Um Amor Para Recordar

*Aumente o som para ler o post*

Quando eu fiquei sabendo da existência desse filme eu era uma recém tornada adolescente que adorava filmes românticos, muito típico! rs'. Assistindo aos trailers de um DVD vi essa história que me cativou, a princípio acreditei se tratar de um filme adolescente comum, mas ao assistir verifiquei que era o oposto. Mais um filme baseado na obra de Nicholas Sparks, autor esse que vem ganhando muitos fãs pelo mundo devido à sua habilidade de emocionar seus leitores!




   
 
Landon Carter é um adolescente rebelde que mora com a mãe e culpa o pai por tê-lo abandonado. Numa noite de farra com seus amigos ele causa um acidente grave a um novato, mas consegue se livrar da punição. Porém quando volta para a escola o diretor da instituição o obriga a prestar serviços comunitários com  a intenção de dar um jeito em sua indisciplina, é dessa forma que ele começa a se relacionar com Jamie, a filha do reverendo. Garota tímida, estudiosa e altruísta, Jamie tenta se aproximar de Landon, mas não tem bons resultados, até que o garoto se vê com a necessidade de pedir ajuda a ela. Devido a essa proximidade forçada o rapaz percebe que começou a desenvolver um sentimento pela doce jovem, mas como a "realidade" é dura a moça conta para ele que sofre de uma doença grave e Landon faz de tudo para realizar seus desejos.

Acredito que muitos já tenham assistido a esse filme, mas para os que não viram eu digo que é a produção perfeita para quem gosta de se emocionar e o enredo perfeito para nos fazer dar valor ao que temos. Uma linda história de amor que nos faz pensar se existe algo assim na vida real, um relato brilhante que só podia ter saído da cabeça de um gênio!


Nunca fui fã de Mandy Moore, mas acho que ela não deixa muito a desejar como a boa e talentosa Jamie, Shane West entrou para a minha galeria de galãs depois desse filme, não tenho certeza se foi seu primeiro trabalho, mas acho que ele melhorou muito depois disso, sua atuação na série ER comprova o que estou dizendo. Peter Coyote nos passa a idéia perfeita do reverendo rude e sensato, papel fácil para alguém tão talentoso, apenas acho que Daryl Hannah ficou um pouco apagada, levando-se em conta que ela já foi a estrela de muitas produções.

Enfim, esse filme não é muito recente, na verdade a primeira vez que o assisti eu ainda estava no ensino fundamental, mas é um longa que sempre será lembrado, principalmente pelas garotas, como um romence puro e eterno. Falando como crítica eu senti falta de mais empenho, mas acho que ninguém imaginava que o filme fosse ser tão bem recebido. De qualquer forma eu gosto, apesar de preferir rir a chorar! rs'














12 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.