para que nos tornássemos vulneráveis e perigosos um para o outro. E isso só ia piorar antes de melhorar. (pag 338)

Os personagens secundários como o melhor amigo (gay) de Eva, Cary, seus pais e padrasto, seus colegas de trabalho, além da família de Gideon, além de suas amigas, 'invejosas', estão bem inseridos na história e ajudam para que o livro seja bom.
"Quero finais felizes pra todo mundo que já sofreu o diabo na vida. Mostre que é possível, Eva, querida. Me faça acreditar." (pag 251)

A história de Gideon e Eva foi muito bem construída, a escrita de Sylvia Day é boa, muito boa, os personagens têm profundidade, e as cenas de sexo e termos 'fortes' não tiveram suavização nenhuma o que pode chocar pessoas um pouco sensíveis ou preconceituosas, mas eu achei o livro espetacular, tão bom, que já estou relendo e já quero os próximos livros da série que também serão lançados pela Paralela:

  1. Bared to You - Toda Sua
  2. Reflected in You - em outubro em inglês - no Brasil em janeiro/2013
  3. Entwined with You - em dezembro em inglês - no Brasil em maio/2013
De todas as muitas cenas 'hot' entre Eva e Gideon as que mais me marcaram... foram: a primeira na limosine, a primeira noite de Eva na casa de Gideon e os dois na biblioteca da casa da família dele... UAU efervecescente!!!!


Estou, assim como Cary, na torcida pelo final feliz de Eva e Gideon... eles são fofos juntos e ele que no início se dizia 'não romântico' faz coisas fofas durante todo o livro, inclusive a chamando de 'Meu Anjo'.

"Vejo você o tempo todo, meu anjo. Desde que nos encontramos pela primeira vez. Não tenho olhos para mais nada além de você." (pag 360)


1 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.