Minhas impressões sobre "A Sombra do Vento" de Carlos Ruiz Zafón da Editora @Suma_BR


'A Sombra do Vento'...me cativa há algum tempo, mas ainda não tinha lido...peguei na Biblioteca de minha mãe...e então me encantei...me apaixonei por esta bela história...

Cheio de coisas lindas que me tocaram...sobre livros... "poucas coisas marcam tanto um leitor como o primeiro livro que realmente abre caminho ao seu coração. As primeiras imagens, o eco dessas palavras que pensamos ter deixado para trás, nos acompanham por toda a vida e esculpem um palácio em nossa memória ao qual mais cedo ou mais tarde - não importa os livros que leiamos, os  mundos que descubramos, o quanto aprendamos ou nos esqueçamos - iremos retornar. Para mim, essas páginas enfeitiçadas serão sempre as que encontrei entre os corredores do Cemitério dos Livros Esquecidos."


Edição do Livro: A Sombra do Vento

Título: A Sombra do Vento
Subtítulo: 
Edição: 0
ISBN: 9788560280094
Editora: Suma de Letras
Ano: 2007
Páginas: 399
Sinopse: 
A Sombra do Vento é uma narrativa de ritmo eletrizante, escrita em uma prosa ora poética, ora irônica. O enredo mistura gêneros como o romance de aventuras de Alexandre Dumas, a novela gótica de Edgar Allan Poe e os folhetins amorosos de Victor Hugo. Ambientado na Barcelona franquista da primeira metade do século XX, entre os últimos raios de luz do modernismo e as trevas do pós-guerra, o romance de Zafón é uma obra sedutora, comovente e impossível de largar. Além de ser uma grandiosa homenagem ao poder místico dos livros, é um verdadeiro triunfo da arte de contar histórias.
Tudo começa em Barcelona, em 1945. Daniel Sempere está completando 11 anos. Ao ver o filho triste por não conseguir mais se lembrar do rosto da mãe já morta, seu pai lhe dá um presente inesquecível: em uma madrugada fantasmagórica, leva-o a um misterioso lugar no coração do centro histórico da cidade, o Cemitério dos Livros Esquecidos. O lugar, conhecido de poucos barceloneses, é uma biblioteca secreta e labiríntica que funciona como depósito para obras abandonadas pelo mundo, à espera de que alguém as descubra. É lá que Daniel encontra um exemplar de "A Sombra do Vento", do também barcelonês Julián Carax. O livro desperta no jovem e sensível Daniel um enorme fascínio por aquele autor desconhecido e sua obra, que ele descobre ser vasta. Obcecado, Daniel começa então uma busca pelos outros livros de Carax e, para sua surpresa, descobre que alguém vem queimando sistematicamente todos os exemplares de todos os livros que o autor já escreveu. Na verdade, o exemplar que Daniel tem em mãos pode ser o último existente. E ele logo irá entender que, se não descobrir a verdade sobre Julián Carax, ele e aqueles que ama poderão ter um destino terrível.










"

"A Sombra do Vento" é uma história encantadora... se inicia no verão de 1945...quando o Sr. Sempere...um livreiro de Barcelona...leva seu filho Daniel ao Cemitério dos Livros Esquecidos...e ele um menino de quase 11 anos encontra escondido entre tantos livros... o livro "A Sombra do Vento de Julián Carax"...Daniel passa a noite acordado lendo esta estória...se envolve...se encanta...descobre que existem poucos livros do autor Julián Carax...e que quase todos os livros publicados por Julián sumiram...foram queimados...o tempo passa e aquela história está sempre em suas lembranças...

Daniel se envolve tanto com o livro "A Sombra do Vento" que quer a todo custo descobrir o que aconteceu com os outros livros e com o autor Julián Carax...e começa, quando mais velho, a pesquisar sobre a vida de Julián...e se envolve em uma aventura sem tamanho e que parece não ter fim...que me prendeu do princípio ao fim...

Estou maravilhada com esta narrativa de Zafón...já estou com "O Jogo do Anjo" na fila para leitura...mais um autor e um livro que me cativaram...

8 comentários :

Postar um comentário

Adoramos saber o que você está achando dos posts e do blog...

Se você conhece o livro, por favor... ao comentar não diga o que acontece... isso é spoiler!

Deixe seu nome e/ou twitter.