Minhas impressões: Regressos - Nora Roberts @harlequinbrasil

Ganhei este livro de aniversário, da minha irmã, e demorei muito (3 meses) para ler, ando muito apertada de tempo, mas na semana estava me sentindo carente, com necessidade de ler Nora Roberts, a DIVA! Então, peguei o livro e o li em 2 dias...

Este livro ganhei de presente




Sinopse (by skoob)



Minhas impressões

São duas histórias... do início da carreira de Nora como escritora... mas duas histórias cativantes... emocionantes... sobre o livro e as histórias...


A primeira história é:

O PROTETOR 
(título original 'Her Mother's Keeper' de 1983)

Passada na Louisiana... muito calor... e conta o retorno de Gwen para a casa de sua mãe, depois de passar 2 anos morando sozinha em Nova York, trabalhando com moda... ela retorna preocupada com a mãe... que a cada carta que escreve se mostra mais envolvida por Luke, um escritor de grande sucesso que está passando uma temporada na casa (meio pousada) de Anabelle... mas, Gwen não aceita o fato de a mãe estar se envolvendo com um homem 12 anos mais novo... e o que acontece é uma coisa surpreendente... Luke não é nada daquilo que Gwen pensava, ele é um homem encantador de verdade, e ela acaba se vendo apaixonada por ele... mas ele é 12 anos mais velho que ela... e o pior é que ela sofre por descobrir que a mãe tem direito de ser feliz e resolve abrir o caminho, e voltar para Nova York e então as coisas se esclarecem...

Adoro quando Nora descreve os escritores e suas construções (em Laços de Gelo, também temos um herói escritor)... e Luke é encantador, e carinhoso, é claro... é um homem 'Noradiano'.... como todos os outros heróis de Nora... ele é fofo!!!

Gwen, é uma menina, ao mesmo tempo que a vemos como madura e independente... percebemos como ela é atenciosa com a mãe, com Tillie e Malon (ela a cozinheira da casa e ele um pescador da região), que falam na língua nativa 'cajun' com Gwen, ela os tem como amigos, e Malon é como um pai pra ela, já que o dela morreu quando ela era muito pequena. E mesmo sendo madura ela  se descobre apaixonada e romântica ao se encontrar com Luke.

Uma história encantadora... com gosto de quero mais...

" A alameda que levava à casa onde Gwen passara a infância era ladeada por árvores frágeis carregadas de magnólias. Quando o táxi enveredou por aquelas sombras perfumadas, ela sentiu um estremecimento de genuíno prazer. O perfume das glicínias a alcançou antes mesmo que vislumbrasse a casa." pag 13


"Anabelle é a única pessoa que conheço que busca o melhor de cada um e consegue encontrar. É o que ela tem de mais atraente. - Os olhos dele estavam calmos de novo e pensativos. - Talvez você devesse aproveitar para conhecer melhor sua mãe enquanto estiver aqui. Pode ser que se surpreenda." pag 35


"- A vida não é simples, garotinha - disse ele, chamando-a como chamava quando ela era pequena -, mas nós a vivemos. - Malon se levantou, foi até ela e lhe deu um tapinha carinhoso no rosto. - As complicações dão tempero à vida." pag 159

"-Mamãe, por favor, isso já é difícil o bastante. Vim até aqui para me livrar do homem e, antes que eu percebesse, estava envolvida com ele. Não planejei isso, não queria. Nunca, jamais faria alguma coisa para magoá-la." pag 190

"O amor que ela sentia pareceu se expandir, envolvendo-a até que não existisse mais nada." pag 201



A segunda história é:

CANÇÃO DO OESTE 
Título original 'Song of the West' de 1982

Passada no Wyoming, conta a história de Samatha Evans, Sam, uma professora de Educação Física, ex-campeã olímpica de ginástica,  muito ativa... ama muito a irmã e abandonou tudo para viajar ao Wyoming a fim de cuidar da irmã gêmea Sabrina, e de sua casa enquanto Bree se recupera de quase ter perdido o bebê que espera...

Sam nunca se apaixonou e enquanto cuida das coisas de Bree conhece o solteiro mais cobiçado do Oeste...  Jake Tanner, amigo de infância de Dan, marido de Bree... e lógico... Sam e Jake acabam se apaixonando, mas as coisas não são fáceis para eles... mas no final, como em finais de Nora Roberts... temos um final feliz.

Jake é um caubói que logo avisa para Sam que vai conquistá-la, mas ela não acredita que ele vá mudar sua vida por ela, os beijos entre eles são calientes e repleto de paixão, a relação de carinho e amizade é muito fofa, mas Sam é insegura...

"- Você não poderia estar mais errada na descrição, Jake Tanner é tudo, menos tedioso, e, falando do alto da segurança da minha felicidade matrimonial, é um homem fascinante de se olhar." pag 215


"(...) - Leia suas histórias de amor, sua romântica incurável.- Você não será tão cínica quando se apaixonar - previu Sabrina com a sabedoria da experiência.- Claro. - O sorriso de Samantha era indulgente. - Haverá o som de sinos e trombetas, e verei fogos de artifício. - Ela deu um tapinha carinhoso na mão da irmã e foi saindo da sala, falando sobre o ombro. - Anjos cantando, labaredas...- Espere para ver! - gritou Sabrina." pag 216

"- Vou presumir que você estava tão encantada com minha companhia que não sentiu o tempo passar.Samantha jogou a cabeça para trás antes de responder.- Detesto ter que pisar em seu ego, Jake, mas o crédito é do Wyoming." pag 258

"Fora um dia fora do comum, ela concluiu. Jake a irritara, a fascinara, a provocara e a encantara, tudo em questão de poucas horas. O beijo dele a empolgara e tocara em algum sentimento profundo que Samantha não conseguia explicar." pag 271

"(...) o homem. Arrogante e gentil, exigente e bondoso, genioso e tranquilo. Muitas partes, todas muito complexas, formavam Jake Tanner, mas para Samantha era tudo uma simples equação de amor." pag 374

"-Muito bem, caubói. - Ela apertou mais os braços ao redor do pescoço dele, os dedos se enfiando possessivamente em seus cabelos. - Comece a trabalhar.- Sim, madame - assentiu Jake, polidamente, abaixou a boca sobre a dela e seguiu as ordens." pag 390



Eu adorei o livro, as histórias... apesar de pequenas, de deixarem um gosto de quero mais, valeu a pena! 

Gosto desta proposta de duas histórias em um livro, mas acho caro os livros, por serem histórias tão curtinhas...