Um outro olhar #01 - 'Cartas de Amor de Mulheres Notáveis' - por @anadeathduarte



Olá... para finalizar o mês de comemorações do Aniversário do Blog... estamos começando hoje uma nova coluna... chamada 'Um outro olhar'... o que vem a ser isso, Ci?

É uma nova sessão... uma nova coluna... com um convidado mensal... ou quem sabe quinzenal... para postar resenhas... resenhas de livros diferentes... livros que não tivemos oportunidade de ler... ou que tem uma outra concepção dos livros que normalmente resenhamos... e por que chamarmos de 'Um outro olhar'? Porque são pessoas especiais... convidados que tem outros blogs... que vão nos BRINDAR com seu olhar sobre livros que gostamos... ou que ainda não gostamos... apresentando o seu olhar sobre cada livro...

E para começar esta nossa coluna... convidei minha amiga Ana Death Duarte... que se tornou amiga através do Twitter e que tem um olhar muito legal... Aninha é tradutora... de vários livros... ainda não tive a honra de ler nenhum livro por ela resenhado... mas ela traduziu a série Wake, Fade, Gone...da Editora Novo Século, e está traduzindo outros livros... em breve teremos outros... ela é seu marido Alonso (que prepara as fotos maravilhosas que estão abaixo, e que fez o nosso banner) são os proprietários do blog parceiro iCult Generation ainda não conhece o iCult? Corre lá... as resenhas são muito legais... de livros 'inteligentes' e de uma forma muito muito inteligente... quero agradecer a Ana por esta resenha fofa!

Vou parar de falar e deixar a Ana falar:





Para começar essa seção do blog, vou falar de um livro que ganhei numa promoção da Editora BestSeller, Cartas de Amor de Mulheres Notáveis.
Eu adoro participar de outros sites além do meu o http://icultgen.wordpress.com e estou adorando essa possibilidade de fazer resenhas aqui pro blog da minha amiga Cinthia xD
Espero que vocês realmente curtam minhas visitinhas aqui, assim eu volto mais vezes com mais resenhas legais pra vocês ^-^
E esse livro é muito lindinho! Fofo! A resenha é meio curta porque o livro é bem curtinho… é daqueles que você lê fácil em uma tarde, relaxada na cama ou no sofá hehe

 Para muita gente que conhece, rs, deve ser estranho só eu mencionar que li esse livro hehe – sim, não gosto de romances daqueles melosos, e não gosto mesmo de um livro cujo único foco seja o romance, sem nada além disso. Mas não abomino o romance, por outro lado. Parece paradoxal, não é? hehe Tendo deixado isso claro, por que eu desejei ler este livro e o que gostei nele?
Em primeiro lugar, a curiosidade histórica. Em segundo lugar, as cartas, além de comporem parte de nossa história, registram costumes de suas épocas, e, em meio às cartas “românticas”, lemos sobre problemas de estado, decisões em relação ao dote, enfim, sobre coisas realmente não-românticas, porém intrínsecas à época.

Creio que missivas sejam extremamente reveladoras sobre não só as pessoas que as escrevem, como a época em que viveram – claro, especialmente se as pessoas que as escreveram forem artistas/políticas/famosas. (E sou só eu que tenho essa nostalgia da época em que as pessoas escreviam cartas? Em que era comum escrever em diários e coisas do gênero? Porque, por mais que eu ame a Internet e computadores e a possibilidade de falar imediatamente com qualquer amigo do outro lado do país e/ou do mundo, eu sinto sim aquela nostalgia estranha da época em que até eu escrevia mais... e não no computador =S)
Além do mais, as cartas revelam também muito sobre as pessoas que as escreveram, e vou citar algumas das cartas/alguns dos trechos de cartas de que mais gostei no livro e/ou que mais me chamaram a atenção por algum motivo e vou comentá-los.

Antes disso, digo que a leitura é rápida e agradável, e cheia de curiosidades sobre pessoas e suas épocas, especialmente sobre reis, amantes dos reis, comportamentos de cortesãos/ãs, enfim, uma gama bem ampla de curiosidades nos espera, ainda mais que há uma boa introdução sobre a pessoa, sua época, seus amores, antes das cartas selecionadas e reproduzidas neste livro.


Alguns Destaques:
Carta de Catarina de Aragão para Henrique VIII
“Meu Senhor e Amado Marido. 
Entrego-me a vós. A hora de minha morte se aproxima célere, e, sendo essa minha situação, o terno amor que vos dedico me obriga a, em poucas palavras, lembrar-vos da saúde e salvaguarda de vossa alma, que deveis colocar acima de todas as questões terrenas e antes do cuidado e gratificação do vosso próprio corpo, pelo bem da qual causastes a mim muitas dores e a vós próprio, muitas preocupações.”

Carta de Abigail Adams para John Adams
“Em todas as épocas, os homens inteligentes abominaram esses costumes que nos tratam {às mulheres} apenas como servas de teu sexo. Considera-nos como seres colocados pela providência sob a tua proteção e, imitando o Ser Supremo, usa desse poder apenas para nossa felicidade.” 

“O que existe nesse peito masculino, por trás dessa fronte soberba, desses olhos leoninos?” – George Sand
“Esta noite, meu amor por ti é tão intenso e terno que parece estar fora de mim. Estou fechada como um pequeno lago abraçado por imensas montanhas, tu me verias lá embaixo, profunda e brilhante – e abismal, meu querido. Poderias deixar teu coração cair dentro de mim e nunca escutá-lo tocar o fundo. Te amo, te amo, boa noite.” – Katherine Mansfield
Temos cartas de diversas mulheres famosas, ligadas à política e/ou à literatura, como é o caso de Nell Gwyn, a mais famosa das inúmeras amantes do rei Carlos II, Abigail Smith (Adams), mãe de John Quincy Adams, o sexto presidente dos Estados Unidos, da mãe de Emily Brontë, Maria Branwell (Brontë), de Mary Wollstonecraft Godwin (Mary Shelley), da Imperatriz Josefina, esposa de Napoleão Bonaparte, Emily Dickinson, além de cartas de Jane Carlyle, cuja habilidade como correspondente é notória, e cujas cartas costumam ser consideradas as mais bem escritas da língua inglesa, entre outras mulheres notáveis.
Adorei o livro e recomendo sua leitura ^^
Ana Death

10 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.